Não deixe de conferir nosso Podcast!

Anunciaram um cenário de Magic para D&D: E agora?

Após uma suposta “falha” no site da Amazon Brasil, o novo livro de cenário para D&D 5e foi posto em pré-venda antes do momento: Guildmaster’s Guide for Ravnica

Ravnica é um dos planos de “Magic: The Gathering”, e é separado do resto de Dominaria: Ela não pode ser encontrada por outros Planeswalkers (que são um tipo de carta especial no jogo: Personagens que podem viajar entre Planos). Uma única megacidade ocupa toda a superfície do Planeta (como Coruscant em Star Wars), e esta cidade é dominada por 10 guildas. Há 10 milênios atrás, as guildas assinaram um pacto que proibia uma guerra aberta entre si, de maneira a evitar a destruição do planeta (embora este pacto não proíba ataques sutis, como roubos e sabotagens).

ravnica-book-772x1024

Com o suposto “erro” na Amazon ao botar o livro em pré-venda antes do resto do mundo, a reação do público foi mista: Alguns não gostaram tanto da novidade por estarem esperando um Guia de Campanha de cenários mais consagrados (Uma vez que o “Guia da Costa da Espada” de Forgotten Realms acabou sendo um pouco… Decepcionante); já outros abraçaram com firmeza a ideia de um livro de Lore do universo de Magic: The Gathering.

Mas, além de fazer um anúncio, escrevo esta matéria mais como uma reflexão: Magic é uma franquia grande da Wizards of the Coast, e que ainda movimenta relativamente muito dinheiro, quando comparado ao RPG Dungeons & Dragons. A atração mais direta do público de Magic pode trazer certas consequências ao RPG mais antigo do mundo.

Antes, preciso dizer que isso é somente um texto para reflexão: Nada tenho contra a criação de novos cenários, muito menos contra a comunidade de Magic. Mas temo que, caso a Wizards of the Coast perceba que a comunidade de Magic realmente pode movimentar muita grana em relação aos jogadores antigos, um jogo comece a reverberar nas mecânicas do outro numa tentativa de unir as duas comunidades.

AKH_Header_Preloader.jpg

Claro que isso tudo pode também ser uma “previsão apocalíptica” exagerada.

Talvez isso não aconteça de maneira extremamente brusca; como substituir os alinhamentos pelas “cores de aura” dos Decks de Magic; mas certamente a influência do Magic dentro da 5ª Edição está gradativamente crescendo; começando com o lançamento dos PDF’s de outros Planos como Amonkhet, e agora com um livro em mídia física do cenário.

É no mínimo, algo a ser observado. Não quero jogar D&D com cartas de Magic hahahahah

E você? O que acha dessa influência de Magic dentro do RPG mais antigo do mundo? Escreva nos comentários!

PS.: Vocês devem ter notado que os posts de RPG diminuíram um pouco o ritmo, mas não se preocupem, eu e o Bernardo (dono da livraria) estamos pensando em fazer algo bem legal pra vocês num futuro próximo!

John Cavalcante
Cortador de cana na empresa Quinta Capa