Não deixe de conferir nosso Podcast!

Crônica | A Viagem de Chihiro encanta ao capturar as imperfeições da vida

A Viagem de Chihiro nos lembra que as pessoas fazem coisas boas e ruins, e sobre como é a vida.
Photo source: Studio Ghibli, IMDB
Studio Ghibli, IMDB

A Viagem de Chihiro nos lembra que as pessoas fazem coisas boas e ruins, e há algo tão fiel a esse sentimento estranho quando você está errado e certo ao mesmo tempo.

A vida é simples. Os humanos que a tornam complicado. Ou, pelo menos, é assim que percebo as coisas ao longo do tempo. A Viagem de Chihiro (Spirited Away), uma das obras-primas de Hayao Miyazaki, é um dos poucos filmes em anime que vi realmente falando da sutileza e nas complexidades da vida.

A Viagem de Chihiro, claro, conta a história de uma garota, Chihiro, que fica presa em um parque temático abandonado e que se transforma em um mundo de espíritos e seres mágicos. Com seus pais misteriosamente transformados em porcos, ela acaba conseguindo um emprego naquela terra peculiar para devolver sua família ao mundo exterior a forma humana. O enredo é esse, simples, contando a aventura de uma jovem heroína que nunca sabemos o que ela quer de fato.

Encantador é o termo mais simples para resumir filmes de fantasia como esse. Eu poderia ir mais longe nos detalhes ricos, como tudo é bonito e meticulosamente desenhado, mas acho que você deve ver por si mesmo. Eu estava admirado com a inocência, a imaginação sincera e sem limites de todos os personagens e a história quando assisti pela milésima vez, a diferença é que agora estava com minha família. Um mundo cheio de seres estranhos.

Chihiro
Studio Ghibli, IMDB

Mas, apesar da criatividade insondável, o que me atraiu foi a justaposição entre a beleza e a honestidade de nossa infância e o desânimo e as lutas que enfrentamos quando chegamos a idade adulta. A Viagem de Chihiro capturas encantadoras imperfeições da vida através das lentes de uma criança. Uma abundância de metáforas que espelham fortemente os sete pecados capitais da vida.

O enredo é carregado, destacando a primeiro a gula, quando testemunhamos os pais de Chihiro punidos pelo vício de devorar a comida de outra pessoa. Enquanto isso, o No Face atrai os trabalhadores com uma pilha de ouro, manifestando a ganância à força, incorporando o materialismo que causa nossos vícios e desorientações na vida.

Depois, há Yubaba, que desenvolve uma inveja azeda por riqueza e ira com seus hábitos destrutivos de temperamento e manipulação. Seu bebê é preguiçoso, passando a vida inteira sendo mimado por ela. Enquanto isso, seu braço direito, Haku, é condenado pelo orgulho, visível em seu isolamento verbal.

Photo source: Studio Ghibli, IMDB
Studio Ghibli, IMDB

Esse conto destaca-se na execução de duas perspectivas diferentes ao mesmo tempo e é importante reconhecer as duas jornadas, porque isso é realidade. Seu retrato de rotina, monotonia e tédio se entrelaça com nossas próprias vidas complexas: a ocupação constante, repetindo a mesma tarefa repetidas vezes, a vida perdendo seu significado.

Admiro como Miyazaki mostrou tudo através dos olhos de uma criança. Vemos tudo o que é esquecido. A teimosia, coragem, amor, generosidade e lealdade da criança que cria e equilibra as profundezas das narrativas subjacentes do filme. Há tantos momentos emocionantes e é isso que A Viagem de Chihiro quer que lembremos: viver nesses bons momentos.

Chihiro
Studio Ghibli, IMDB

A Viagem de Chihiro nos lembra que as pessoas fazem coisas boas e ruins, e há algo tão fiel a esse sentimento estranho quando você está errado e certo ao mesmo tempo. Chihiro mostra que a vida pode permanecer administrável, apesar de o caos ao nosso redor.

Os trabalhos de Miyazaki realmente oferecem algo. El pega o perfeito e faz a gente acompanhar histórias tolas, cativantes e diferente. E um aviso, eu não esqueci o pecado capital da luxúria – ele apenas não está presente, afinal é um filme infantil – o que está presente é uma história inacreditável e emocional. Lançado em 2001, continua sendo o filme japonês com maior bilheteria de todos os tempos e um dos meus preferidos.

Está disponível na Netflix.

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.