Não deixe de conferir nosso Podcast!

7 curiosidades sobre o Quarteto Fantástico nos quadrinhos

Grupo de heróis pioneiro no mundo dos quadrinhos, o Quarteto Fantástico completa 60 anos em 2021. Eles fizeram sua estreia nas HQs da Marvel em novembro de 1961, pelas mãos e mentes lendárias de Stan Lee e Jack Kirby, e desde então fazem parte da linha de frente da editora, chegando também ao mundo do cinema.

Em mais de meia década, Reed Richards, Sue Storm, Johnny Storm e Ben Grimm integraram incontáveis histórias com seus codinomes: Senhor Fantástico, Mulher Invisível, Tocha Humana e Coisa, respectivamente – mas há muita coisa que nem todos sabem sobre o Quarteto. Listamos abaixo algumas curiosidades sobre eles.

Tocha Humana foi o primeiro “herói” da Marvel

Quarteto Fantástico - Tocha Humana foi o primeiro “herói” da Marvel

22 anos antes do lançamento da edição de estreia de Quarteto Fantástico, em 1939, o Tocha Humana já fazia uma aparição nas HQs da Marvel, e não foi qualquer aparição: ele estrelou o Marvel Comics #1, a primeira grande história de heróis lançada pela então Timely Comics (que mudaria de nome para Marvel anos mais tarde), sendo criado por Carl Burgos. A edição também contou com Namor e Angel.

É verdade que o Tocha Humana em questão não era exatamente o mesmo que conhecemos hoje, afinal, tratava-se de um androide e não era exatamente um herói. Porém, ele certamente foi a inspiração para a criação de Johnny Storm alguns anos mais tarde.

O Quarteto já contratou (e demitiu) Matt Murdock

Quarteto Fantástico - O Quarteto já contratou (e demitiu) Matt Murdock

Não é novidade pra ninguém que alguns heróis dos quadrinhos trabalhem juntos combatendo vilões, mas nem sempre como imaginamos. Em 1964, na 2ª edição da HQ clássica do Demolidor, Matt Murdock foi contratado pelo Quarteto Fantástico como advogado para lidar com o contrato de aluguel da torre do quarteto.

Enquanto fazia seu trabalho, Matt descobriu os planos de Electro de invadir a torre e roubar a fórmula do Senhor Fantástico. Ele foi obrigado a vestir o manto do Demolidor e combater o vilão dentro do prédio. O problema é que esse combate atrasou seu trabalho como advogado, e Murdock acabou sendo demitido pelo Quarteto.

Eles adoram uma jogatina

Quarteto Fantástico - Eles adoram uma jogatina

Entre uma batalha e outra, os super-heróis também encontram algum tempo para diversão – especialmente na jogatina. Assim surgiu a Floating Super-Hero Poker Game, uma série de partidas da modalidade que reuniu diversos personagens ao longo de anos nos quadrinhos da Marvel. O idealizador foi Ben Grimm.

A primeira edição foi um home game de poker na mansão dos Vingadores, no qual O Coisa enfrentou outros personagens como Ms. Marvel, Nick Fury, Wonder Man e outros. Depois, foi a vez da sede do Quarteto Fantástico receber outros super-heróis para uma jogatina, que acabou se repetindo em diversas outras ocasiões nos quadrinhos, quase sempre envolvendo Ben Grimm, um ávido jogador.

O Quarteto já teve outras formações

Quarteto Fantástico - O Quarteto já teve outras formações

Um quarteto tem que ser composto por quatro heróis, certo? Acontece que nem sempre todos os membros originais do grupo estiveram disponíveis por uma razão ou outra – como a gravidez de Sue Storm, a perda de poderes de Ben Grimm e até mesmo a morte de alguns deles nas HQs. Isso abriu espaço para que outros heróis fizessem um “bico” no Quarteto Fantástico.

A primeira contratada foi Crystal, na edição 45 do Quarteto, lançada em dezembro de 1965. Ela substituiu Sue Storm, que estava dando à luz Franklin Richards, o primogênito do Senhor Fantástico e da Mulher Invisível. De lá pra cá, outros heróis também assumiram o posto no grupo, como Medusa, Luke Cage, Mulher-Hulk, Ms. Marvel, Homem-Formiga, Pantera Negra, Tempestade e até o Homem-Aranha.

Já tiveram que “proteger” Adolf Hitler

Quarteto Fantástico - Já tiveram que “proteger” Adolf Hitler

Quando pensamos em vilões do Quarteto Fantástico, os primeiros nomes que vêm à mente certamente são o Doutor Destino, Galactus, Surfista Prateado ou o Aniquilador. Mas existem outros antagonistas que já apareceram nas HQs, incluindo um certo Adolf Hitler. Porém, a história é mais maluca do que pode parecer.

Na edição 292 da HQ, lançada em julho de 1986, o Quarteto voltou no tempo para impedir que Nick Fury assassinasse o líder dos nazistas – o que traria consequências catastróficas para a linha temporal. Na ocasião, a Mulher-Hulk fazia parte da formação, substituindo o Coisa.

Alguns anos antes, na publicação Young Men (1953), Hilter também fez uma aparição nos quadrinhos da Marvel, e acabou morto pelo Tocha Humana em sua versão androide.

Doutor Destino salvou a filha de Reed e Sue

Quarteto Fantástico - Doutor Destino salvou a filha de Reed e Sue

Por falar em vilão, Victor von Doom já esteve em incontáveis batalhas contra o Quarteto – afinal, trata-se do antagonista mais icônico do grupo. No entanto, nem sempre foi assim: o Doutor Destino já trabalhou algumas vezes ao lado de seu rival Reed Richards, como na Fundação Futuro, criada pelo Senhor Fantástico para proteger a humanidade na edição 576 da HQ.

Porém, a mais emblemática “ajuda” de Victor foi no nascimento de Valeria Richards, a filha mais nova de Reed e Sue. Por ter sido concebida na Zona Negativa, a criança quase morreu após o parto, mas acabou sendo salvo pela magia do Doutor Destino. Como recompensa, ele exigiu que o nome da criança fosse Valeria, seu primeiro amor.

Reed Richards é o homem mais inteligente do Universo Marvel

Quarteto Fantástico - Reed Richards é o homem mais inteligente do Universo Marvel

As HQs da Marvel estão repletas de mentes brilhantes, como Bruce Banner, Tony Stark, Hank Pym, Otto Octavius, Hank McCoy e o próprio Victor von Doom. Porém, nenhum deles supera Reed Richards. De acordo com lista divulgada oficialmente pela Marvel, o senhor Fantástico é o homem mais inteligente entre os super-heróis.

Por muito tempo, ele foi o nº 1 da lista no geral, mas acabou sendo superado por uma garota de 9 anos: Lunella Lafayette, a Moon Girl. A “prova dos 9” foi um cubo mágico digital desenvolvido por Bruce Banner que Richards não conseguiu resolver, enquanto Lunella solucionou em poucos segundos.

timEU
Desenvolvedor desse site e de alguns outros. Pai de Valentina e Edgar, duas crianças que me dão uma lavada nos games... Vez ou outra resolvo escrever algo aqui sobre games, música ou tecnologia.