Não deixe de conferir nosso Podcast!

Resenha | A.C.T. – Rebirth (2019)

A.C.T. - Rebirth

A.C.T.? Que banda é essa? OK, vamos supor que você chegou de paraquedas e por incrível que pareça, apesar de fã de prog rock/metal, não conhece essa que é uma das melhores bandas do(s) gênero(s).

A.C.T. é uma banda de Rock/Metal Progressivo sueca que faz um som único com melodias que soam bem positivas, em sua maioria, apesar de trazer letras que tratam de assuntos filosóficos, emocionais e da natureza humana.

Ainda falando sobre a sonoridade da banda, apesar de terem o próprio estilo, em alguns casos conseguimos notar influências de alguns nomezinhos que talvez você não conheça também como Rush, Queen, Dream Theater, Genesis ou até um pedacinho de reggae para deixar o som ainda mais único.

E aí, já é o suficiente para você dar o play? Não?! Então vamos falar um pouco sobre o próximo trabalho da banda que deve ser lançado dia 29/03/2019.

Se você já conhece a banda as primeiras faixas vão soar bem familiar marcando o estilo da banda porém a partir da terceira faixa é que as novidades começam. A terceira faixa “Digital Affair” tem um elemento que foge da rotina dos álbuns anteriores trazendo um som mais “robótico” porém o refrão ainda mostra o clássico A.C.T.

Algo que me chama bastante atenção para a quarta faixa “Meet the Past” é que a música inicia bem otimista e feliz mas lá no fundo, bem no fundinho, me lembra, de certo modo, Belle & Sebastian que traz letras muitas vezes profundas e emocionais com uma melodia alegre. No caso do A.C.T. temos aí uma música bem pra cima e introspectiva ao mesmo tempo.

A última faixa do trabalho “A Broken Trust” logo no primeiro riff me lembra (e muito) Pain of Salvation mas logo depois traz o vocal inconfundível de Herman Saming mas um pouco mais agressiva do que estamos acostumados.

No geral o EP é para ser apreciado, como a maioria dos grandes álbuns de Prog Metal, em várias audições. A cada vez que uma faixa é executada um novo elemento surge trazendo ainda mais brilho. O trabalho de harmonização vocal é muito bem feito lembrando em vários momentos o que o Queen costumava fazer. Não há exagero de solos de guitarra ou teclado como estamos acostumados a ouvir principalmente nos últimos anos vide DT, o que há é uma sinergia absoluta. A famosa “cozinha” traz alguns pontos inesperados como a força dos graves do baixo muito presente em todas as faixas (ouçam em um som de qualidade!) e detalhes na bateria que, apesar de ter uma linha bem direta, não perde a força e a cada vez que ouvimos cada uma das faixas parece que há um componente novo sendo tocado!

Para os fãs mais um grande álbum do A.C.T. está por vir. Para quem não conhece, ouçam qualquer um dos álbuns da banda sem medo que não vão se decepcionar!

A.C.T. – Rebirth

Tempo: 50:58

Data do Lançamento: 29 de Março de 2019 (mídia física) / 24 de Abril de 2019 (digital)

Website

Facebook

timEU
Desenvolvedor desse site e de alguns outros. Pai de Valentina e Edgar, duas crianças que me dão uma lavada nos games... Vez ou outra resolvo escrever algo aqui sobre games, música ou tecnologia.