Segunda, 26 De Novembro De 2018

Anuncie Aqui!

“Robin Hood – A Origem” é o maior fiasco de bilheteria de 2018!

Já podemos dizer que a nova adaptação cinematográfica da Lionsgate da história clássica de Robin Hood é o fracasso do ano em bilheteria. Até agora só arrecadou US $ 22 milhões de dólares em todo o mundo com um orçamento de cerca de US $ 100 milhões. Hollywood adora fazer esse tipo de filme para testar e fazer sequências, se vocês não sabem, Robin Hood é de domínio público então ninguém precisa pagar direito autoral.

Entendem a razão pela qual Shakespeare, Frankenstein e Drácula, e personagens do folclore como Robin Hood tendem a ser transformados em filmes repetidas vezes?

Essa nova origem nada original do Robin Hood gira em torno da premissa de um Robin Hood que rouba dos ricos e dá aos pobres, enquanto luta contra o xerife corrupto de Nottingham e corteja seu verdadeiro amor lá no século XIII. Essa mesma coisa foi adaptada para cinema e TV literalmente dezenas de vezes. Mas eu consigo listar quais sãos os verdadeiros clássicos dessa mesma história: As Aventuras de Robin Hood, de 1938, estrelando Errol Flynn, e a adaptação animada de 1973 da Disney, que transformou o ladino fanfarrão em uma raposa. Só esses dois mesmos.

Nas últimas décadas, Hollywood tentou várias vezes criar sua versão blockbuster de Robin Hood, vou destacar dois: Robin Hood: Prince of Thieves (Robin Hood: O Príncipe dos Ladroes) de 1991, estrelado por Kevin Costner. Eles deveriam ter parado bem aí. Esse filme arrecadou US $ 390 milhões com um orçamento de US $ 48 milhões e crítica ficou dividida. E temos Robin Hood, de 2010, estrelado por Russell Crowe, também faturou mais de US $ 300 milhões, mas gastou 200, tornando impossível que ele tenha dado lucro depois dos custos de marketing.

Agora, a versão cinematográfica de Robin Hood em 2018 afundou como uma pedra num lago gelado, ganhando US $ 22 milhões em todo o mundo com um orçamento de cerca de US $ 100 milhões nos primeiros cinco dias nos cinemas, de acordo com o The Wrap.

(Reprodução)

Enquanto o Robin Hood de 2018 – que conta com Taron Egerton (mais uma furada) da franquia Kingsman como protagonista, Jamie Foxx como o mentor de Robin, Pequeno John, Ben Mendolson como o xerife vilão, e Eve Hewson como Marian – provavelmente ganhará mais dinheiro. Agora que ele começou sua corrida nas bilheterias, o problema é que os lucros raramente aumentam após o final de semana estreia de um filme. Não importa o que ainda possam fazer, mas parece estatisticamente impossível que o filme do diretor Otto Bathurst pague pelo menos o prejuízo do orçamento vendendo ingresso. Somente a China poderia salvar. Mas acredito que a coisa não mude muito, o filme é um fiasco total.  Além disso, o filme tem toda a uma proposta de parecer moderno, principalmente pelo figurino, cenários e ambientação.

(Reprodução)

Agora vamos a melhor parte do texto: as críticas. Neste momento o filme está com 17% na soma das críticas no Rotten Tomatoes e um pouco melhor com 33% no Metacritic. É claro que críticas negativas não necessariamente condenam um filme, como ficou evidente com o Venom que bateu a casa de $ 800 milhões em todo o mundo, ninguém imaginou isso, nem a Sony.

O problema com Robin Hood é que ele teve um marketing fraco e as pessoas estão cansadas da história de Robin Hood e desejam que Hollywood demorasse pelos uns vinte anos sem recontá-la.

O trailer é bem legal:

 

Quem é PikachuSama

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.

 

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: