Sexta, 10 De Agosto De 2018

Notícias sobre Filmes, Séries e Netflix

Três Vezes Cristovão Tezza

O escritor Cristov√£o Tezza aporta nas livrarias brasileiras com tr√™s novidades, entre romances e palestras. Nelas, √© poss√≠vel apreciar o g√™nio criativo respons√°vel por obras de destaque como O Filho Eterno e A Tradutora. Nessa leva de lan√ßamentos quase simult√Ęneos, que saem por tr√™s editoras diferentes, Tezza exp√Ķe sua presteza com as palavras e a evolu√ß√£o de seu trabalho, sendo uma √≥tima oportunidade para o leitor adentrar em seu universo liter√°rio; ambientado em Curitiba.

O que primeiro se destaca √© seu novo romance, A Tirania do Amor, que sai pela Todavia. Nova no mercado, a editora tem no autor um de seus trunfos, que chega com uma proposta provocadora, tendo como pano de fundo o cen√°rio pol√≠tico atual do Brasil (o escritor discorre melhor sobre suas inten√ß√Ķes na entrevista para Folha de S. Paulo que voc√™ l√™ clicando aqui). Em contraponto √† novidade, ressurge Trapo, lan√ßado originalmente em 1988 e que agora ganha edi√ß√£o especial de 30 anos pela editora Record. Apesar do conte√ļdo n√£o ter sido detalhado, espera-se material adicional, em vista das 50 p√°ginas a mais em rela√ß√£o √† edi√ß√£o anterior.

Por fim, Literatura √† Margem, que chega pela editora Dublinense, re√ļne sete confer√™ncias que Tezza nos √ļltimos anos em diversos eventos liter√°rios, dos quais participa com frequ√™ncia: aqui no Piau√≠, por exemplo, j√° veio tanto para o 13¬ļ SALIPI, S√£o do Livro do Piau√≠, em 2012; quanto para o 5¬ļ SALIPA, Sal√£o do Livro de Parna√≠ba, realizado dois anos depois. Nessas ocasi√Ķes, o escritor costuma discorrer sobre o fazer liter√°rio, seus desafios e recompensas, os m√©todos a que recorre e o lugar da fic√ß√£o do mundo contempor√Ęneo. Leitura mandat√≥ria para seus f√£s e apreciadores de sua extensa produ√ß√£o liter√°ria.

Eu e Cristovão, durante a passagem do autor por Parnaíba em 2014, onde aproveitou a oportunidade para conhecer e se encantar pelo mais belo litoral do Brasil.

Seguem maiores detalhes sobre cada lançamento:

A Tirania do Amor (editora Todavia, 176 p√°ginas, pre√ßo sugerido R$ 44,90):¬†Atrav√©s da crise pessoal e professional de um economista, Cristov√£o Tezza constr√≥i um panorama atual√≠ssimo do Brasil em tempos de Lava-Jato. Sozinho no carro, o economista Otavio Espinhosa toma uma decis√£o radical: abdicar do sexo. O que parece piada se revela uma profunda crise pessoal: um casamento falido, problemas com o filho militante pol√≠tico, o fim humilhante de sua carreira acad√™mica e a experi√™ncia sui generis de ter tentado enriquecer como guru de autoajuda. Tamb√©m a carreira de Otavio parece estar em perigo: tudo indica que ele ser√° demitido da empresa de investimentos onde trabalha. O leitor vai aos poucos destrinchando a investiga√ß√£o de um esquema no qual Otavio pode ou n√£o estar envolvido, desenhando o panorama de um pa√≠s em ru√≠na econ√īmica, cultural e moral. No lugar da literatura ou filosofa que pautavam as obras anteriores de Tezza, √© a matem√°tica ‚Äď esta ‚Äúarte sem afeta√ß√£o‚ÄĚ, que promete uma forma l√≥gica de pensar o mundo ‚Äď que impulsiona as digress√Ķes de A tirania do amor. Ot√°vio, por√©m, logo perceber√° que nem a racionalidade serve para domar a vida, nem ele mesmo √© t√£o racional quanto gostaria de acreditar.

Trapo Edição Comemorativa (editora Record, 304 páginas, preço sugerido R$ 54,90): Edição comemorativa de 30 anos da obra que consagrou Tezza como um dos expoentes de uma nova geração de escritores brasileiros da década de 80. Em uma noite comum, o professor aposentado Manuel recebe em sua casa uma visita estranha e um pedido inusitado: uma dona de pensão com aparência vulgar entrega dois pacotes contendo originais de um jovem poeta, marginal e suicida. A mulher quer que Manuel leia o espólio de Trapo, o artista em questão, e decida se aquilo tem valor. Enredado pelo encantamento da situação, o professor percebe que apenas a leitura é insuficiente, e passa a investigar os motivos que levaram o jovem ao suicídio. Procura amigos, entrevista pessoas, conversa com o pai do rapaz e tenta achar a jovem Rosa, a quem Trapo endereça suas cartas-poemas. Nesta obra, Tezza mostra extrema habilidade em costurar no romance a narrativa conduzida por Manuel e as tresloucadas cartas de Trapo.

Literatura √† Margem (editora Dublinense, 160 p√°ginas, pre√ßo sugerido R$ 39,90):¬†Nesta colet√Ęnea de sete confer√™ncias apresentadas nos √ļltimos dez anos em eventos liter√°rios, universidades e na Academia Brasileira de Letras, e revisadas especialmente para esta edi√ß√£o, Cristov√£o Tezza discute a cria√ß√£o liter√°ria sob uma ampla gama de temas, que abarcam desde a rela√ß√£o da literatura com a psican√°lise at√© as fronteiras entre a fic√ß√£o, a biografia e o ensaio. Em linguagem clara e pontuada pelo humor, com um rigor conceitual que passa longe do jarg√£o acad√™mico, o premiado autor do romance “O filho eterno” fala de seu processo criativo, das origens de seu desejo de se tornar escritor, dos pressupostos √©ticos da literatura, do sentido da fic√ß√£o no mundo contempor√Ęneo e das conting√™ncias hist√≥ricas, pol√≠ticas e culturais de sua gera√ß√£o.

 

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: