Não deixe de conferir nosso Podcast!

Crítica | A Killer Paradox é Colossal

Resenha sem spoiler de um dos melhores acertos da Netflix em 2024, assista A Killer Paradox!

A Killer Paradox
Netflix

Resenha sem spoiler de um dos melhores acertos da Netflix em 2024, assista A Killer Paradox!

Olá a todos, estou de volta novamente. Já fui e voltei diversas vezes nos últimos meses, mas estou com problemas para conseguir postar e até mesmo escrever meus roteiros.

Nos últimos meses assisti diversos dramas coreanos, claro, mas A Killer Paradox simplesmente não consegui parar de assistir até terminar.

Como é um drama policial com bastante plot, serei o mais sucinto possível, baseado principalmente no que se assiste no trailer sem estragar a experiência de que ainda não assistiu essa obra prima de suspense policial. E digo mais, talvez um dos melhores do gênero em 2024. É baseado na webtoon homônima de 2010, considerada uma das mais elogiadas daquele ano.

A história é sobre o jovem Lee Tang e de como ele saiu de um preguiçoso que nunca acertou na vida até se tornar o principal suspeito de diversos assassinatos em série na Coreia. Quem interpreta Lee Tang é o ator Choi Woo-shik (Parasite). A Killer Paradox mistura suspense policial, thriller e uma dose bizarra de comédia, já que Lee Tang só toma as decisões mais incorretas possíveis,  para quem não sabe, o lançamento do drama – 9 de fevereiro – parou a Coreia do Sul.

 A narrativa quebra um pouco o paradigma do gênero quando Lee Tang acidentalmente mata um serial killer, desencadeando uma cadeia de acontecimentos nos seus oito episódios de uma de duração. É uma experiência única e até divertida de assistir. Partindo do princípio da imprevisibilidade, ao descobrir o histórico de sua vítima, Tange tem uma revelação: ele tem o poder de identificar assassinos que estão soltos na sociedades, acreditando que suas ações são justificadas.

LEIA TAMBÉM:  Resenha: A Guerra dos Mundos (Dobbs & Vicente Cifuentes)

Do outro lado da mesa está nada menos que Son Suk-ku como Jang Nan-gam: detetive que persegue Lee Tang. Son Suk-ku é o ator mais prestigiado do momento da Coreia, principalmente por causa de seus papéis densos, o cara é uma máquina de fazer personagens incrível e foi um dos motivos de eu esperar ansiosamente para assistir A Killer Paradox. O drama glorifica o assassinato? É uma ficção e qualquer coisa escrita nessa premissa pode ir o mais profundo que a mente humana consegue suportar. Tanto Choi quanto Son fazem papéis memoráveis. 

Baseado na premissa clássica do policial perseguindo o assassino, A Killer Paradox potencializa mais essa narrativa, já que ela permanece incerta por todos os oitos episódios do drama. Porém, as profundidade dos protagonistas e seus motivos são bem escritos e lhe pegam nos primeiros cinco minutos do episódio 1.

A direção do drama ficou a cargo do promissor e criativo Lee Chang-hee. A linguagem que o diretor aborda: tristeza, desespero e alegria é uma aula de direção. O cara fez um trabalho incrível, a edição, enquadramento e fotografia são inacreditáveis.

A Killer Paradox tem uma história cativante, um dos melhores produtos que a Netflix lançou da Coreia até o momento. Recomendo sem medo!

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.