Quinta, 07 De Fevereiro De 2019

LOJA QUINTA CAPA

Anthem Beta: Uma segunda impressão para salvar a primeira

No último fim de semana tivemos a segunda demo de Anthem, dessa vez aberta para todos testarem. Após uma primeira demo catastrófica, o jogo ficou cercado de desconfianças e críticas pesadas.

Foi uma semana bem complicada para BioWare e Eletronic Arts, dando explicações sobre os vários problemas da primeira Demo e sobre informações que estavam inundando a internet.

Ajustes foram feitos e respostas foram dadas. O início da segunda Demo foi promissor, mas alguns problemas permaneceram. Boa parte da dor de cabeça envolvendo Anthem estavam relacionadas aos servidores do jogo e especulações sobre as microtransações. Mas no fim das contas, mais jogadores tiveram a oportunidade de testar o jogo e tirar suas próprias conclusões.

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar de Javelins!

O furacão de problemas parece ter derrubado o foco da jogabilidade de Anthem, já que diversos conteúdos sobre o jogo nem se preocuparam em avaliar a gameplay em si.

Anthem mostrou uma identidade própria com seu sistema de movimentação em terra, céu e água. A velocidade e fluidez do personagem é ótima, com comandos bons para teclado e mouse, mas melhores para controles. O sistema de tiro do jogo é agradável e simples, com estilo diferenciado para cada tipo de arma. Mas a cereja do bolo está nas armaduras, chamadas de lanças, onde cada uma apresenta uma identidade e características diferentes.

O Patrulheiro entrega uma mecânica simples e equilibrada, ideal para os primeiros passos no jogo. O Colosso já apresenta um estilo mais resistente e preparado para suportar mais dano e quando seus aliados finalizam os inimigos. A Tempestade lembra os magos de mundos de fantasia, com ataques elementais e cobrindo uma área maior com seu dano, ótima pedida para o sistema de combo elemental do jogo. E para finalizar, o Interceptador vem com uma jogabilidade ágil e focada em eliminar um único alvo rapidamente, com suas lâminas afiadas e precisas.

O conjunto Lança/Armas possibilita diversas combinações para agradar diferentes estilos de jogadores e elaborar muitas estratégia de combate. Estruturar seus personagens em Anthem é, de certo modo, bem simples. Mas quanto mais você estuda a montagem da lança, mais você percebe que pequenos detalhes podem mudar sua experiência de boa para excelente.

O que percebemos na Demo foi o foco em jogar em grupo. Os desenvolvedores já falaram que seria possível jogar solo, mas a melhor experiência seria em grupo. A prova disso é a dificuldade do game e o sistema de combo de dano elemental. Cada jogador, cada armamento, cada lança faz diferença em combate.

Comprar ou não comprar?

A decisão da compra de um jogo às vezes é complicada. No caso de Anthem essa decisão está extremamente difícil. Com o jogo acima de R$ 200,00 muitos se perguntam se o game terá conteúdo para nos prender e se teremos gastos futuros com DLC. A BioWare apresentou Anthem dizendo que todo o conteúdo de história do jogo seria gratuito e que nenhum tipo de poder seria vendido por microtransações (somente aparência). Ainda existe dúvida sobre novas lanças, mas o mais provável é que tudo que envolve microtransação poderá ser adquirido também com uma moeda de dentro do jogo.

Quanto ao tempo de jogo, sabemos do potencial da BioWare em contar histórias incríveis. Acredito que teremos uma ótima campanha com boa duração e alguns elementos end game no lançamento. Muitos tem medo dos elementos repetitivos em jogos Shoot and Loot, mas todos eles receberam seus conteúdos aos poucos. O que apuramos nos dias de demonstração é que Anthem ainda é um produto inacabado, que precisa receber ajustes e correções, estruturar melhor seus servidores e deixar claro um calendário de conteúdos e política de microtransações.

Para ajudar você na decisão da compra, acompanhe a comunidade jogando a partir do dia 15 de fevereiro (acesso antecipado) e veja o conteúdo produzido e opiniões. Até o dia 22 de fevereiro (lançamento oficial) já teremos melhores informações sobre vários pontos de dúvidas e especulações que estão nos assombrando.

Anthem é um jogo promissor e tem tudo para conquistar fãs de seus concorrentes como Destiny 2, Warframe e The Division 2. É um projeto importante para BioWare e EA, o que me faz acreditar que seria muito arriscado gerar polêmicas envolvendo algum tipo de venda de poder no jogo.

Continue ligado aqui no Quinta Capa para mais novidades sobre Anthem e outros jogos. Até breve Freelancer!

Twitch – https://www.twitch.tv/mozetas

Instagram – https://www.instagram.com/mozetas/

Twitter – https://twitter.com/CafofoDoMozetas

Facebook – https://www.facebook.com/cafofodomozetas

 

Texto por Eric Mozetic (Mozetas)

Quem é timEU

Um indivíduo entre outros 7 bilhões que compõe uma única espécie entre outras 3 milhões de espécies já classificadas que vive num planetinha que gira em torno de uma estrelinha que é uma entre outras 100 bilhões de estrelas em uma galáxia entre outras 200 bilhões de galáxias num dos universos possíveis e que vai desaparecer.

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: