Não deixe de conferir nosso Podcast!

Alberto Uderzo, criador de Asterix, é homenageado por Caio Oliveira

Nesta manhã, a primeira notícia que li foi sobre a morte do quadrinista Alberto Uderzo, um dos criadores de Asterix, junto com o roteirista René Goscinny. Uderzo faleceu aos 92 anos, vitima de um ataque cardíaco enquanto dormia.

O quadrinho francês é um dos mais populares do mundo. O álbum Asterix Entre os Pictos, publicada em 2009, esgotou a sua primeira tiragem, de dois milhões de exemplares, em pouco mais de uma semana. Em 2019, em comemoração aos 60 anos do personagem, o site Omelete divulgou alguns números impressionantes sobre Asterix:  “380 milhões de exemplares vendidos em 111 idiomas, 14 filmes, um parque temático e lançamentos com números milionários a cada álbum.” Não é de surpreender que o título tenha fãs ardorosos em todo lugar do mundo, como Caio Oliveira, aqui no Piaui.

Caio Oliveira fez homenagens aos irredutíveis gauleses em sua página, Cantinho do Caio, em várias ocasiões. Por conta da fatalidade, Caio comentou hoje em seu facebook: “Albert Uderzo tava no meu “mapa de influências” desde que assisti Asterix uma noite na Band (acho) no começo dos anos 90. Fica aqui minha singela homenagem a esse MONSTRO SAGRADO dos quadrinhos.”

Segue algumas das imagens que Caio Oliveira fez:

Asterix em 300 de Gália
Asterix e Obelix, como asgardianos
Asterix e Obelix, como asgardianos
Bernardo Aurélio
Sou desenhista, criador do Máscara de Ferro e autor do quadrinhos Foices & Facões. Sou formado em história e gerente da livraria Quinta Capa Quadrinhos