Não deixe de conferir nosso Podcast!

Duas obras que foram muito além do público dos quadrinhos estão em pré-venda

Jack Davis é considerado um autores de quadrinhos mais criativos de todos os tempos

Duas das obras que foram muito além do público leitor de histórias em quadrinhos estão em pré-venda no Catarse (site de financiamento coletivo) pela Tai Editora. Uma delas é “A Comédia de Jack Davis”, publicada originalmente nas décadas de 50 e 60, na Revista CRACKED Magazine, fundada em 1958, a principal concorrente da Revista MAD nos Estados Unidos.

A outra é “Cazador: Origens”, que conta como tudo começou para esse brutamontes, sua passagem pelas guerras mundiais e sua rivalidade com ícones dos quadrinhos americanos. Essa obra que teve início ainda nos fanzines na década de 1990, e se tornou um sucesso nacional, agradando diversos públicos da época.

Essas duas produções se tornaram tão populares, cada uma a sua época e estilo, uma nos Estados Unidos e a outra na Argentina, que extrapolaram a “bolha do público leitor de quadrinhos”, chamando a atenção de muita gente quando sabiam que algo novo estava sendo publicado.

O prazo para apoiar as duas termina no próximo dia 31 de março.

Jack Davis e a Cracked

Um das principais razões do enorme sucesso Cracked Magazine foi a sua variedade de estilos e a maneira debochada como tratava seus alvos em nome de uma boa sátira, tudo direcionado a programas de TV, esportes, a cultura pop e muito mais.

Jack Davis, além de ter sido um dos fundadores da MAD, foi um dos principais nomes da Cracked, na verdade um dos maiores artistas de quadrinhos de todos os tempos. “A Comédia de Jack Davis” traz um resgate histórico imperdível deste período.

No Brasil, a Cracked virou PANCADA. Publicada pela Editora Abril, a revista iniciou em 1977, pegando carona no sucesso da Mad, capitaneada pelo Ota, na Editora Vecchi. Apesar do vasto material, a Pancada durou 33 números, sendo cancelada em 1980. De lá para cá, nada mais da Cracked foi publicado no Brasil.

As origens

“Cazador: Origens” apresenta todas as histórias do Cazador antes da reformulação feita por Jorge Lucas. É uma história em três partes com muita ação, diversão e resoluções insanas, junto com seu precursor, agora chamado de Hunter.

Seu principal ingrediente é o humor na construção de paródias irreverentes, e trabalhado de tal forma que sempre gerou uma atração que foi muito além do público leitor de histórias em quadrinhos. Outra característica importante é o conteúdo sexual e violento, o que agradou em cheio o público adolescente.

A arte é bem consiste e marcada por influências de Simon Bisley (Lobo), Frank Frazetta (Conan) e outros.

A Comédia de Jack Davis
·Formato: 20,5 x 28 cm
·Páginas: 132
·Capa: Cartão 250g com orelha de 12 cm
·Miolo: Pólen Bold 90g
META ESTENDIDA: CAPA DURA
LINK PARA A CAMPANHA:
https://www.catarse.me/jackdavis

Cazador: Origens
·Formato: 20,5 x 28cm
·Páginas: 256
·12 histórias diferentes
·Capa dura: laminação fosca
·Miolo: Pólen Bold 90g
LINK PARA A CAMPANHA:
https://www.catarse.me/cazador

Marcelo Costa
Jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí com mais de 20 anos de atuação na área, sempre com destaque para área cultural, principalmente no campo das histórias em quadrinhos, cinema e séries.