Não deixe de conferir nosso Podcast!

Crítica | A terceira temporada de The Umbrella Academy continua estranha, louca e divertida

Resenha crítica sem spoilers aparente da terceira temporada de The Umbrella Academy. confira!
The Umbrella 3
Reprodução

Resenha crítica sem spoilers aparente da terceira temporada de The Umbrella Academy. confira!

A terceira temporada de The Umbrella Academy ficou eclipsada por estrear muito próxima da também terceira temporada do bombástico The Boys e a quarta enlouquecedora temporada de Stranger Things. O Buzz nas redes sociais em torno dela foi um pouco menor que as séries comentadas acima. Mas isso quer dizer que está ruim? Nem de longe!!

Ainda assim, The Umbrella Academy continua sendo uma das melhores séries e a única da Netflix de super-heróis que conseguiu até agora cativar os espectadores. As duas primeiras temporadas receberam críticas incríveis e elogiosas por seus efeitos visuais e narrativa envolvente. No entanto, o final da segunda temporada deixou espaço para um horizonte de possibilidades para o planejamento dos seus criadores..

Na terceira temporada de The Umbrella Academy, os irmãos Hargreeves se encontram em uma situação que os vem acompanhando desde a primeira: o fim do mundo. Depois de parar o apocalipse duas vezes, a equipe chegou em 2019 e pensaram que finalmente as coisas estavam em equilíbrio. Mas eles logo perceberam que algo não estava certo e dessa vez a coisa era muito pior do que imaginavam. Eles ficam sabendo que tudo mudou nesta linha do tempo e Reginald Hargreeves ainda está vivo. E o pior, ele formou uma equipe de super-heróis chamada Sparrow Academy, tão poderosos quanto a Umbrella Academy. Além disso, Ben está vivo.

Para deixar mais confuso, os irmãos guarda-chuva descobrem que a história de suas mães não é igual a linha do tempo original que vieram. Na verdade, as crianças dessa nova linha do tempo foram escolhidas e transformadas em máquinas de combate contra o crime com super poderes. Por outro lado, um paradoxo causado por eles está pronto para trazer mais caos à vida de todos. O bagulho é louco, galere!

Steve Blackman (o criador da série para a Netflix) e seus produtores fizeram um ótimo trabalho ao colocar a Sparrow Academy contra os Umbrellas e as sequências de abertura estabelecem perfeitamente as bases para coisas épicas que se desenrolam nos dez episódios da temporada. Eles não tiveram medo de deixar a narrativa mais sombria do que as temporadas anteriores, mas nunca perdendo o lado humorístico e sem noção que se espera da história. Mesmo que o enredo seja bastante simples, as ações de nossos personagens principais o tornam um pouco mais complicado.

The Umbrella Academy é divertida e única, ela tem um elenco de atores sem precedentes. Eles são as grandes jóias da série. Desde a primeira temporada, os personagens têm sido uma das principais razões do enorme sucesso e a terceira temporada não é diferente. As histórias são mais emocionantes do que nunca e você se apaixona por eles novamente à medida que a temporada avança. Els ficam sabendo muito mais sobre seus poderes e história. Por exemplo, vemos Luther (Tom Hopper) se apaixonando de verdade, enquanto Allison (Emmy Raver-Lampman) está em conflito consigo mesma e continua a se confrontar com o fato de que essa linha do tempo é diferente e que não existe mais sua filha e marido que deixou no passado.

No entanto, a temporada pertence a Viktor Hargreeves (Elliot Page), que está se esforçando para manter os irmãos juntos. Não é fácil para grandes projetos como  The Umbrella Academy mostrar a transição de mulher para homem de forma eficaz, mas a série faz isso perfeitamente e a transição parece tão orgânica que você nem consegue imaginar que ele começou como um personagem feminino. 

The Umbrella Academy 3
The Umbrella Academy. Netflix © 2022

Além dos guarda-chuvas, a Sparrow Academy também é fascinante à sua maneira. Ben (Justin H. Min) e Sloane (Genesis Rodriguez, nome mais legal que eu já vi) são, sem dúvida, os personagens de destaque da equipe de Pardais.

Quando se trata de atuar, Elliot Page governa a temporada com uma performance que certamente será notada durante a temporada de premiações, apesar da peruca horrível que deram para ele. Por outro lado, Aidan Gallagher provou mais uma vez por que ele não deveria ser visto apenas em The Umbrella Academy. Esse jovem ator tem o talento para liderar um filme e espero vê-lo fazendo o mesmo em um futuro próximo. Emmy Raver-Lampman finalmente conseguiu o que merecia e seu papel é muito mais dramático do que as temporadas anteriores. Ela faz jus ao seu enredo.

Robert Sheehan como Klaus dispensa apresentações.Mas ainda acho o arco do Diego (David Castañeda) e Lila (Ritu Arya) ainda não pegou, mesmo com o terrível, no sentido de ser incrível, ator mirim Javon Walton, fazendo o filho dos dois.

The Umbrella 3
Netflx

Em suma, a terceira temporada de The Umbrella Academy continua a nos entreter, mesmo quando tem um vilão tão na cara. O roteiro e a direção da série são excelentes, com arcos mais emocionais entre todo o elenco principal, dando uma profundidade adicional. Contar mais do que isso sobre a série faria quem não assistiu ficar muito indignado comigo novamente!

A terceira temporada de The Umbrella Academy é uma adição digna de uma série que é louca, estranha e muito divertida.

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.