Não deixe de conferir nosso Podcast!

Carlos Ruas consegue brincar com Deus de forma divertida e sem polêmicas

Carlos Ruas chegou a arrecadar R$ 280 mil em um projeto pelo Catarse, um recorde entre produções nerds

A primeira impressão que tive ao ver a capa da publicação inicial de Carlos Ruas, “Deus por trás das câmeras”, da série Um Sábado Qualquer, foi: “esse desenhista quer fazer sucesso causando polêmica”, afinal de contas colocar Deus como um personagem principal de historinhas de humor não pode ter outro objetivo.

Só que, felizmente, eu estava errado… na verdade, estava muito errado!!! E isso me impressionou ainda mais. Só com muita genialidade é possível evitar temas pesados falando de Deus, não atacar ninguém e nenhuma religião, e mais ainda, ser muito… muito divertido. Obviamente sempre vai ter um ou outro apaixonado por polêmicas e que adora chamar atenção por qualquer motivo que vai acabar apontando alguma coisa. Mas certamente estará forçando muito a barra.

A forma como Carlos Ruas brinca com temas como a criação do mundo, do homem, da mulher, o papa, como ele trata até o diabo (Luciraldo) é tão inteligente que praticamente não deixa margens para haters de plantão. Não é à toa que esse material conquistou o Prêmio HQMIX de Melhor Web Tiras e teve mais de 2 milhões de leitores no Facebook.

O autor

Além de Um Sábado Qualquer, Carlos Ruas é criador também de Mundo Avesso e Cães e Gatos. Nasceu em 1985, na cidade de Niterói – RJ e, desde cedo, demonstrou interesse e talento para o desenho. Graduou-se em design gráfico e trabalhou em uma produtora cultural enquanto lançava em 2009, nas redes sociais, o USQ.

Em 2011, o “Um Sábado Qualquer” foi um blogs de quadrinhos mais acessados do país, conquistando um público diversificado e aberto à reflexão. Participou do livro em homenagem a Maurício Souza, “MSP novos 50”.

LEIA TAMBÉM:  Dica de Leitura | Injustiça: Ano Zero (Taylor, Tormey & Antônio)

Tem sete livros publicados, tanto por editoras, quanto por financiamento coletivo. Seu 4° livro, “A infância de Cristo”, arrecadou R$ 280 mil na plataforma Catarse, batendo o recorde de maior arrecadação nerd. Ao todo, lançou seis campanhas na plataforma, entre livros e produtos como pantufas e pelúcias – todos viabilizadas pelo apoio de antigos e novos fãs. Atualmente, o USQ possui 2,7 milhões de seguidores no Facebook, 663 mil no Instagram e 60 mil no Twitter.

Jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí com mais de 20 anos de atuação na área, sempre com destaque para área cultural, principalmente no campo das histórias em quadrinhos, cinema e séries.