Não deixe de conferir nosso Podcast!

O Senhor dos Anéis | A importância de uma imagem para os fãs da Terra-Média

O Senhor dos Anéis
HN/Entertainment (Reprodução)

Por que a localização de uma imagem da primeira série da Terra-Média da Amazon é tão importante

Os fãs da Terra-média esperam muito. Em 2017  Amazon anunciou que havia comprado os direitos de uma grande parte das obras de Tolkien. Os fãs dos livros e filmes foram ao delírio. Mas o tempo foi passando e a empolgação se transformou em um verdadeiro banho maria vindo diretamente das profundezas da Floresta das Trevas,  já que a Amazon e nem quem estava envolvido com o projeto falavam qualquer coisa substancial. 

Então, em 2 de agosto de 2021, um raio de luz rompeu a escuridão. Sem aviso, a Amazon publicou um comunicado à imprensa compartilhando que a tão esperada série teria seu lançamento em 2 de setembro de 2022. A espera havia acabado.

Junto com o anúncio, o estúdio também divulgou uma linda foto no perfil oficial da série no Twitter, que descreveu como uma “imagem da primeira série”. A imagem mostra uma figura desconhecida olhando para um panorama de tirar o fôlego. As montanhas limitam a imagem com uma cidade deslumbrante no meio. Ao longe, o que parece ser um sol nascente ou poente paira, obscurecido por seu próprio brilho. Mas não é um sol. Olhando mais de perto, fica bastante claro que a luz emana de um par de árvores etéreas ao longe. Demorou dois segundos antes que Tolkienianos bem informados começassem a estreitar seus palpites, decidindo rapidamente em sua sabedoria cumulativa que a imagem, de fato, continha as Duas Árvores de Valinor.

Mas o que são as Duas Árvores de Valinor? É uma pergunta justa, mesmo para fãs obstinados. Acontece que é preciso cavar mais fundo nas crônicas substanciais de “O Silmarillion” para responder a esse mistério de maneira adequada.

Esse texto deu um trabalho fenomenal, mesmo sendo tão pequeno em comparação aos outros textos que escrevi e traduzi do universo de Tolkien. Por isso leiam até o final.

A abra a imagem abaixo em outra guia de seu browser que ela está em máxima resolução e você vai conseguir acompanhar melhor a leitura com ela assim.

Há muito tempo atrás no Reino Abençoado…

Amazon Studios
Amazon Studios/Twitter

Juntas, as Duas Árvores estão localizadas em uma área do universo de Tolkien comumente referida como Reino Abençoado, Terras Imortais ou Aman. O Reino Abençoado é um continente inteiro localizado a oeste da Terra-Média. Na verdade, ao ler os escritos de Tolkien, muitas das referências ao “Ocidente” falam sobre este reino misterioso além do mar – e sim, esta é a área para onde Frodo e Bilbo navegam no final de “O Retorno do Rei”.

No continente do Reino Abençoado existe uma área chamada Valinor. Este é um reino imortal localizado no centro do continente onde seres divinos chamados Valar (os líderes desses seres) e Maiar (o resto dos seres espirituais) vivem ao lado de um bando de Elfos. Na verdade, no início da história da Terra-média, esses espíritos angelicais realmente construíram Valinor como uma proteção contra os ardis do Lorde das Trevas original, Morgoth.

Essa galera angelical  constrói uma enorme cordilheira chamada Pelóri, que fica de frente para a Terra-média sobre o oceano. “O Silmarillion” explica que depois de construído, “os Valar estabeleceram seu domínio naquela região que é chamada Valinor; e lá estavam suas casas, seus jardins e suas torres”. O livro continua explicando que essa terra “foi abençoada, pois o Imortal habitou lá.”

Tudo isso acontece antes que o sol e a lua sejam criados. Então, dois dos Valar, chamados Yavanna e Nienna, se unem e criam um par de árvores brilhantes e gloriosas. Estes se revezam aumentando e diminuindo, criando um dia de doze horas entre os dois. Essas duas maravilhas são chamadas de Duas Árvores de Valinor: Telperion prateada e Laurelin dourada.

As Duas Árvores

As Duas Árvores são uma parte icônica das obras de Tolkien. Eles servem como a fonte de luz de fato para todo o Reino Abençoado por um longo tempo. Claro, sua luz não se estende às terras frias e escuras da Terra-Média através dos mares, mas as estrelas são criadas em torno deste ponto para ajudar a iluminar as coisas para qualquer pessoa que viva “fora” do Reino Abençoado.

O conceito das Duas Árvores não é uma surpresa para ninguém que leu “O Silmarillion”. Mas vê-los na imagem da Amazon? Bem, isso é um choque muito impressionante. Entenda, a época em que as maravilhas arbóreas iluminam o mundo é uma era conhecida como os anos das árvores. Isso dura 15.000 anos e só termina quando as Duas Árvores são destruídas, o Sol e a Lua são criados e a Primeira Era começa.

Mesmo que estejamos falando de Elfos e seres imortais; o fato é que a própria Amazon Studios deixou claro que sua produção não deveria acontecer durante a Primeira Era ou antes. Um dos primeiros vazamentos da série foi sua sinopse, escrita literalmente assim seu perfil oficial do twitter: “A próxima série da Amazon Studios traz às telas pela primeira vez as lendas heróicas da lendária história da Segunda Era da Terra-média.”

Mesmo se a gente fizesse um recorte temporal, lá nos últimos dias das Duas Árvores até os primeiros dias da Segunda Era, ainda estaríamos falando de um intervalo de tempo de quase mil anos. Então o que essa imagem realmente significa?

Amazon também direito além da Segunda Era?

Bem, até pouco tempo atrás, tudo que sabíamos era que a empresa não tinha os direitos de utilizar períodos históricos anteriores ao que são contados em “O Silmarillion”, a Segunda Era foi uma escolha da própria Amazon. Por exemplo, um dos maiores estudiosos de Tolkien que está no projeto da série, Tom Shippey, mencionou em uma entrevista que a Primeira e a Terceira Eras eram mais ou menos “proibidas”. No entanto, foi divulgado e confirmado pelo site de fãs TheOneRing.net no início de 2021 que elementos e passagens de ‘O Silmarillion’ e ‘Contos Inacabados’ também foram licenciados pela Amazon Studios para esta adaptação. “

Ao que parece, o estúdio pelo menos parece ter permissão para usar pelo menos algum material anterior à Segunda Era e já está fazendo uso desses direitos há mais de um ano antes do lançamento da primeira temporada da série.

A outra explicação em que podemos pensar é que o estúdio está usando uma referência muito breve às Duas Árvores no material do apêndice no final do livro “O Retorno do Rei”. O parágrafo inicial do apêndice resume esses primeiros eventos e faz menção à “radiância das Duas Árvores … que iluminou a terra dos Valar”.

A questão é: onde param as permissões? O estúdio tem o direito de tocar brevemente no Reino Abençoado e nas Duas Árvores, de acordo com o comentário de “O Retorno do Rei”? Ou eles têm permissão para cavar mais fundo no contexto do nível do Silmarillion que leva ao foco da Segunda Era da série? É melhor deixar essa questão em aberto por enquanto.

Mas que cidade é essa da Imagem?

Outra questão interessante que vale a pena fazer é para que cidade estamos olhando na imagem. Não é uma pergunta fácil de responder. Pelo contrário, mesmo os especialistas em Tolkien do TheOneRing.net não chegaram a um consenso.

Tanto os membros da equipe do site quanto os fãs de Tolkien em toda a internet têm se inclinado para alguns candidatos. Muitos pensam que a cidade é a poderosa cidade élfica Tirion em Túna. Essa cidade fica em uma colina. A outra opção é a cidade élfica Valmar. Este é outro bom palpite, pois está localizado próximo às Duas Árvores. O único problema é que deve ser bem longe das montanhas.

Junto com a localização específica, os fãs e especialistas estão ocupados fazendo várias conexões entre a cidade e o conteúdo cinematográfico existente da Terra-média. Por exemplo, alguns apontaram as semelhanças entre a cidade e os Portos Cinzentos da Terra-Média da Terceira Era. Outros destacaram o quanto a arquitetura é uma reminiscência de Minas Tirith. Alguns até apontaram que a minúscula embarcação mostrada no canto inferior esquerdo da foto em alta resolução se parece com os barcos em forma de cisne de Lothlórien. Não deixaram passar nada em apenas uma única imagem.

Alguns sugeriram que a cidade na foto poderia ser várias cidades combinadas por meio de licença artística (um fator que certamente irritaria muitos fãs). Um membro da equipe do site TOR até sugeriu a ideia de a imagem ser uma “tomada composta” com visões misturadas olhando para trás através do tempo e da memória “para o que veio antes da Segunda Era.” Isso definitivamente tornaria mais fácil escapar impunes de uma referência das Duas Árvores, mesmo que a Amazon não tenha todos os direitos sobre esse material.

Mas e aí… estamos olhando realmente para que cenário?

Apesar do trabalho que é pesquisar e montar esse texto com as informações que pipocaram e pipocam na internet desde 02 de Agosto, ainda é divertido escrever sobre tudo isso.

Todas essas suposições são divertidas, mas a pergunta que ainda permanece sem resposta é o que estamos vendo na imagem que a Amazon Studios lançou? Quando esta foto foi postada, a produção da série estava envolto em mistério por quase quatro anos, com a principal informação sendo o fato de que vai se concentrar na Segunda Era. Ok, ótimo – mas esta imagem parece nem ser daquele período de tempo, mas de uma era pelo menos meio milênio antes.

Poderia ser um flashback que um elfo imortal terá em algum momento durante a série? Ou é uma tomada de um pedaço de exposição que eles precisarão usar no primeiro episódio para preparar o cenário para a Segunda Era? Talvez a equipe de marketing esteja fazendo uma manobra igual fizeram em Vingadores: Ultimato, usando apenas imagens dos primeiros minutos para manter a expectativa alta e a possibilidade de spoilers baixos. Ou talvez eles estejam até mesmo inventando conteúdo que nem vai estar no programa.

A verdade é que simplesmente não podemos declarar definitivamente o que é essa imagem. As identidades da cidade e do indivíduo são igualmente difíceis de definir.

Existem apenas duas certezas, pelo menos até o momento. Em primeiro lugar, com base nesta imagem, sabemos que a Amazon está realmente fazendo seu dever de casa com ela. Os detalhes impressionantes e as emoções envolvidas na foto são incríveis. Em segundo lugar, o estúdio está realmente mantendo suas cartas em segredo quando se trata de informações confiáveis ​​sobre o projeto da Terra-Média. Acho que estamos de volta às teias escuras da Floresta das Trevas para esperar o próximo pedaço de informação vazar enquanto contamos os meses até a estreia.

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.