Sexta, 19 De Abril De 2019

LOJA QUINTA CAPA

8 Filmes e Série que falam sobre quadrinhos

Em 2000, Corpo Fechado, de M. Night Shyamalan, mostrou como o diretor ama quadrinhos e heróis, no filme, ele contou uma história que transcendia o que era um filme de super-herói na época, na verdade, eu acredito que ate hoje, dezenove anos mais tarde, a compreensão das pessoas sobre o universo criado pelo Shyamalan ainda parece confusa e ligeiramente desatualizada.

Mas se você quer assistir algo interessante sobre pessoas que fazem e amam quadrinhos e não blockbuster, há muitos filmes incríveis e até mesmo algumas séries de TV por aí. Pensando nisso, montamos essa lista de sucessos indies, a comédia cruas ou thrillers recheado de ação, há várias histórias brilhantes que iluminam a indústria e que são sobre o que mais amamos neste site: Quadrinhos.

PESSOAS, LUGARES E COISAS (2015)

Título Original: People Places Things

Um dos melhores filmes sobre histórias em quadrinhos e desenhos animados de todos os tempos. Esta sincera comédia indie se concentra em um cartunista e professor de quadrinhos interpretado por Jemaine Clement. Enquanto a vida se desfaz ao seu redor, ele faz amizade com uma aluna em sua aula, interpretada por Jessica Williams que, lentamente embarca em um romance com sua mãe, interpretada pela maravilhosa Regina Hall.

Subversivo, doce e brutalmente honesto sobre o processo criativo, Pessoas, Lugares e Coisas é uma alegria total.

BLUE DESERT (1991)

 

Esse filme é esquisito. Ele passou na Band e é estrelada por Courteney Cox como fazendo o papel de uma ilustradora de quadrinhos uma heroína sexy chamada Iron Medusa. Depois de um violento ataque em Nova York, ela se muda para uma cidade pequena para criar seu próximo trabalho, mas é atacada por dois caras estranhos. Esta é uma das relíquias do boom dos quadrinhos dos anos 80 e 90, que viu uma série de histórias onde seus criadores eram os próprios protagonistas e não importando especificamente nas proporções corretas de seus desenhos. Além disso, foi um filme barato que meu amigo Erico gostou. Rob Liefeld foi a grande inspiração para esse filme.

BOB (1992)

 

Outra obra de arte dos anos 90. Bob era uma sitcom de Bob Newhart que teve a audácia de conseguir duas temporadas no canal CBC. A história contava a vida de Bob, claro, um desenhista de quadrinhos da era clássica que por causa do “Código dos Quadrinhos” (Comic Code Authority) foi forçado a sair da indústria. Eu consegui encontrar alguns trechos na internet e achei bem divertido, pois o Bob mesmo depois de décadas, ainda quer desenhar no estilo clássico dos anos 50, enquanto o mercado quer quadrinhos violentos, nos anos 90 a coisa era surreal mesmo rs

Para quem não sabe ou lembra, o ator Bob Newhart, que já tem 89 anos, aparece algumas vezes em The Big Bang Theory. Ele interpreta o amado professor Proton, um ídolo de Sheldon.

 

TUDO POR UM GATO (1995)

Título Original: Caroline in the City

 

Prometo que vou conseguir sair dos anos 90 nessa lista, certo? Embora muitas pessoas não lembrarão, mas a trama principal desse sitcom popular nos Estados Unidos era que a protagonista (Lea Thompson), uma cartunista famosa que se mudava para Nova York, estava contando a vida real da cartunista Cathy Guisewite, cujos desenhos animados simples mas dinâmicos viraram febre lá por quase 34 anos. É raro ver mulheres representadas na indústria de quadrinhos e isso foi um reconhecimento e uma contribuição não só para Guisewite, mas para todas as desenhistas.

No Brasil, o seriado estreou em 2001 e foi exibido pelo canal Multishow.

 

BAKUMAN (2008)

 

 

Um dos maiores sucessos editorais do universo de quadrinhos japoneses. Tão popular que virou anime. A história é um olhar brilhante sobre a vida de jovens, Akito e Moritaka, que querem tornar mangakas (artistas de mangá). Para muitos fãs de mangá, foi a primeira vez que eles lerem como as coisas são por trás da cortina do seu mangá favorito, mostrando a vida dos dois protagonistas e sua luta diária para chegar ao topo de uma das editoras mais concorridas do mercado mundial de quadrinhos, a Shonen Jump. É também um dos raros mangás que realmente lida com a tensão da criação e de uma doença que está ficando comum no Japão entre os artistas de Mangás: A Síndrome de Burnout. Ela é um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso. No mangá um dos arcos, se concentra no avô de Moritaka, um mangaká que morreu por excesso de trabalho.

ARTISTAS & MODELOS (1955)

Título Original: Artists and Models

 

Esse aqui eu precisei pesquisar bastante. É de 1955, cara! rs

Era musical de comédia sobre o mercado de quadrinhos americano nos anos 50! A história central é sobre um pintor falido chamado Rick (Dean Martin) e seu amigo Jerry Lewis que fazia o personagem Eugene, grande fã de quadrinhos. Eugene não tem ideia de que morava no mesmo prédio da atriz Abigail (Dorothy Malone), que na trama interpretou a heroína Bat-Lady e ficou famosa por causa disso.

O filme é todo cantado, narrando como os sonhos do Eugene virou a fonte de inspiração para que Rick ficasse famoso na indústria de quadrinhos e como Abigail ao saber disso, fez de tudo para combater os quadrinhos, fazendo uma alusão bem engraçada do “Código dos Quadrinhos”.

 

PROCURA-SE AMY (1997)

Título Original: Chasing Amy

 

 

O criador de uma revista em quadrinhos conhece a mulher perfeita, mas descobre que ela é lésbica. A amizade entre os dois se transforma em algo mais quando ele confessa o seu amor, mas segredos do passado dela ameaçam a relação.

Mesmo com relacionamentos confusos, núcleo moral e mensagem duvidosa, esse filme vagabundo do Kevin Smith na melhor das hipóteses, foi a primeira vez que muitas pessoas viram o papel de um criador, roteirista e desenhista de quadrinhos no cinema. Ben Affleck (Holden McNeil) e Jason Lee (Banky Edwards) interpretam os co-criadores dos quadrinhos Bluntman e Chronic, e Joey Lauren Adams interpreta a artista gay que Holden se apaixona. O filme conta ainda com Matt Demon, claro rs

 

A AMBULÂNCIA (1990)

Título Original: The Ambulance

 

A Ambulância foi um filme do gênero suspense, escrito e dirigido por Larry Cohen também na maldita década 90. E só está aqui por causa da aparição do Stan Lee no filme, mas o filme é um lixo.

A trama conta a história de Roberts (Josh Baker), um desenhista de quadrinhos que persegue uma mulher, mas de alguma forma, a mulher acaba sendo sequestrada por um grupo de médicos medonhos em uma ambulância?? Seu trabalho nos quadrinhos desempenha um papel bastante grande e ele ainda se mete em problemas com Stan Lee.

Imagens:  Shonen Jump, Sony, Miramax, Paramount Pictures, CBS, Alchemy, The Film Arcade

Fonte: Rosie Knight

Quem é PikachuSama

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.

 

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: