Sexta, 21 De Dezembro De 2018

Anuncie Aqui!

Crítica | Deadpool 2, Maior, Melhor, mas um problema para o futuro da FOX.

Como é incrível esta época que vivemos. Um personagem que é cópia fiel de outro, é a peça essencial do futuro da Marvel na Fox. Deadpool deixou de ser apenas mais um personagem boca suja e engraçado. Ele é pop, ele é o que tem de melhor no cinema no universo de filmes de heróis.

Depois de Logan fechar com chave de ouro o personagem mais querido dos X-Men, o futuro da Marvel na Fox sofre com atrasos e filmes que parecem que não darão o retorno esperado. Vocês acreditam mesmo que Novos Mutantes e A Saga da Fênix Negra irão dar realmente certo? Até o momento as coisas realmente que estão pagando as contas da produtora é a aclamada série LEGION e adivinha: Deadpool.

A sequência do projeto de Ryan Reynolds ficou grande demais para o Universo X nos cinemas e isso pode ser até um problema.

Ninguém pensava que Deadpool seria um dos filmes mais vistos e aclamados de 2016. Muita gente pensava que seria divertido, mas que mudaria toda a organização cinematográfica da Fox, isso ninguem imaginou, acredito que nem eles. Por causa desse sucesso, Reynolds, Rhett Reese e Paul Wernick já começaram a sequência, mantendo o tom mais próximo possível do material original do personagem. Eles conseguem fazer isso na maior parte do filme, mas há muitas camadas acontecendo, muitas referências e algumas piadas que farão algumas pessoas ficarem se perguntando se era para rir ou para chorar. O segredo é não levar o filme a sério…exceto pelo material que é.

Ryan Reynolds, Terry Crews, Bill Skarsgård, Lewis Tan, e Zazie Beetz em Deadpool 2 (2018)

As melhores partes do filme são as surpresas, contar quais são elas seria burrice da minha parte, só irá funcionar se você estiver assistindo.

A história funciona assim: Cable (Josh Brolin) voltou do futuro para matar um menino mutante (Julian Dennison) e cabe ao Deadpool impedir que isso aconteca. O problema é que Cable é um dos personagens mais casca grossa da Marvel e essa marra toda foi levada para as telonas, ou seja, Wade Wilson levou aquela ‘sarrada’, os X-Men não podem mais ajudar, então Deadpool precisa montar sua equipe para salvar o garoto e dar aquele FeedBack no Cable.
Essa nova equipe se chama X-Force, composta pelo Bedlam, Shatterstar, Peter e Domino (Zazie Beetz).

O trailers lançados do filme não mostraram nada, tem coisas incríveis acontecendo no filme que ficaram de fora desses vídeo antecipados. Além do mais, Deadpool não está se importando com cronologia como é o caso dos filmes MCU e DCEU. Deadpool 2 só que soltar palavrões, piadas incríveis e um dos melhores diálogos que já vi no cinema. É um filme cheio de audácia e bastante independente.

Brianna Hildebrand em Deadpool 2 (2018)

Ao mesmo tempo, no entanto, esse filme tem muito mais sentido que o primeiro. A piada no filme original era que era um filme tão barato que só Colossus e Negasonic podiam aparecer; só que desse problema de pouco dinheiro é algo que ficou no passado. Deadpool não é mais o prejudicado, mas o ponto focal de uma franquia muito prolífica. E ele meio que não pode ser isso pelo bem do futuro dos filmes da franquia.

Recentemente, Reynolds disse que duvida muito que haverá um Deadpool 3. Em vez disso, é provável que haja vários da franquia X-Force, o que me deixa bastante animado. Deadpool funciona melhor quando ele é o único elemento maluco, ou quando ele pode ser o trapaceiro que pode comentar sobre o peso do enredo principal. Quando o próprio Deadpool fica sério, filme seria uma tragédia e não funcionaria bem.

As sequências de ação não só empolgantes como foi no primeiro filme. O primeiro diretor, Tim Miller, saiu do projeto. Fiquei super feliz quando soube que David Leitch (John Wick), foi escolhido para dirigir a sequencia, mas ficou aquele pensamento: poderia ser melhor essa cena.  Algumas sequências ficaram ótimas, mas no geral não foi tão visual e dinâmico.

Josh Brolin em Deadpool 2 (2018)

Isso não quer dizer que você não encontrará coisas para aproveitar. Deadpool 2 facilmente me fez rir. As cenas de Cable com DP não ficaram apenas com chutes e socos, são cenas divertidas também. Domino poderia ganhar um filme solo, todas as cenas com ela são incríveis, e espero que seu papel seja expandido em outros filmes. Se você é fã de quadrinhos do universo X-Men, é ótimo ver esses personagens na tela grande fazendo o que eles fazem melhor.

E por fim, enquanto o Deadpool 2 é muito divertido, ele não aquela explosão de energia que o primeiro fez; como poderia? Agora parece que a FOX está interessa neste personagem engraçado e falastrão. Reynolds nasceu para interpretar Deadpool e espero que ele continue fazendo isso para sempre, mas filmes solos dele acho que já está suficiente. O DP2 é mais do mesmo humor, porém em um pacote maior e mais amigável para franquia e futuro da FOX nos cinemas.

Josh Brolin e Ryan Reynolds em Deadpool 2 (2018)

Deadpool 2 está em cartaz:

Quem é PikachuSama

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.

 

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: