Não deixe de conferir nosso Podcast!

Dica de leitura: Batman- A Maldição do Cavaleiro Branco nº 1.

Continuação de Batman: o cavaleiro branco, Batman: a maldição do cavaleiro branco é uma das edições mais aguardadas do início do ano de 2020, e não deixa a desejar.

Coringa sentado
O Coringa, de volta ao seu estado insano, volta a maquinar para destruir as estruturas de Gotham.

Texto de Jandir oliveira Alves junior

CONTÉM SPOILERS

Sean Gordon Murphy nos apresenta a sequência de sua série do Batman: o cavaleiro branco, em que vemos um coringa “curado” chamado Jack Napier, e que expõe à Gotham o outro lado da moeda, com os problemas que há na cidade, em especiais os sociais, que tem o Batman como seu vigilante protetor.

Agora, nessa primeira edição de Batman: a maldição do cavaleiro branco, lançada em fevereiro de 2020, vamos acompanhar as consequências da primeira temporada. E já começamos com um flashback, voltando para Gotham em 1685, em que vemos uma batalha entre Edmond Wayne e Lafayette Arkham, terminando com a morte do último, apunhalado e jogado em um poço.

Já no presente, o Coringa escapa novamente do asilo Arkham, não sem antes passar em sua cela antiga e pegar *o segredo mais antigo de Gotham*. Bruce Wayne lamenta a morte de seu mordomo em Batman: o cavaleiro branco e encontra um diário de seu antepassado Edmond, ao mesmo tempo que começa a investigar a fuga de seu maior inimigo. Em uma passagem do Asilo Arkham, encontra uma antiga cela do vilão Lafayette Arkham.

 

Em paralelo a tudo isso, Jean Paul Valley é diagnosticado com câncer e tem apenas 6 meses de vida. Após um surto psicótico típico de Azrael (que até o momento não dá para saber se já foi o Batman ou não nessa realidade) é surpreendido pelo Coringa, que entrega uma espada na intenção de se vingar de Bruce Wayne.

Batman no Asilo Arkham
O padrão dos desenhos de Sean Murphy continua alto nessa continuação.

Com diversos Easter Eggs bacanas, como os carros da série de 1966, do filme de 1989 e da trilogia de Chistopher Nolan, a arte impressiona e flui de forma ótima nessa primeira edição, que está bastante caprichada (apesar de ter alguns errinhos de revisão…).

Se já leu a primeira série (Batman: o cavaleiro branco), não deixe de acompanhar Batman: a maldição do cavaleiro branco. Essa proposta do selo Black Label, que ocupou o espaço da Vertigo, da DC é a melhor coisa dos quadrinhos nos últimos anos e esperamos que venha muito mais títulos como esse!

Ficha Técnica

  • Lombada canoa, com 32 páginas;
  • Editora Panini comics;
  • Lançamento em fevereiro de 2020;
  • Preço de capa: R$ 9,90;
  • Tamanho: 17 x 26 cm
Thiago Ribeiro
Thiago de Carvalho Ribeiro. Apaixonado e colecionador de quadrinhos desde 1998. Do mangá, passando pelos comics, indo para o fumetti, se for histórias em quadrinhos boas, tem que serem lidas e debatidas.