Não deixe de conferir nosso Podcast!

Milady 3000, a condessa da contra espionagem galáctica

Magnus mistura influências orientais, artes marciais e o quadrinhos tradicionais de ficção-científica, como um domínio total do claro-escuro

O encantamento da ficção cientifica sempre foi umas marcas fortes dos quadrinhos europeus. E quando apresentada através da bela arte de Magnus, um dos maiores artistas da nona arte na Itália, dono de um traço requintado e elegante, fica ainda mais atraente. É o que podemos ver, por exemplo, em Milady 3000, publicado no Brasil pela Tai Editora.

Em Milady 3000, criação do início dos anos 80, inspirada em clássicos como Star Wars, Magnus recria um universo espacial aristocrático e decadente, onde estão as intrigas e os hábitos corruptos de uma corte convivendo com estranhos valores morais dos personagens, tudo isso em meio à uma guerra intergaláctica.

Milady é Paulonia Romana, uma condessa da dinastia imperial Zumo. Assim como Coronel Imperial, ostentando uma aparente segurança, atua em um contexto onde não existem extraterrestres ou monstros alienígenas, mas em um mundo em que o homem alcançou o controle absoluto do universo com ciborgues e as mais sofisticadas máquinas.

Nesta obra, Magnus mistura influências orientais, artes marciais e o quadrinhos tradicionais de ficção-científica, como um domínio total do claro-escuro. São cinco aventuras lideradas por Paulonia, apoiada por seu protetor UER.

Milady 3000 foi publicada na Itália, em episódios na revista Il Mago ( Mondadori, 1980). No mesmo ano a série foi publicada na França, nas páginas da Metal Hurlant. Nos Estados Unidos, todos os episódios foram reimpressos em cores, na revista Heavy Metal. Em 1985, foi reeditada pela Glittering Images na Bélgica pela Ansaldi (1986) e voltou a ser publicada na Itália pela Glènat Italia. Em 2009, a RCS Rizzoli-Lizard publica Milady 3000.

 

O autor

Magnus é o pseudônimo de Roberto Raviola, nascido em 1939, em Bolonha (Itália). O nome artístico Magnus surgiu da expressão em latim “Magnus Pictor Fecit”, traduzindo: Um Grande Pintor Fez.  Sua trajetória nos quadrinhos iniciou junto com a parceria com o escritor Luciano Secchi, também conhecido como Max Bunker. Entre os personagens mais famosos da dupla estão “Kriminal”, “Satanik” e “Alan Ford”, publicados em formato pocket (livros de bolso) pela Editoriale Corno.

Nos anos 80, Magnus embarcou fundo na ficção científica para criar “Milady 3000” e “Necron”. Em Milady, ele mistura cultura chinesa, influências de Flash Gordon e Star Wars, erotismo e fantasia de forma magistral.

Serviço:

Milady 3000 (Tai Editora)

Autor: Magnus

Gênero: Ficção-científica

Formato: 20,5 x 28 cm

Número de páginas: 96 (32 páginas coloridas)

Lombada: Quadrada

Tipo de capa: Dura

Faixa etária: 16 anos

Preço: R$ 79,90

Onde encontrar: https://www.taicreative.com.br/product-page/milady3000

Marcelo Costa
Jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí com mais de 20 anos de atuação na área, sempre com destaque para área cultural, principalmente no campo das histórias em quadrinhos, cinema e séries.