Não deixe de conferir nosso Podcast!

Alguns detalhes que precisa saber sobre A Roda do Tempo depois do trailer

A Roda do Tempo
Amazon Studios

Entenda algumas cenas e personagens que apareceram no primeiro trailer de A Roda do Tempo da Amazon Studios.

Quando se trata da série de romances de fantasia mais popular de todos os tempos, muitas pessoas pensam primeiro em “O Senhor dos Anéis” e “Harry Potter”. No entanto, outro título merece estar entre essas categorias e, graças à adaptação da Amazon, mais pessoas que não sabiam de sua existência finalmente poderão conhecer o majestoso “A Roda do Tempo.

Com 16 volumes oficiais, os livros venderam mais de 90 milhões de cópias em todo o mundo (via The Hollywood Reporter). Esse número tende a aumentar assim que a primeira adaptação live-action da série for lançada no Amazon Prime Video em 19 de novembro. O primeiro teaser trailer promete para quem assiste uma aventura épica cheia de monstros, magia e caos.  Ao mesmo tempo, pela quantidade de coisas que se assiste nele, parece ser uma adaptação muito próxima da obra original. A expectativa que estavam altas, foram para a estratosfera.

O trailer pode ter apenas dois minutos de duração, porém mostra muitos pontos da trama que os fãs da obra ficaram maravilhados e emocionados. Como muita gente ainda não conhece A Roda do Tempo, aqui estão alguns detalhes preciosos que saíram no trailer que você gostará de saber.

Lewis Therin?

 

Lewis Therin

Muitas imagens  reveladoras aparecem ao longo do trailer que provavelmente não significam nada para as pessoas que não leram os livros e, porém é importante explicar algumas coisas e a primeira delas é: Lewis Therins (Lêr-se LOOZ THEH-rihn).

Ele aparece logo nos primeiros segundos do trailer, onde você notará um homem chorando, enquanto leva um objeto dourado até sua boca. Baseados nos livros, esse homem é sem sombra de dúvida Lews Therin Telamon. 

No livro “O Olho do Mundo” o primeiro da Saga a Roda do Tempo, 3.000 anos antes do início dos eventos da história principal, Lews Therin foi um Aes Sedai homem e, portanto, um portador da metade masculina da Fonte Verdadeira, conhecida como saidin. Mas o poder que ele acumulou foi tão imenso na luta contra o Tenebroso que todos homens Aes Sedai a partir daquele momento não poderiam mais utilizar o Poder Único. O objeto que ele está beijando é um anel com a serpente dourada, o símbolo Aes Sedai. Quando a história começa, não há mais Aes Sedai masculinos. Eu explico isso bem didaticamente aqui caso ficou confuso com os nomes:

Tudo que você precisa saber, por enquanto, sobre a A Roda do Tempo

Nessa batalha contra as trevas,milênios atrás, Lews Therin e seu grupo de canalizadores selaram o Dark One (A fonte primal das forças da trevas) numa prisão em Shayol Ghul, encerrando assim a Guerra do Poder. No momento do selamento, no entanto, o Dark One a.k.a Tenebroso contra-ataca, colocando sua mácula maligna sobre Lewis e seus companheiros. Depois disso, qualquer homem nascido com a habilidade de tocar a Fonte Verdadeira ( a força que gira a Roda do Tempo) está condenado a enlouquecer e destruir tudo e todos ao seu redor. O próprio Lews Therin enlouquece e acaba matando toda sua família, entendeu porque ele está chorando na cena?

Mas pode ser apenas um Guardião? Claro que pode, mas o que é um Guardião na “Roda do Tempo”? São guerreiros escolhidos por uma Aes Sedai para serem seus defensores enquanto lutam com as forças da trevas. O Guardião e uma Aes Sedai criam um vínculo mágico que será desfeito apenas quando um dos dois morrer. Normalmente uma Aes Sedai só escolhe um Guardião para fazer esse vínculo. Mas por enquanto, aposto que é o Lewis Therin. Se não for, venham me bater aqui em novembro.

Egwene e todas as cores da Aes Sedai

Egwene

 

Por volta de 0:22, há uma cena em que uma mulher surge da água, listrada com diversas cores. A personagem aqui é Egwene al’Vere, interpretada por Madeleine Madden. Egwene é uma moradora do Campo de Emond, da área de Dois Rios, que partiu com mais quatro jovens com a Aes Sedai Moiraine (Rosamund Pike), para a grande batalha da luz contra as trevas, dando início à ação da história. Embora curta, esta imagem em particular oferece um prenúncio visual bastante intenso. Em “O Olho do Mundo”, é logo descoberto que Egwene pode canalizar a metade feminina da Fonte Verdadeira – saidar – e, de fato, ela terá um futuro grandioso e poderoso como uma Aes Sedai.

Na mitologia de “A Roda do Tempo”, as mulheres com a habilidade de tocar a Fonte Verdadeira vão a Tar Valon, onde se localiza a Torre Branca, para aprender a usar seus poderes. Uma vez que são elevados do nível de “Novato” ou “Aceito” para Aes Sedai completa, eles escolhem se juntar a um “Ajah”, que é representado por cores diferentes. Cada Ajah é designado a uma função específica dentro da Torre. Nos livros, Egwene escolhe a Ordem das Ajah Verde, também conhecidas como as Aes Sedai de batalha, em parte porque os verdes podem “se unir” a quantos Guardiões quiserem e são as únicas Aes Sedai que gostam de romances.

Mas ela está saindo da água com diversas cores no rosto seria estragar as surpresas que a série e os livros contam para quem ainda não leu ou assistirá a primeira temporada em Novembro.

O Salão da Torre

 

Salão da Torre

 

Depois de muita especulação, finalmente conseguimos ver com clareza as profundezas da Torre Branca. É aqui em Tar Valon que as Aes Sedai estudam e desenvolvem seus dons, e é onde dois das personagens originais dos Dois Rios – Egwene e Nynaeve al’Meara (Zoe Robins) – vêm para encontrar seus destinos depois que Moiraine, também uma Aes Sedai, descobre suas habilidades latentes. 

No centro, temos pela primeira vez na tela Siuan Sanche (Sophie Okonedo), a atual líder das Aes Sedai, chamada de Trono de Amyrlin. Ela está vestida de azul, porque pertence a ordem das Ajah Azul. Porém, quando foi elevada ao Trono de Amyrlin, Siuan se torna a representante de todas as cores (ordem) das Aes Sedai.

Fiquem de olho em Siuan Sanche. Para mim, é uma das personagens mais incríveis da literatura fantástica já criada.

Liandrin, líder da Ajah Vermelha

 

Liadrin

Quase um minuto de trailer, é mostrado várias mulheres vestidas de Vermelho. Todas essas são Aes Sedai da Ajah Vermelha. No cânone de “A Roda do Tempo”, a Ajah Vermelha é responsável por caçar homens que podem canalizar O Poder Único.. Por causa da mácula do Tenebroso no lado masculino do Poder Único, o saidin, os homens que canalizam tendem a enlouquecer depois de atingir a maioridade. Isso os torna muito perigosos e poderosos. Ao acalmar esses homens, a Ajah Vermelha corta sua conexão com a Fonte Verdadeira, evitando a loucura, muitas vezes resultando na morte prematura do canalizador masculino. Geralmente, várias Aes Sedai são necessárias para cortar essa conexão, e é por isso que um grupo de mulheres – especialmente vestindo vermelho – é uma coisa perigosa no mundo de “A Roda do Tempo”.

Entre essas mulheres está Liandrin (Kate Fleetwood), que se torna uma das principais antagonistas (mortais) da série desde o início e você vai adorar odiá-la.

Perrin e os Lobos

Perrin

 

Por volta do minuto 1:07, se assiste um homem interagindo com um lobo de aparência cruel. O estranho é – ele não parece muito incomodado com isso. Isso porque esse homem é Perrin Aybara (Marcus Rutherford), também morador do Campo de Emond, ele possui praticamente uma habilidade única em toda a série de livros de “A Roda do Tempo”. No primeiro volume da série, ele descobre que é na verdade um irmão lobo, possuidor de um antigo poder que confunde até mesmo a mais erudita Aes Sedai.

Esses indivíduos têm sentidos aguçados, muito parecidos com os próprios lobos. Eles também são capazes de se transformar em lobos enquanto sonham, e no mundo desperto eles podem comandar outros lobos para a batalha e se comunicar com eles a grandes distâncias. Vendo o quão confuso Perrin aparece na cena, presumirmos que ele apenas recentemente aprendeu sobre seus poderes. Ele é lento para abraçar essa habilidade misteriosa definida nos livros, mas seus poderes desempenham um papel crucial no confronto apocalíptico da série.

Irmãos-lobos são poucos e distantes entre si nos romances. Além de Perrin, os únicos outros homens que têm esse poder são Noam e Elyas Machera, mas provavelmente você aprenderá mais sobre os dois em tempo útil.

Os Tuatha’an

Thuanan

 

Os fãs de “A Roda do Tempo” sabem que os Tuatha’an (Ler-se too-AH-thah-AHN) – ou Pessoas Viajantes – são propensos a ataques violentos devido à sua natureza pacifista. Seu código de honra, O Caminho da Folha, é explicado por um ex-membro como, “A folha vive seu tempo determinado e não luta contra o vento que a carrega. A folha não faz mal e, finalmente, cai para nutrir novas folhas. Assim deve ser com todos os homens. E mulheres. “

Infelizmente para o grupo nômade, um momento no trailer implica que uma alegre dança Tuatha’an pode se tornar mortal. Na cena do trailer, eles dançam em uma formação circular concêntrica com as mãos entrelaçadas, movendo-se para frente e para trás enquanto uma pequena multidão observa. Em seguida, o trailer rapidamente corta da celebração para uma tomada assustadoramente semelhante de outro círculo concêntrico, mas desta vez é feito de corpos cobertos por lençóis brancos com marcações vermelhas em seus peitos.

Um pequeno grupo de viajantes Tuatha’an encapuzados está de pé no centro com as mãos cruzadas. Ainda não está claro o que aconteceu, mas como aprendemos em “Midsommar”, até o mais inócuo dos círculos de dança pode ser perigoso.

Trollocs foram finalmente vistos…quer dizer… quase

Trolloc

 

Os Trollocs são uma horrível mistura genética de humanos e animais selvagens. As criaturas feitas “em laboratório” foram cruzadas para causar estragos e são essencialmente os soldados do Tenebroso. Eles surgiram e invadiram as cidades livres pela primeira vez durante a Guerra de Poder, e ressurgiram durante as Guerras Trolloc apropriadamente chamadas, embora no momento em que os eventos do primeiro livro acontecem, eles raramente são avistados fora das Terras Fronteiriças.

Claro, seu tamanho sinistro e aparência monstruosa são assustadores o suficiente, mas essas máquinas assassinas quiméricas também são capazes de se comunicar e coordenar – frequentemente com a ajuda de um Myrddraal. Embora a primeira olhada nas criaturas notoriamente sádicas não revele muito, elas são mostradas em confronto com os personagens principais em Dois Rios – uma cena icônica de “O Olho do Mundo”.

Criatura com dentes afiados

 

Perto do final do trailer, temos um breve vislumbre de uma criatura aterrorizante encapuzada sem olhos  e uma boca cheia de dentes afiados. Em “A Roda do Tempo” eles são  um Myrddraal, mas dependendo do dialeto regional eles têm outros nomes. Esses seres sinistros são criaturas das sombras mais evoluídos do que os Trollocs e costumam servir como comandantes de batalha em nome do Escuro.

Em “O Olho do Mundo”, um Myrddraal persegue Rand (Josha Stradowski), Perrin e Mat (Barney Harris) logo no início, antes de eventualmente liderar um ataque ao Campo de Emond, onde os personagens principais residem. O Myrddraal está determinado a capturar os meninos e perseguir sua fuga dos Dois Rios por todo o Reino de Andor. Diz-se que seu olhar sem olhos induz um medo paralisante em suas vítimas e, a partir desse primeiro vislumbre, não temos dúvidas de que seja esse o caso.

Em suma, parece ser uma adaptação fiel e de tirar o fôlego, e isso é uma notícia muito boa.

Por enquanto isso aqui está suficiente. Agora volte e veja novamente o trailer.

Lembrando que a editora Intrínseca lançou reimpressão dos seis livros e já está em pré-venda junto a “Uma coroa de espadas”, 7º volume da saga.

O primeiro livro, “O olho do mundo” ganhou uma sobrecapa inspirada na série da Amazon e também está disponível em uma edição com brinde, confira.

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.