Não deixe de conferir nosso Podcast!

18 Anos Sem George Harrison

Há exatos 18 anos, no dia 29 de novembro de 2001, partia para o plano espiritual George Harrison. O “beatle quieto”, mestre da slide guitar, morreu após longa batalha contra um câncer diagnosticado em 1997.

Dono de estilo peculiar, Harrison compôs clássicos como “Something”, dita por Frank Sinatra como uma das uma das melhores músicas de amor já escrita, e “Here Comes The Sun”, ainda com os Beatles; e “My Sweet Lord”, “Give Me Love (Give Me Peace on Earth)” e “When We Was Fab”, já em carreira solo, marcando de forma indelével a música pop. Sua trajetória, por sinal, é abordada no documentário “Living In The Material World”, que conta com direção de Martin Scorsese e lançado em 2011.

George é reconhecido também pela proximidade com a cultura e espiritualidade indiana: uma relação iniciada ainda nos anos 1960, após um retiro na Índia com o guru Maharishi Maheshi. Algo espelhado em toda sua produção musical, tanto nos registros lançados com o quarteto de Liverpool quanto nos 12 álbuns lançados ao longo de sua carreira pessoal.

Do icônico disco triplo “All Things Must Pass” ao póstumo “Brainwashed”, selecionei 5 músicas para celebrar sua genialidade:

Isn’t It A Pity

The Light That Has Lighted the World

All Those Years Ago

This Is Love

Stuck Inside a Cloud

Rafael Machado
Parnaibano, leitor inveterado, mad fer it, bonelliano, cinéfilo amador. Contato: rafaelmachado@quintacapa.com.br