Não deixe de conferir nosso Podcast!

Resenha | GHOST – PREQUELLE (2018)

A linhagem Emeritus morreu, a idade das trevas chegou.

Prepare-se para o ritual, pois oGhost está entre nós com seu novo frontman, o Cardinal Copia e seu quarto e novo álbum de estúdio: Prequelle. Este é o primeiro álbum depois de confirmada a identidade do fundador e diretor da banda, Tobias Forge.

Prequelle marca a consolidação do teatrológico heavy metal repleto de sexy apeal que a banda sueca trouxe com o Papa Emeritus III e definitivamente Cardi C, como foi apelidado carinhosamente pelos fãs, continuará este legado.

 

(Capa)

É álbum compositivo e inteligente. Ele transita bem entre o groove e o glam rock e possui brilhantes referencias aos anos sessenta e oitenta. É um trabalho bem projetado, muito agradável de se ouvir e transita entre faixas sombrias e divertidas.

FAIXA A FAIXA

Ashes é a faixa de abertura do álbum e proporciona uma introdução perfeita do tom do álbum, além da presença de crianças cantando “Ring Around the Rosie”, uma antiga canção inglesa que supostamente se originou após a Peste Negra na Europa, detalhes que sedimenta o tom apocalítico dado a Prequelle.

E assim chegamos em Rats, primeiro e lúdico single, onde vemos uma verdadeira ode aos ratos, protagonistas contagiosos desta faixa. É a combinação de uma letra sinistra e uma melodia animada. É impossível não ser contaminado por sua diversão ao ouvi-la.

See the Light é uma baladinha bem oitentista com uma forte presença do piano e com um belo refrão: “Todo dia que você me alimenta com ódio / eu cresço mais forte”. É incrível como ela e a repleta de maldade Faith, uma das faixas mais interessantes deste álbum, tranquilamente possuem o carisma e o poder para ser singles no lugar de Rats ou Dance Macabre. Acredito que estas quatro faixas incorporam de fato a essência e proposta do Ghost para Prequelle.

Witch Image é uma perfeita lembrança da transitoriedade da vida, pois “Enquanto você dorme / Em prazer terrestre / A carne de alguém / Está apodrecendo esta noite”. É incrível como versos incrivelmente sombrios, os melhores do álbum, são misturados a um instrumental otimista, o que combina de uma maneira própria e única.

E chega a balada Dance Macabre, segundo single do álbum, um metal com uma pegada um pouco mais pop e capaz de colocar gouls e goulers de todo o mundo para dançar ao comando do Cardinal Copia.

Miasma e Helvetesfonster são instrumentais e bem progressivas. Grata surpresa! Com fortíssima presença do synthpop aliado a um belo heavy metal, são faixas que talvez não agradem aos fãs clássicos do Ghost, mas são de uma maravilhosa ousadia capaz de explorar o universo dos anos setenta ao estilo Emerson, Lake & Palmer. E que belo solo de saxofone em Miasma.

Pro Memoria é mais uma faixa lenta com a presença de um piano e vocal limpo e melódico, com um belíssimo solo de guitarra e bons arranjos.

Life Eternal é a faixa com a qual o álbum se encerra. Repleta de heresia e carregada de um peso emocional único, apesar do Forge não possuir um alcance vocal que eu suspeito que esta música merece, o que talvez a torne apagada em relação as outras músicas do álbum, mas convenhamos, o sueco satânico rock do Ghost ainda vive, ainda bem.

SERÁ ‘PREQUELLE’ UM AMBICIOSO SALTO DO GHOST?

O Ghost já possuí seu ardiloso lugar na música e agora ele resolveu expandir seu espaço como um perverso conquistador. Prequelle é repleto de músicas fortes, sombrias e emocionantes, diferente de qualquer coisa antes feita, com belas referencias a Blue Öyster Cult e magnetismo de Marilyn Manson.

Tobias Forge conseguiu elevar o nefasto charme do Ghost para um nível superior ao criar uma personagem tão sedutora e mais humana como o Cardinal Copia e entregar a este “novo” frontman um excelente álbum de rock satânico.

Prequelle é celebração distorcida sobre a transitoriedade da vida, uma ode a idade das trevas, um festejo fúnebre e a desejada ressurreição, capaz de nos levar através de uma desvirtuosa excursão que culmina com um caprichado trabalho que tem o poder de tornar o Ghost um verdadeiro fenômeno.

E sim, eu recomendo demais esta viagem, certeza que você vai adorar.

SONORA

 

5
PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.