Não deixe de conferir nosso Podcast!

A lenda do cinema Sean Connery morreu

Sean Connery tornando-se uma espécie de marco da cultura pop por seu próprio mérito.
Sir Sean Connery
Reprodução

Sean Connery tornando-se uma espécie de marco da cultura pop por seu próprio mérito.

2020 martela mais uma vez sua sombra, o ano que menospreza a vida, levou mais uma alma para os confins do tempo. De acordo com a BBC News, a lenda do cinema escocês e considerado por todos, o James Bond original, Sir Sean Connery, faleceu esta manhã; ele tinha 90 anos.

Embora ele provavelmente sempre será lembrado por sua representação icônica do famoso agente do MI6 e super espião britânico em sete filmes, Connery é lendário em filmes de alto nível de Hollywood. É comum associar seu nome a papéis complexos nas obras que participou. Notavelmente, os filmes que ele estrelou que assisti foram: A Caçada ao Outubro Vermelho, Indiana Jones e a Última Cruzada, Alcatraz, A Rocha e O Nome da Rosa. Ele também ganhou um Oscar por sua interpretação em 1988 do policial e caçador de mafiosos irlandeses,Jim Malone, que se juntou ao policial Eliot Ness em Os Intocáveis, de Brian de Palma. Que para mim, foi o seu papel mais inesquecível.

As primeiras informações foram fornecidas pelo filho de Connery, ele fala que Sir Sean ficou doente por algum tempo e morreu pacificamente enquanto dormia em sua casa nas Bahamas. Como um defensor permanente da independência da Escócia, Connery é famoso por ter escolhido viver na ilha caribenha, a menos e até que sua Escócia  se separasse oficialmente do Reino Unido.

Connery foi a rara personalidade grandiosa que transcendeu até mesmo os papéis épicos que desempenhou, tornando-se uma espécie de marco da cultura pop por seu próprio mérito. Apesar do desempenho musculoso e longo de Daniel Craig no papel de Bond, Connery continua sendo o ator a carregar a infame licença para matar por mais tempo. Ao voltar para o filme apropriadamente chamado Nunca Mais Outra Vez (Never Say Never Again), de 1983, Connery entrou em sua terceira década como o agente secreto afável, um recorde improvável de ser contestado por décadas.

Nos últimos anos, Connery se retirou dos holofotes, deixando de atuar inteiramente após a adaptação de Alan Moore A Liga Extraordinária de 2003. Embora alguns fãs presumirem que Connery deixou Hollywood como resultado da recepção morna do filme, um dos amigos de longa data do ator e outro ator dramático, Michael Caine, disse ao Telegraph em 2011 que a decisão de Connery de recuar tinha mais a ver com a disposição da indústria para artistas mais velhos.

“A indústria do cinema o aposentou porque ele não queria fazer pequenos papéis sobre velhos”, disse Caine, “e eles não estavam oferecendo a ele nenhum papel jovem em encenações românticas.”

Connery deixa seu filho Jason, sua segunda esposa Micheline Roquebrune e seu irmão mais novo Neil Connery. Ele é o tipo de pessoa que apenas deixa de estar presente. Seu legado é tão imenso que ele nunca vai nos deixar.

Saiba mais, clique aqui.

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.