Quinta, 29 De Novembro De 2018

Anuncie Aqui!

Como salvar o mercado de livros no Brasil?

Lançamos a campanha #livrononatal

 

Quem dera eu soubesse responder a essa pergunta. Sair dessa situação de crise não é simples, pois estamos diante de um cenário aterrador onde assistimos grandes editoras e distribuidoras cancelando títulos e serviços, bancas de jornais e as maiores livrarias do Brasil fechando as portas e pedindo recuperação judicial, por consequência disto, inúmeros funcionários sendo demitidos e o inevitável enfraquecimento do setor.

Apesar de tudo isso que vimos se desenrolar ao longo de 2018, ou mesmo desde antes de 2017, alguns números recentes apresentarem um aquecimento nas vendas, tendo como base a análise dos dados desta última Black Friday: houve um aumento de 4,7% nas vendas no período de 20 a 24 de novembro (comparados com a semana do evento de 2017, que foi de 19 a 23 de novembro).

É verdade que, considerando minha modesta gaveta e meu desajustado controle de caixa aqui na livraria Quinta Capa Quadrinhos, percebo que houve um aumento de 23,84% em se comparando as vendas de novembro de 2018 com o mesmo período do ano passado, fruto de uma campanha de descontos como nunca havia feito antes nos 8 anos desde que abri a livraria. Entretanto, a realidade é bem mais dramática.

Fazendo minhas regrinhas de 3, descobri que, levando em conta a comparação do período de janeiro a novembro de 2017 com o do atual ano, houve uma diminuição de 19,64% no número total de vendas. Ou seja, esse aumento específico no mês de outubro não reproduz o ano inteiro de queda-livre nas vendas. E a situação só fica mais crítica quando comparamos com os anos anteriores.

Traçando um comparativo entre as vendas do período de janeiro a novembro de 2018 com 2016, a queda nas vendas foi de 49,17%. Com 2015, a queda nas vendas de 2018, foi de 54,6%. Imaginem quantas empresas podem se manter funcionando quando veem sua receita bruta reduzida a mais da metade em uma escadinha decrescente por 3 anos consecutivos!

Esses números são apenas para ilustrar a carta aberta que Luiz Schwarcz, editor da Cia das Letras, publicou recentemente. Ele disse que passou por um dos piores momentos de sua vida pessoal e profissional quando, pela primeira vez em 32 anos, teve que demitir seis funcionários que faziam parte da editora. A situação é tão complicada, que o tom do seu texto é de um apelo triste, mas esperançoso, de que todos nós podemos fazer algo para melhorar um pouco essa situação. E é muito simples: presenteie alguém neste natal com um livro! Compre livros! Dê preferência para aquisição em lojas físicas, em pequenas livrarias (como a nossa Quinta Capa). É claro que isso não irá salvar o mercado de quadrinhos no Brasil, mas já dá um suspiro reconfortante.

Pensando nisso, inspirados pela carta de Luiz Schwarcz, o canal Papo Quadrinhos e Participações (PQP), em parceria com nosso site, lançamos a hashtag #livrononatal e fizemos um vídeo. Compartilhe essa ideia! Presenteie com livros ou gibis, tire fotos e coloque a hashtag para tornarmos o mercado livreiro no Brasil menos vermelho neste natal.

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: