Quinta, 21 De Fevereiro De 2019

LOJA QUINTA CAPA

Yakuza – A Saga da Novela da Mafia Japonesa

 
Produzido e distribuído pela Sega, essa enorme franquia proporciona de maneira unica uma imersão do jogador dentro do mundo da mafia japonesa que ainda é desconhecida por muitos e profundamente amada por seus fãs. Escrever sobre Yakuza não é exatamente uma tarefa fácil, pois sim, estamos falando de um jogo complexo mas igualmente incrível que deve ser conhecido.
Mas antes de argumentar sobre o jogo, uma curiosidade, o que exatamente são Yakuzas: Yakuza (ヤクザ) é o nome da maior facção criminosa do Japão e do mundo, com mais de 100 mil membros, também conhecida como Gokudō (極道). Para a polícia e imprensa, esta organização criminosa é chamada de Bōryokudan (暴力団), cujo significado é “Grupo de Violência”, mas os membros costumam referir-se como Ninkyō dantai (任侠団体), que significa “Organização Cavalheiresca”, possuem envolvimento em praticamente todas as atividades dentro do Japão agindo pelas das sombras tanto como no lucro pessoal como para o bem da nação como quando o tsunami atingiu o Japão em 2011, a yakuza estavam entre os primeiros a ajudar as vítimas das áreas afetadas, antes mesmo do governo japonês. Grupos da máfia Yakuza entregaram comida, água, cobertores e artigos de higiene pessoal para centros de evacuação no nordeste do Japão e não foi a primeira vez que a máfia demonstrou esse gesto de solidariedade. Em 1995, quando um terremoto atingiu Kobe, a quinta maior cidade do Japão, a Yakuza prestou socorro às vítimas, levando suprimentos em scooters, barcos e até helicóptero nas áreas atingidas pela grande catástrofe. Uma das características mais proeminente de um membro da Yakuza é o seu corpo tatuado através de uma prática artesanal conhecida como Irezumi, esta prática é visto como um sinal de bravura devido à dor que o método inflige.
A estrutura da Yakuza é piramidal, com um líder no topo e diferentes posições abaixo dele. No topo está o Oyabun (pai). Abaixo dele está o Kobun (filho adotivo) e sua relação com o Oyabun é de lealdade incondicional e obediência cega. Em troca, o Kobun recebe proteção e favores de Oyabun. Abaixo está o Saiko-Komon (administrador do clã), o Wakagashira (gerente do clã) e Shateigashira (segundo gerente do clã). Abaixo deles estão o Shingin (assessor), Kaikei(contador) e por último, os Kyodai (irmãos mais velhos), os Shatei (irmãos mais novos) e os Wakashū (jovens líderes).
Todos esses elementos estão presentes na narrativa surpreendente e emocionante dessa franquia que a cada novo jogo vem se tornando cada vez melhor e envolvente.
YAKUZA 1

Lançado originalmente no Japão em 2005 para Playstation 2 sob o nome Ryu ga Gotoku e chegando posteriormente ao ocidente no ano seguinte com o nome de Yakuza, posteriormente ganhando remaster para Playstation 3 e WiiU. O enredo história é focado em Kazuma Kiryu conhecido no submundo como “O Dragão de Dojima”, um jovem membro da yakuza que é preso por 10 longos anos após assumir um crime que seu melhor amigo Nishiki Akira cometeu acidentalmente, em troca da sua liberdade ele negocia com a própria yakuza e o governo e assume o trabalho de encontrar o assassino do terceiro patriarca do clã Tojo e de 10 bilhões de yen que sumiu do cofre do clã. Interagindo com amigos do passado e do futuro no bairro de Kamurocho (inspirado no bairro real Kabukicho) Kazuma deverá sobreviver à margem total do sociedade e ainda descobrir qual a relação da jovem Haruka com o dinheiro desaparecido e com o seu próprio passado.
Um jogo de ação/aventura com elementos de rpg possui uma mecânica pesada, e logo caiu nas más línguas muito precipitadamente, pois apesar de ser considerado open world (mundo aberto) trata-se de um sand box (termo para jogos de mundo aberto mas limitado), tendo seu foco em uma narrativa complexa, carismática e muito envolvente, há a presença de diversos personagens envolventes e profundos. O gameplay consiste na exploração do bairro de Kamurocho e outras pequenas áreas, possui sidequests que ajudam na evolução e ainda contam micro-histórias divertidas e trágicas do bairro além de vários minigames. O combate se consistem em atacar fazendo combinações basicas de botões, defender e as chamadas Heat Actions, que consiste no gasto de uma barra de “calor” acumulada para a execução de um movimento especial que pode tanto ser ação do próprio Kazuma como também pode ser uma interação com o cenário, como acertar um bicicleta no adversário, bater a cabeça do inimigo em um poste e diversas outras.

 
YAKUZA 2

Lançado para os Playstation 2 em dezembro de 2006 no Japão e apenas em setembro de 2008 no ocidente, Yakuza 2 traz uma nova narrativa para a vida de Kazuma Kiryu, um ano após os acontecimentos do primeiro jogo, Kazuma assume a liderança do Clã Tojo mas opta por viver uma vida pacifica com Haruka, após incontáveis pedidos de ajuda, se vê obrigado a ingressar novamente no submundo para evitar que o clã Omi de Osaka entre em guerra com o Clã Tojo por motivos torpes. Nesse jogo Kazuma conhece Ryuji Goda, seu equivalente em Osaka com o apelido de “O Dragão de Kansai”, quer acabar com Kazuma para garantir que ele será o único “Dragão” do Japão.
O gameplay foi refinado, além de Kamurocho, agora é possível interagir com Osaka, possuindo mais sidequests interessantissimas e divertidas. O combate se tornou mais dinâmico com a adição da Explosive Heat Action  que consiste em um movimento que usa todos os status de Kazuma para usar um golpe devastador mas que possue apenas uma chance para realizar, perdida a chance, o combate fica bastante complicado em seguida.

YAKUZA 3

O primeiro lançado para sétima geração de consoles no Playstation 3, Yakuza 3 chega em fevereiro de 2009 para o Japão e em março de 2010 para o ocidente continuando a saga da vida de Kazuma Kiryu, sua trama inicia-se poucos meses após os acontecimentos do segundo jogo com o aparecimento de uma figura misteriosa em Kamurocho, Kazuma se mudou para Okinaya junto com Haruka aonde ele cuida de um orfanato com 9 crianças, uma vida de paz, depois de 2 anos, o orfanato recebe uma intimação da prefeitura para ser desapropriado, Kazuma acha aquela ação muito estranha e resolve investigar e descobre que a o envolvimento da yakuza nisso, principalmente da figura misteriosa que surgiu a 2 anos que insiste em atacar a figura do falecido tutor de Kazuma.
Falando assim parece ser uma das tramas menos envolventes, mas é por muitos considerados em dos melhores jogos da franquia, graças ao pulo de geração que permitiu implementos absurdos a franquia na época.
Além do visual, houve um implemento absurdo de gameplay que permite visitar tanto Kamurocho (que teve um grande aumento de mapa) e Okinawa, mais sidequests e agora a presença dos Armários das Estações, que permitem adquirir itens únicos, missões de perseguição, coliseu onde há embates difíceis e desafiadores e surgiu as Revelations, que se consiste na observação de pontos específicos de ações engraçadas e absurdas de npcs no cénario que darão uma “revelação” a Kazuma para ele desenvolver novos golpes com o uso da barra de “Heat”, sem contar no aumento de minigames extremamente divertidos. Além do minigame “Haruka’s Wish” onde desenvolver o nível de confiança com Haruka irá desenvolver novos diálogos e interações com a personagem.

 
YAKUZA 4

Lançado em março de 2010 no Japão e apenas um ano depois no ocidente para a sexta geração de consoles no Playstation 3, Yakuza 4 volta a se resumir apenas a Kamurocho e pequenos mapas mas pela primeira vez, conta com mais protagonistas, 4 no total: Shun Akiyama, um agiota de Kamurocho que lucrou indiretamente com conflitos passados da yakuza e resolveu realizar um empréstimo a uma mulher chamada Lily que está sendo perseguida pela yakuza, Masayoshi Tanimura, policial integrante da Polícia Metropolitana que trabalha disfarçado dentro da yakuza e atualmente está envolvida da investigação da mulher chamada Lily, Taiga Saejima, um ex-yakuza que depois de 25 anos preso foge do corredor da morte ao saber que sua missão ainda não havia acabado e por ultimo, Kazuma Kiryu que ainda está resolvendo o resto dos problemas que surgiram no jogo anterior. A história de todos os personagens sem mantêm interligadas e se unem formando um marco épico na franquia do game.
Existem diversos mini-games disponíveis que são pachinko, pesca, onsen, tênis de mesa, hanafuda e karaoke, incluindo duetos com personagens não jogadores (NPCs), além do “Haruka’s Wish”, o jogador deve aumentar o nível de confiança com Haruka com cada um dos personagens principais do jogo cumprindo diversos objetivos, mas dessa vez, há interações exclusivas de cada personagem: Akiyama pode desenvolver amizade com alguns NPC comprando itens ou com alguns lojistas sendo um cliente regular. Seu outro mini-game, “Create a #1 Hostess! “consiste em procurar as garotas para o Host Club que ele possui, cada  garota é melhorada vestindo-a e treinando-a.  O mini-game de Saejima, “Create a Fighter!” consiste em treinar lutadores para ganhar torneios, após 50ª rodadas, diferentes movimentos se tornam desbloqueados. O mini-game de Tanimura, “Resolving Police-Radio Disputes”,  são relatórios de rádio que indica onde encontrar incidentes, e o jogador deve derrotar o “criminoso”. No mini-game de Kazuma, “Team Encounter Battle”, sete gangues o ataca e ele deve lutar para chegar a cada líder da gangue.
Cada personagem tem seu próprio estilo de luta e movimentos especiais, pois seus frames são diferentes, Kiryu se concentra em poderosos golpes de Karaté e Boxe, Akiyama prefere ataques rápidos combinados com Taekwondo e Wrestling, Saejima costuma ao estilo briga de rua com Judo, Tanimura utiliza manobras defensivas de Aikido e Kung Fu que aprende com um colega policial.

YAKUZA 5

Lançado em dezembro de 2012 no Japão e chegando apenas 3 anos depois, em dezembro de 2015 o quinto título da série ainda para a sexta geração de video games no Playstation 3.
O jogo apresenta cinco protagonistas principais, o maior número de protagonistas principais de qualquer jogo da série, sendo o anterior o mais alto dos quatro principais protagonistas de Yakuza 4, Kazuma Kiryu, o personagem principal desde o jogo original de Yakuza, há também dois protagonistas que retornam de Yakuza 4, Shun Akiyama e Taiga Saejima, um dos novos protagonistas é Haruka Sawamura, a jovem presente na série desde o jogo original, mesmo que ela sempre tenha sido parte integrante da história, ela nunca foi um personagem principal jogável antes, por fim, Tatsuo Shinada, um novo personagem da série.
Pela primeira vez na série, o jogo possui cinco locais distintos em todo o Japão. O primeiro dos quais está presente em todos os jogos é Kamurocho, segundo, Sōtenbori, um distrito ficcional de Osaka, baseado em Dōtonbori, que está de volta desde Yakuza 2. As três novas cidades no jogo são Nagasugai, parte de Fukuoka fictício com base em Nakasu, Tsukimino, parte de Sapporo fictícia com base em Susukino e Kin ‘eicho, parte do Nagoya ficcional com base em Sakae.
Após os acontecimentos do quarto jogo, cada personagem seguiu sua vida e anos se passaram, com a união dos clãs de Tokyo de Osaka a paz perdurou até o desaparecimento do atual chefe e Kazuma é novamente colocado e uma situação onde terá que resolver os problemas com as histórias interligadas de cada personagem.
Novamente cada personagem tem seu gameplay individual e mini-games exclusivos, Haruka quer ser uma “idol”, para isso ela participa de mini-games de dança pelos mapas, Saejima amplia seu estilo de combate enfrentando desafios da natureza e até luta contra ursos, Shinada joga e lidera um time de baseball e Kazuma desenvolve atividade como taxista o que proporciona desafios de velocidade. Tudo isso além de mais 27 mini-games diferentes envolvidos com a plot do game.

YAKUZA 6

Lançado em dezembro de 2016 no Japão e previsto pra sair em abril de 2018 no ocidente mantendo a exclusividade mas finalmente na atual geração de video games no Playstation 4, Yakuza 6 continua a história trágica de Kazuma Kiryu, que após os eventos do quinto jogo passa 3 anos preso, ao retornar a sociedade, descobre que Haruka está desaparecida, ao retornar a Kamurocho descobre que ela está em coma por conta de um acidente criminoso e que possue um filho recém nascido chamado Haruto, que junto de Kazuma irá descobrir o que aconteceu nesses 3 anos em que esteve ausente.
Infelizmente mais detalhes do jogo só estão disponíveis em japonês.

YAKUZA 0

Lançado em março de 2015 no Japão e janeiro de 2017 no ocidente para o Playstation 4, o jogo trata-se de um prequel de toda a franquia contando com dois personagens como protagonistas, Kazuma Kiryu no inicio da sua carreira como Yakuza em Kamurocho e Goro Majima, personagem presente desde o primeiro game mas pela primeira vez jogável, onde comanda uma casa de shows em Sõtenbori.
Em Kamurocho, Tóquio, Kazuma é suspeito de assassinato depois que o homem que ele recolheu dinheiro de uma cobrança morreu em um pedaço de imobiliário que é muito disputado. O chefe de Kazuma, Sohei Dojima, oferece uma promoção para segundo comando da Família Dojima para quem pode encontrar a ação na terra, portanto, os membros mais implacáveis vão atrás de Kazuma, nessa corrida, Kiryu deve provar sua inocência, assim evitando que seu pai adotivo de enfrente a retaliação por apresentá-lo ao clã.
Em Sōtenbori, Osaka, Majima dirige uma casa de shows depois de ser exilado do Clã Tojo devido a ações anos antes, apesar de seu clube ser bem sucedido, ele percebe que aquilo não passa de uma gaiola, pois ele está sob constante vigilância. Um dia, ele tem a chance de se redimir assassinando um alvo, ele assume a tarefa, mas não consegue concluir porque percebe que seu alvo é de fato uma garota cega indefesa, logo decide protegê-la e descobrir por que ela está sendo alvo.
A inovação da Yakuza 0 é a adição de estilos de luta para Kazuma e Majima que podem ser trocados no meio da batalha, Kazuma utiliza os estilos Brawler, semelhante ao dos jogos anteriores, o poderoso mas lento estilo Beast, que lhe permite usar armas pesadas e o estilo rápido Rush, baseado no boxe que enfatiza a mobilidade. Por outro lado, Majima usa o estilo Thug, o estilo Slugger orientado a armas, focado principalmente em torno de um bastão de baseball e o estilo Breaker baseado em um compilado de estilos de dança. Completando sidequests, Kazuma e Majima  desbloqueiam um estilo de luta adicional “Legendário” para cada um, os estilos “Dragão de Dojima” e “Cão louco de Shimano”, respectivamente.

YAKUZA KIWAMI
A série está ganhando um remake para o Plastation 4 com o subtitulo “kiwami” que significa “extremo”, logo a proposta desses remakes se consiste trazer os jogos antigos para atual geração se utilizando da capacidade maxima além de adicionar todas as melhorias dos jogos da franquia e ainda muito mais conteúdo. Kiwami 1 foi lançado em janeiro de 2016 para o Japão e agosto de 2017 no ocidente, o 2 foi lançado em dezembro de 2017 para o Japão e ainda está sem data para o ocidente.



Além dos jogos da linha principal, Yakuza possue uma série de spin-offs:
Ryū ga Gotoku Kenzan!

Narra a história de Miyamoto Musashi utilizando os personagens de Yakuza como atores, foi lançado em março de 2008 apenas no Japão para Playstation 3.
Kurohyō 1 e 2

Ambos narram histórias paralelas a Yakuza 2, sendo o 1 lançado em março de 2010 e o 2 em março de 2012, exclusivos do Japão para o PSP.
Ryū ga Gotoku Ishin!

Narra uma história inédita na época do Bakumatsu da história japonesa onde mais uma vez os personagens de Yakuza são usados para interpretarem personagens reais, exclusivo do Japão, foi lançado em dezembro de 2014 tanto para o Playstation 3 como para o 4.
YAKUZA: DEAD SOULS

O único spin-off lançado que chegou ao ocidente, originalmente saindo em setembro de 2010 no Japão e chegando ao ocidente em fevereiro de 2011, o jogo se consiste em apenas um grande homenagem ao tema de zumbi que estava muito popular na época, trata-se de “e se Kamurocho fosse atacada por zumbis”, seguindo seu antecessor, Yakuza 4, tendo quatro personagens jogáveis. Kazuma Kiryu, principal protagonista da série desde o primeiro jogo, retorna, além de Goro Majima, outra série regular desde a primeira parcela. Ryuji Goda de Yakuza 2 e Shun Akiyama de Yakuza 4 também retornam, cada um com suas respectivas armas de fogo, novidade na série, passando pelas maiores bizarrices e homenagens possíveis.
GALERIA


 

Quem é timEU

Um indivíduo entre outros 7 bilhões que compõe uma única espécie entre outras 3 milhões de espécies já classificadas que vive num planetinha que gira em torno de uma estrelinha que é uma entre outras 100 bilhões de estrelas em uma galáxia entre outras 200 bilhões de galáxias num dos universos possíveis e que vai desaparecer.

  

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: