Não deixe de conferir nosso Podcast!

Now And Then: A Faixa “Não Autorizada” dos Beatles

A estreia da série documental “The Beatles: Get Back“, na plataforma de streaming Disney+, tem reacendido o interesse do público pelo quarteto de Liverpool. Entretanto, uma história pouco lembrada a respeito do grupo diz respeito a outro projeto, “Anthology“, ocorrido nos anos 1990. Os então integrantes remanescentes da banda, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, reuniram-se para a gravação de um documentário onde relembraram a trajetória do grupo em detalhes. O trabalho foi acompanhado pelo lançamento de três discos, que compilavam raridades de estúdio, registros ao vivo, outtakes, apresentações em programação de rádio, entre outras preciosidades.

A princípio, cada volume viria com uma música inédita dos Beatles, as primeiras a serem apresentadas ao público em mais de duas décadas. Para tanto, a viúva de Lennon, Yoko Ono, entregara fitas cassete com gravações caseiras que o lendário músico deixara antes de sua morte, em 1980. As faixas foram trabalhadas em estúdio pelos demais membros do quarteto, sob a batuta de Jeff Lynne. A primeira delas a vir ao mundo, “Free as a Bird“, lançada em dezembro de 1995, fez um tremendo sucesso. No ano seguinte, foi a vez de “Real Love“. Mas com o lançamento do terceiro e último disco da iniciativa, os fãs foram surpreendidos: não constava nenhum single inédito na lista de faixas.

O que teria acontecido? Pelo o que se sabe, a canção escolhida para encerrar o revival dos Beatles, “Now and Then“, acabou não agradando a todos os envolvidos. Após dois dias de gravações, o resultado foi descartado. O produtor Jeff Lynne comentou numa entrevista que, além de ser a demo mais “inacabada” entre as oferecidas por Yoko, faltando trechos, haveria também um problema técnico que não foi possível solucionar com a tecnologia da época.

Ademais, conforme acertado pelos músicos quando iniciaram as gravações, cada música só seria lançada se houvesse concordância de todos. E George Harrison apresentou forte resistência a “Now and Then”, chegando a chamá-la de “porcaria de lixo”. Entretanto, mesmo que “engavetada”, talvez ela saia como planejado algum dia. Paul McCartney já afirmou em diversas ocasiões que pretende um dia concluí-la, acrescentando trechos novos e, se possível, com a participação de Ringo na bateria. Enquanto aquela que pode ser a última música dos Beatles a ser lançada não vem à luz, é possível conhecer a gravação descartada pelo grupo, realizada em 1995 e que apareceu na internet anos depois. Confira abaixo:

Rafael Machado
Parnaibano, leitor inveterado, mad fer it, bonelliano, cinéfilo amador. Contato: rafaelmachado@quintacapa.com.br