Quinta, 21 De Fevereiro De 2019

LOJA QUINTA CAPA

Em ritmo de copa | Cinco filmes sobre futebol!

A copa do mundo tá começando e, for a as críticas sociais de sempre, o que mais se fala é em futebol. Independente de crise, o brasileiro quer mesmo é ter a chance de vibrar e torcer pelo tão sonhado hexa! Gostando ou não de futebol, quando o apito soar, a torcida vai rugir e resta aproveitar… ou procurar outra coisa pra fazer.

E é pensando nisso que trago-lhes esta pequena seleção de filmes com o futebol como tema central. Mesmo que você não curta o esporte, com certeza irá se divertir com os filmes com este tema. Não são exatamente os melhores do gênero: são meramente recomendações baseadas no gosto pessoal deste que vos escreve. Espero que curtam.

1. Kung Fu Futebol Clube (Shaolin Soccer)

 

No tempo em que as pessoas recebiam e divulgavam conteúdo por e-mail e o whatsapp sequer era uma idéia, surgiu um vídeo inusitado e ninguém sabia explicar se era um comercial ou um filme, Ele mostrava uma partida de futebol onde os jogadores faziam movimentos incríveis, com efeitos especiais sensacionais. Demorou um pouco para descobrirem que se tratava de um filme que misturava duas paixões: futebol e artes marciais.

 

A produção de 2001 conta a história de um grupo de estudantes de kung fu que se encontram desmotivados pois o mundo não quer mais saber das artes marciais. Um técnico de futebol tem a idéia de chamá-los para formar um time e usar suas técnicas para não só se darem bem no esporte mas também para voltar a popularizar as artes marciais.

 

Imagem relacionada
Não se enganem, eles são mestres de artes marciais.

 

O filme dirigido e estrelado pro Stephen Chow faz uma bela mistura das duas coisas, tudo temperado com muito humor e efeitos especiais de saltar os olhos. A impressão que temos é de estar assistindo um anime, com super ataques, auras terríveis e todos os clichês dos melhores animes de ação. O próprio diretor não esconde ter se inspirado no anime Capitão Tsubasa.

 

Resultado de imagem para shaolin soccer
Mais anime do que isso, impossível.

 

Uma grande e divertida produção, e o melhor: está na grade da Netflix!

 

2. Fuga Para A Vitória (Escape to Victory)

 

Se você acha que ao invés de copa seria melhor ir assistir o filme do Pelé, então seus problemas acabaram! O filme não só conta com o rei do futebol, mas também traz um elenco estelar: Michael Caine, Sylvester Stallone e Max Von Sydow(o corvo de três olhos, de Game of Thrones).

 

A produção de 1981 se passa durante a segunda guerra mundial, em um campo de prisioneiros de guerra. Um grupo formado de oficiais britânicos e membros da resistência francesa se juntam a um paraquedista americano(Stallone) e um soldado brasileiro(Pelé) para planejar uma fuga. E a melhor oportunidade para isso será durante um amistoso entre os prisioneiros e um time de elite alemão, planejado pelos altos oficiais nazistas para servir de propaganda.

Embora não seja um excelente filme, Fuga Para A Vitória ainda entretém bastante. É hilário ver Stallone interpretando o impulsivo americano que não entende futebol e o inglês macarrônico do Pelé. Destaque para o personagem de Max Von Sydow, que foge do estereótipo do oficial nazista maligno; o personagem dele é, acima de tudo, um apaixonado por futebol.

Victory (1981)
Poster do filme.

 

3. Penalidade Máxima (Mean Machine)

 

Mais um filme envolvendo futebol e prisão, mas desta vez uma prisão normal e nos tempos atuais. Esta produção de 2001 é o remake britânico de outro filme americano, Golpe Baixo(de 1974, com Burt Reynolds e que ganhou um remake americano com Adam Sandler em 2005). A versão original era sobre futebol americano; lógico que esta versão trata do futebol de verdade!

 

Mean Machine (2001)
Poster do filme.

 

O filme também conta com um grande elenco e com o ex-jogador de futebol e ator Vinnie Jones, no papel de Danny Meehan, um jogador que caiu em desgraça após vender um jogo. Após agredir um policial, Meehan vai parar na prisão e, após um início conturbado, ganha a confiança dos prisioneiros e os organiza para um jogo de futebol contra os guardas.

Jones já era um jogador famoso antes de mergulhar de cabeça no cinema, tendo jogado em vários times e em duas seleções diferentes(Inglaterra e Gales). Ele já teve experiência anterior com os filmes Jogos Trapaças e Dois Canos Fumegantes e Snatch – Porcos e Diamantes(ambos dirigidos por Guy Ritchie e também com Jason Statham) e aqui não desaponta, embora em determinados momentos ele deixe a desejar(mas apenas nos momentos mais exigentes emocionalmente falando). Em matéria de ação e futebol, no entanto, o mesmo brilha.

Na maior parte do tempo, o filme é regular. Mas contém excelentes personagens, uma trilha sonora fabulosa (destaque para as canções Carnaval de Paris, de Dario G e Shoot it Up, do Sig Sig Sputnik) e Jason Statham, que interpreta o goleiro psicótico Monk e rouba várias cenas.

 

Curiosidade: o nome Mean Machine é uma referência ao vilão do Juiz Dreed de mesmo nome (Máquina Malvada, em português).

 

Imagem relacionada
Quanto maior o número, mais malvado fica.

 

4. Hooligans(Green Street Hooligans)

 

Não tem como falar de futebol sem falar em torcida. E em tempos de copa, esta peculiar subcultura sempre dá o que falar. O termo hooligan serve para descrever o comportamento de arruaça e violência envolvendo multidões, principalmente em eventos esportivos. E é um fenômeno que já inspirou muitas obras, ficcionais ou não…e esta é uma delas.

Poster do filme.

 

A produção britânica conta com Elijah Wood no papel de Matt, um jovem universitário que foi expulso de Harvard por algo cometido por seu colega. Deprimido, ele viaja para a Inglaterra para passar um tempo com a irmã e lá conhece o irmão de seu cunhado, Pete(Charlie Hunnam). Este lidera uma torcida chamada Green Street Elite e Matt acaba por se deixar envolver por este estilo de vida.

A diretora Lexi Alexander(que também já dirigiu episódios de Arrow e Supergirl) constrói um filme divertido que quase glamouriza o jeito hooligan de ser, não deixando de mostrar um pouco do lado mais sórdido. Porém o foco do filme é entreter e este o faz seguindo clichês sem tornar o filme banal. A trilha sonora conta com canções do Machine Head e do Disturbed.

Se você quer ver um Elijah Wood se tornando um brigão, vale a pena conferir!

5. Violência Máxima(The Football Factory)

 

Similar à Hooligans, este filme trata do mesmo tema, mas sob uma ótica menos hollywoodiana. De 2004, esta produção lança uma olhar sob a ótica de um jovem entediado, que vive para o fim de semana. Baseado no romance de John King, conta a história de Tommy Johnson(Danny Dyer) um jovem que sempre esteve envolvido neste estilo de vida, regado a sexo, bebida, drogas e violência.

Poster do filme.

 

O filme retrata a obsessão do homem inglês pela violência esportiva e a necessidade masculina de se juntar a um grupo. O filme é conduzido como um documentário, porém é uma ficção repleta de violência e humor negro.

 

É uma grande e interessante pedida para um olhar mais crítico e menos romântico a esta subcultura.

Além desta lista pessoal, existem várias boas e recomendadas produções que estão no Netflix. Um exemplo é o documentário The Real Football Factories. O documentário de 2006 é dividido em seis partes e conta também com o comando do ator Danny Dyer, fanático por futebol e que atuou nos já citados Violência Máxima e Penalidade Máxima.

 

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: