Não deixe de conferir nosso Podcast!

Editora Todavia Lança Novo Romance de Cristovão Tezza, “A Tensão Superficial do Tempo”

Uma das vozes mais relevantes da literatura brasileira contemporânea, Cristovão Tezza lança, pela editora Todavia, seu novo trabalho, “A Tensão Superficial do Tempo”.

Aqui, temos como protagonista Cândido, um especialista em piratear filmes na internet. Ele conhece os formatos dos arquivos, os fóruns onde encontrá-los e os grupos amadores que os legendam. Só de bater o olho, já sabe se é uma cópia mal gravada num cinema ou um tesouro em alta resolução.

Sua coleção de milhares de filmes é meticulosamente organizada, num sistema infalível de pastas e HDs e nomes. A ocupação de pirateiro, no entanto, é quase acidental, e os filmes servem para alimentar sua mãe, com quem o químico de quase quarenta anos mora desde que se separou. É para a mãe que ele entrega os pen drives com dramas asiáticos, comédias francesas, mistérios, romances. E é com ele que a mãe comenta cada um dos filmes no apartamento que dividem em Curitiba.

A atividade oficial de Cândido é dar aulas de química em um cursinho, onde ele tem uma participação societária. Curitiba ainda vive sob os efeitos das operações policiais e do judiciário que colocaram a cidade no centro da crise política que assola o país, efeitos que Cândido sente no seu dia a dia.

É a professora bolsonarista com quem toma café num intervalo entre as aulas, são as constantes discussões que dividem amigos, famílias e colegas de trabalho. É o procurador federal, enfiado até o pescoço nas investigações, e a mulher dele, Antônia, com quem Cândido tem um caso. Sentado em um banco de parque, sem dar notícias há dias, Cândido vê todas essas pontas se encontrarem e se desenrolarem: o fim amargo do antigo casamento, as pretensões profissionais esmagadas, o novo afeto negado, a vida que se dissolve num caldo de guerra política e social.

Em “A Tensão Superficial do Tempo”, Cristovão Tezza usa o momento recente do país para investigar os pontos de contato entre público e privado, entre política e intimidade, entre desejo e solidão. O romance traz 272 páginas, ao preço sugerido de R$ 64,90.

 

Rafael Machado
Parnaibano, leitor inveterado, mad fer it, bonelliano, cinéfilo amador. Contato: rafaelmachado@quintacapa.com.br