Quinta, 12 De Julho De 2018

Notícias sobre Filmes, Séries e Netflix

Artistas | Exposição homenageia mais de 40 ilustradoras e quadrinistas pioneiras na área

Contribuições notáveis, mas pouco conhecidas, lembram a importância do papel da mulher nesse universo.
A exposição Drawn to Purpose – American Women Illustrators and Cartoonist , aberta ao público, apresenta o trabalho de ilustradoras e quadrinistas norte-americanas do século XX até o presente.

A Biblioteca do Congresso nos Estados Unidos, maior biblioteca do mundo, traz à tona uma rica coleção produzida por mulheres pioneiras até então limitadas por convenções e condições sociais que conquistaram novas formas de auto-expressão e a oportunidade de compartilhá-las com um público crescente. Os trabalhos destacam temas como a evolução de ideais de beleza feminino, novas oportunidades emergentes para as mulheres na sociedade, mudanças nas relações de questão de gênero e questões de bem-estar humano.

A exibição é organizada em sete sessões: Temas e Gêneros; Era de Ouro da Ilustração; Primeiros Quadrinhos, Novas Vozes, Novas Narrativas; Ilustração Editorial; Capas de Revistas e Quadrinhos; e Cartunistas Políticas.

Confira algumas das artistas que estarão expostas, dentre mais de 70 obras, na Galeria de Artes Gráficas do prédio Thomas Jefferson em Washington, D.C. Vale a pena fazer uma busca sobre cada uma delas!

Alice Barber Stephens, ilustradora impressionista conhecida por seu trabalho na revista Ladie’s Home Journal e Harper’s Weekly apartir de 1880.

 
Anne Harriet Fish, capista da Vanity Fair em 1913.

Roz Chast, cartunista da The New Yorker com mais de 800 tiras publicadas desde 1978.

 
Jessie Willcox Smith, ilustradora de livros infantis e revistas. Conhecida por seu trabalho em Ladie’s Home Journal a partir de 1889.

 
Grace Drayton, ilustradora de livros infantis e revistas, criadora de Campbell Soup Kids em 1905. Considerada uma das primeiras e mais bem-sucedidas cartunistas dos Estados Unidos

 
Marjorie Henderson Buell, cartunista criadora da Luluzinha em 1935.

 
Rose O’Neill, cartunista e ilustradora conhecida por seu trabalho na revista Puck. Foi a primeira mulher quadrinista publicada nos Estados Unidos em 1909.

 
Dale Messick, quadrinista e criadora de Brenda Starr em 1940.

 
Jackie Ormes, criadora da tira Torchy Brown in Dixie to Harlem em 1937. Primeira cartunista negra dos Estados Unidos.

 
Barbara Brandon-Croft, criadora da tira Where I’m Coming From em 1898. Primeira cartunista negra que teve sua tira distribuída nacionalmente nos Estados Unidos pelos syndicates.

 
Lynda Barry, criadora de One! Hundred! Demons! Ganhou notoriedade com seu romance ilustrado The Good Times Are Killing Me em 1988.

 
Alison Bechdel, premiada cartunista de Fun Home, Are You My Mom? e Dykes to Watch Out For que se destacou por tratar ainda nos anos 1980 sobre relacionamentos lésbicos.

Junto ao evento, em março será lançado um livro pela curadora Martha H. Kennedy, apresentando mais de 240 ilustrações das coleções da Biblioteca e informações adicionais sobre as experiências pessoais e profissionais de mais de 80 artistas. A edição de capa dura contemplará suas histórias individuais, moldadas pelo acesso à arte, impacto da família em suas carreiras, questões de gênero, e expõe mudanças sociais em um período que os papéis e interesses das mulheres se expandiram para a esfera pública.
Capa do livro Drawn to Purpose – American Women Illustrators and Cartoonists por Martha H. Kennedy e prefácio de Carla D. Hayden.

Garotas Geeks
Fonte: Library of Congress

 

Quem é PikachuSama

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.

 

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: