Não deixe de conferir nosso Podcast!

Devir lança Creepy volume 04 e NonNonba

A EDITORA DEVIR DÁ PROSSEGUIMENTO À PUBLICAÇÃO DA REVISTA CREEPY E LANÇARÁ MANGÁ DE SHIGERU MIZUKI

O mês de abril teve o lançamento de mais duas publicações da editora Devir. Dando prosseguimento aos encadernados da série Creepy, publicação que compila as famosas histórias de terror produzidas nos Estados Unidos na década de 1960, o volume 04 já se encontra à venda.

Creepy – Contos Clássicos de Terror vol 4
A revista Creepy do famoso publisher James Warren virou o mundo dos quadrinhos de cabeça para baixo no começo dos anos 1960, quando artistas fenomenais como Joe Orlando, Alex Toth, Wallace Wood, Gray Morrow, Al Williamson, Neal Adams, Frank Frazetta e muitos outros atingiram novos patamares artís­ticos com suas abordagens fascinantes de histórias de horror modernas e clássicas. Nos vinte anos que se seguiram, nenhu­ma publicação se empenhou tanto em criar HQs de horror de qualidade como a Creepy, e esta antologia histórica da Dark Horse/Devir está ressuscitando toda a fase original dessas edi­ções raríssimas de se encontrar hoje em dia.
Este luxuoso quarto volume, com 248 páginas, literalmente retorna dos mortos após um longo período de espera e desen­terra todas as histórias da macabra série original dos números 16 ao 20 da revista Creepy e apresenta ainda uma entrevista especial com o lendário editor Archie Goodwin feita por Steve Ringgenberg.
Muitos dos arrepiantes contos deste volume foram publica­dos no Brasil pela saudosa revista Kripta, no final dos anos 1970, pela RGE, e voltam agora para assombrar e conquistar toda uma legião de novos fãs!
Ficha técnica
Título original: Creepy Archives
Volume Four
Editora Original: Dark Horse
Roteiro: Archie Goodwin e outros
Desenhos: Neal Adams, Gene Colan, Alex Toth, Wallace Wood e outros
Tradução: Marquito Maia
Formato: 20,5 cm x 27,5 cm
Estrutura: 248 páginas PB (com um caderno especial colorido trazendo as reproduções das capas da época) em papel off-set 90g)
Acabamento: Brochura
Preço: R$74,00
Se deve destacar que este volume não é em capa dura, ao contrário dos volumes anteriormente publicados. Os três primeiros álbuns foram publicados em 2012, 2014 e 2015.
Creepy – Contos Clássicos de Terror vol 03
Mas os lançamentos da Devir não param por aí. Após lançar O Homem que passeia, de Jiro Taniguchi, a editora lança o mangá NonNonba, de Shigeru Mizuki.

NonNonBa, publicado originalmente no Japão em 1977, é a obra­-prima de Shigeru Mizuki, um dos autores de mangá mais importantes de todos os tempos. Parte biográfico, parte fantástico, NonNonBa é um trabalho tocante sobre a infância e o amadurecimento, inspirado em grande parte no próprio Mizuki, quando criança, e sua avó, uma fonte inesgotável de conhecimento sobre os youkais (espíritos-mons­tros do folclore japonês).
Neste mangá, os personagens caricatos e expressivos contrastam com cenários detalhados e realistas, resultando em um trabalho ímpar que é, ao mesmo tempo, delicado e expressivo. NonNonBa está fir­memente enraizado em um contexto social e histórico, e passeia pelo mundo sobrenatural.
Em 2007, NonNonBa foi o primeiro mangá vencedor na categoria de Melhor Álbum do Festival de Angoulême. E, em 2013, foi indicado ao Prêmio Eisner de Melhor Edição Norte-Americana de Material Es­trangeiro (Asiático).
SOBRE O AUTOR:
Nascido em 1922, Mizuki desde cedo demonstrou aptidão para as artes, mas só iniciou a carreira como mangaká profissional aos 35 anos. Antes disso, ele serviu nas tropas japonesas durante a Segunda Guerra Mundial, onde sofreu muito, inclusive perdendo o braço es­querdo em um bombardeio. Quando voltou ao Japão para continuar seu tratamento, ele se tornou um pacifista convicto.
Diversas obras posteriores de Mizuki usam a guerra como tema, entretanto seu mangá mais popular, GeGeGe no Kitaro (1960-69), que foi adaptado diversas vezes para a TV e para o cinema, também mer­gulha no mundo sobrenatural do Japão. Sua influência pode ser senti­da na cultura pop japonesa até os dias de hoje.
A cidade onde Mizuki passou sua infância, Sakaiminato, homena­geou o autor com mais de 100 estátuas de bronze inspiradas em seus personagens, exibidas em uma rua batizada com seu nome.
Shigeru Mizuki faleceu em 2015, aos 93 anos.
 
Ficha Técnica
Título original: のんのんばあとオレ(Nonnonbaa to Ore)
Editora Original: Kodansha
Roteiro e desenhos: Shigeru Mizuki
Tradução: Arnaldo Oka
Formato: 17 x 24 x 2,8cm
Estrutura: 422 páginas PB + 6 coloridas
Acabamento: Brochura com sobrecapa
Área de interesse: Mangá
Público: Adulto
ISBN: 978-85-7532-669-5
Preço: R$ 89,90

Thiago Ribeiro
Thiago de Carvalho Ribeiro. Apaixonado e colecionador de quadrinhos desde 1998. Do mangá, passando pelos comics, indo para o fumetti, se for histórias em quadrinhos boas, tem que serem lidas e debatidas.