Não deixe de conferir nosso Podcast!

Depois de assistir ao vídeo do Thiago Ferreira, do Canal e editora Comix Zone, intitulado “Eu quero que a Panini vá à falência”, senti vontade de contribuir com o tema, acrescentando minha opinião. Confesso não ter feito nenhuma pesquisa história antes de começar a escrever esse texto, justamente por acreditar que meus sentimentos, pelo menos neste caso, sejam mais importantes ...

Este será o último Post sobre o assunto. Não porque eu estou cansado de falar sobre ele, mas sim porque eu estou ficando sem imagens de dados. É sério. Bom, deixando minha vida de torador de brita da Nerdpoint de lado, gostaria de falar um pouco sobre como o mercado do RPG tem se encontrado hoje no Brasil, que depois ...

RPG é um jogo estranho. Ele mistura criatividade, teatro, literatura e dados estranhos com números estranhos que nos leva a aventuras ainda mais estranhas. O jogo, para o bem ou para o mal, chamou atenção do público. Foi exatamente com essas palavras que eu terminei a segunda parte dessa série de textos contando a história do RPG no Brasil. E ...

A era de ouro do RPG no Brasil foi grandiosa. Talvez eu possa parecer que estou exagerando ao falar isso, mas não estou. Com editoras lançando material internacional ao mesmo tempo que RPGs nacionais faziam sucesso e eram lançados e analisados, o Hobby definitivamente foi bem popular. Mesmo o HeroQuest e o DragonQuest, que são jogos de tabuleiro com a ...

Uma análise séria sobre o Jogo de Interpretação de Personagens em terras Tupiniquins. Que fique claro, antes sequer de começarmos, que quando eu falo de RPG, não me refiro a Dragon Age, Chrono Trigger nem nenhum Final Fantasy da vida, mas sim ao RPG original. O RPG de mesa. Onde você cria e interpreta seus personagens, joga dados e é somente limitado por ...

Você provavelmente não conhece Birthright, mas a HQ é um sucesso nos EUA e é considerada uma das mais inventivas e diferentes histórias dos últimos anos – tanto é que a obra deve ganhar um filme em breve com produção da Universal (leia mais). O quadrinho ganhou espaço em diversos países, com publicações em locais como França, Itália, Alemanha e Espanha e apesar ...