Quinta, 24 De Janeiro De 2019

Anuncie Aqui!

8 filmes que mudarão tudo que sabemos de cinema em 2019

Bem, é um título chamativo, não é?  Pois é, vocês ficam pedindo, principalmente quando o assunto é cinema: esta forma de arte que tem o poder de mudar o universo que conhecemos.

Filmes tem sido durantes décadas um dos momentos mais importantes de quebra de paradigmas, cultura e internacionaliza o que conhecemos. Quer alguns exemplos? Star Wars, Avatar, Titanic, 2001: Uma Odisseia no Espaço, O Poderoso Chefão…cada um desses filmes mudaram o mundo.

2019 teremos alguns desses filmes que mudaram a forma como veremos cinema daqui para frente. Ou, pelo menos, isso poderia mudar a forma como a Netflix distribui filmes, o que é tão importante nesse contexto. Além disso, não leve minhas listas a sério demais. Vejamos alguns filmes que terão o poder de mudar para o bem ou para o mal a indústria do entretenimento este ano.

 

Brinquedo Assassino

 

(MGM)

Aqueles vilões que usavam facas dos anos 80 estão mortos há muito tempo. Com os recentes remakes de A hora do Pesadelo e Sexta Feira 13, a ressurreição de todas as coisas antigas e sagradas no gênero de terror continua com o Brinquedo Assassino que está até este momento programado para ir aos cinemas este ano. Mesmo nessa vibe de remakes, eles (a indústria cinematográfica) continuam mexendo com uma fórmula clássica para tentar fazer algo novo a partir de velho, em vez de apresentar uma ideia original.

Em vez do Chucky, o boneco do capeta se chamará Buddi, todo atualizado com a capacidade de receber sinal WiFi (Não é uma piada).

 

 

Esse filme é a morte da originalidade em Hollywood. O mundo precisa de novas franquias, não atualizações de clássicos cinematográficos que conquistaram seu lugar no hall da fama da indústria. Você vai já entender o que esse filme está fazendo aqui.

 

Coringa

(Warner Bros)

 

Batman: O Cavaleiro das Trevas levou os filmes de heróis da DC para outro patamar. Todo herói precisava ser sério, corajoso e totalmente sombrio a partir dessa obra-prima. Ele ganhou bilhão, é um dos mais importantes da história do gênero. A Warner Bros tinha todo o direito de investir no personagem e o universo do morcego, mas o que aconteceu todos nós sabemos nos próximos aparecimentos do Batman no cinema até agora.

Mas ela pensou o seguinte: Nós tivemos um ícone mundial sendo interpretado por Heath Ledger. Que tal a fazermos um filme solo dele? Vai dar certo, pode confiar.

Essa ideia é inteligente, mas cheias de riscos. O sucesso de Coringa significa mais uma incursão ao mundo sombrio dos filmes de super-heróis e com vozes graves que a DC tanto ama fazer, mas seu fracasso acabará sendo a última pá da Warner para essa fórmula. Não seria presunção minha dizer que eles querem que esse filme seja um novo Cavaleiros das Trevas. A Warner é louca, não esqueçam isso. É muito peso para o Coringa do Joaquin Phoenix.

 

 

Mas sabem qual é o problema? Cara, eu gosto desse ator e sem querer, eu estou encontrando forças para acreditar que pode funcionar. Mas por enquanto, vamos esperar.

 

Star Wars: Episode IX

 

(Disney)

 

Star Wars: Os Últimos Jedi deixou a humanidade dividia em 2017. Não importa de que lado você está, se é daqueles que defendem a licença criativa de Rian Johnson ou aqueles que literalmente preferem vê-lo empalado em um sabre de luz do que em qualquer outro filme de Star Wars, o importante é que o Episódio VIII já mudou tudo dentro desta franquia.

De um retorno glorioso à saga com O Despertar da Força para o brilhante desdobramento de Rogue One, a positividade em torno da franquia praticamente desapareceu quando Os Últimos Jedi ficou em cima do muro. Basta perguntar a Solo: uma história de Star Wars sobre isso.

O episódio XI será o capítulo final de Star Wars desta geração, e seu lançamento será o momento definitivo para saber se essa trilogia está a altura da trilogia original. Se o episódio XI não passar pelos testes rigorosos da fanbase, vai ser hora da Disney repensar a franquia mais importante da cultura pop.

De qualquer forma, tem algumas consequências sérias para saber o que virá depois dessa estrela da morte do cinema. Com o quão profundamente Star Wars se tornou enraizado em nossa cultura, é um momento estranhamente interessante e aterrorizante para o filme de batalhas a laser e bruxos espaciais.

 

 

Toy Story 4

 

(Pixar)

 

Vamos lá de novo, eu não estou aqui para questionar a integridade da franquia Toy Story, considerando a importância que ela tem para todos nós. O que eu realmente quero saber, é o que, em nome de tudo que é bom e sagrado, o que a Pixar tem na cabeça?

Ninguém queria Toy Story 4. Vocês queriam? Meu deus, vocês não queriam! Tínhamos uma trilogia perfeitamente montada em nossos corações que completava a história de Buzz e Woody, passando pela vida do Andy enquanto ele passava de um garoto para um jovem adulto. Eu quero acreditar que seja apenas por causa de dinheiro dói menos.

Toy Story 4 pode ser terrível. Meu ânimo para o filme é quase nulo. A Pixar não faz filmes ruins, mas tudo isso pode estar prestes a mudar. Carros 2 podemos perdoar, mas isso? O legado da Pixar está prestes a cair.

 

Detetive Pikachu

 

(Warner Bros)

 

Pokemon deu um passo além do limite com a sua mais recente adição ao universo cinematográfico de monstros incrivelmente fofos que lutam como se fosse rinhas de cachorros para saberem qual mestre Pokémon será o melhor . Bem, este filme está nesta lista por ser estranho até para meus padrões de filmes e adaptações.

 

 

Detetive Pikachu vai mudar tudo o que sabemos sobre a marca. Estamos falando de um live action de animais super peludos que habitam o nosso próprio plano de existência. Além disso, Pikachu, meu filho, você tem que mostrar que Hollywood saber fazer adaptações de games incríveis para o cinema finalmente. É um filme tão bizarro que pode funcionar. Vê se solta o raio do trovão corretamente que podemos ver das cinzas dessa tragédia, o alvorecer de uma nova era, na qual leões e hienas estarão juntos num grande e glorioso futuro… quer dizer, Pokémon e seres humanos reais.

 

Capitã Marvel

 

(Marvel Studios)

É a revolução mais uma vez da Marvel Studios para a humanidade. Sua primeira heroína num filme solo. DC realmente conseguiu bater esses caras com um soco forte com Mulher Maravilha, mas, melhor tarde do que nunca, não é verdade? Capitã Marvel é o começo das mulheres sendo representadas de forma justa no Universo Cinematográfico da Marvel, sem ser relegada a um interesse amoroso. O público feminino já é quase ou igual ao masculino em alguns países que vão a cinema. Representatividade é tudo.

 

 

Finalmente, ser capaz de ver isso refletido na indústria é algo digno de nota e precisamos comemorar como fizemos com Mulher Maravilha. Capitã Marvel é uma personagem excelente nos quadrinhos e uma mulher sutil e equilibrada.

Ela parece pronta para seguir de uma forma excelente o que Pantera Negra deixou. Esse filme vai ser revolucionário para Disney, Marvel e todo o planeta que luta pela igualidade de gênero.

 

O Irlandês

 

(Reprodução)

 

Esse filme é da Netflix baseado em fatos que ocorreram de verdade. Da mesma forma que ele será grande, ousado e durão, a produção teve vários problemas para fazer o projeto funcionar, foi aí que entrou a gigante do Streaming com o cheque gordo que eles precisavam, mas até agora as coisas são obscuras sobre esse filme. Com um elenco que vai de Robert de Niro e Al Pacino, e dirigido por ninguém menos que Martin Scorsese, o irlandês contará a história de Frank Sheeran, um sindicalista com ligações com a máfia, e seu envolvimento no assassinato de Jimmy Hoffa, um líder sindical norte-americano.

O irlandês passará em sessões especiais e limitadas no cinema, Scorsese que pediu no contrato, mas será um dos primeiros filmes absolutamente massivos a serem oferecidos em serviço de Streaming.

Nós estamos olhando para o futuro do cinema com esse tipo de mudança, e a Netflix está definitivamente flexionando seus enormes e ricos músculos para que isso aconteça. Hollywood ainda não havia levado a empresa a sério.

Os blockbusters da próxima geração podem ser lançamentos em casa. Isso é uma mudança insanamente enorme para a indústria e O Irlandês pode ser o começo.

 

Vingadores: Ultimato

 

(Marvel Studios)

É o fim da Fase 3, o fim de um filme de dez anos, e o fim de nossos personagens favoritos – Endgame não poderia ser mais um título perfeito.

Mas o que exatamente devemos esperar daqui para frente? A franquia do Universo Cinematográfico da Marvel finalmente acabou. A última década foi moldada graças a esses filmes. É um legado sem precedentes para a cultura pop. Fará e fez história não importa o resultado.

 

2019 também será marcante para o cinema porque ou Hollywood começa a ser criativa novamente ou todos nós ficaremos neste limbo de remakes, reboots e franquias que nunca tem fim.

Ansioso para o arrebatamento cinematográfico ou você também não está levando muita fé nesta lista? Deixe seus comentários.

 

Leia também: Dê Adeus A Essas Franquias Que Chegam Ao Fim Este Ano!

 

 

Esse texto é uma adaptação do texto original de Ashleig Millman

Arte da Capa: Hugo Dourado

Quem é PikachuSama

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.

 

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: