Não deixe de conferir nosso Podcast!

Resenha | Mugiko (Gianfranco Manfredi & Pedro Mauro)

Mugiko é 007 do outro lado da Cortina de Ferro. Mas cabe perguntar: qual encarnação do personagem?

Todos os atores que interpretaram 007
007 é o agente secreto a serviço de uma Inglaterra outrora poderosa, que se viu como mera coadjuvante no jogo de espionagem entre russos e americanos no período da Guerra Fria. Hoje, a criação de Ian Fleming ainda é forte no imaginário popular, sendo uma grande franquia de mais de cinco décadas.

Após a excelente e rápida leitura do volume lançado em 2021 pela editora Trem Fantasma, que conta com uma ajuda e tanto do traço do brasileiro Pedro Mauro, me veio uma resposta: Mugiko (codinome do espião Ivan Ivanovic) é o 007 de Sean Connery.

Ácido, mulherengo e bon-vivant, a criação de Gianfranco Manfredi, o criador de Mágico Vento, Face Oculta e Shanghai Devil, é a essência do personagem criado por Ian Fleming em 1953 e imortalizado por Connery em 007 Contra o Satânico Dr. No (1962).

Só que ele não está a serviço da Rainha, e, sim, do Kremlin.

Arte de Pedro Mauro para Mugiko
Prisioneiro político em um gulag na Sibéria, o oficial insubordinado e sarcástico Ivan Ivanoic será convocado por Moscou para agir em nome dos interesses do partido soviético sob o codinome Mugiko.

E esse é um grande acerto de Mugiko, obra publicada na Itália em 2017, na coleção Le Storie, pela Sergio Bonelli Editore, a casa de Tex, e lançada no Brasil pela editora Trem Fantasma.

Não acompanharemos um americano ou inglês, como normalmente vemos em obras da cultura pop quando se trata desse período de Guerra Fria. Iremos ver a dinâmica de um espião russo, em uma época pós-Stalin, com toda a pinta de 007,sendo tudo uma grande homenagem ao personagem britânico.

Arte de Pedro Mauro para Mugiko

Vamos falar dos acertos dessa edição. A trama é ágil, os personagens são muito carismáticos, em especial o sarcástico agente russo, e os desenhos de Pedro Mauro estão ótimos.. Por ser uma obra fechada, o leitor casual terá um excelente quadrinho de ação, com uma história fechada em pouco mais de 100 páginas.

Porém, há alguns pontos que podem incomodar o leitor mais atento.

Por ser uma grande homenagem a 007, o autor parece muito preso aos filmes de James Bond. E o diferencial de Mugiko é ele ser um agente soviético. Não que não tenha aqui e ali fatos que nos lembram que Ivanovic é um agente russo, como as marcas de cigarro, os jornais e a prisão na Sibéria. Todos esses fatores nos levam à antiga URSS. Porém, o formato da trama de Mugiko não difere em nada de um filme de Bond, que é um agente inglês.

Torcemos para que, por ser inicialmente uma história fechada, o personagem tenha mais edições no futuro, explicando o seu passado (em especial, o motivo de ter sido preso por insubordinação em um Gulag) e mostrando seus passos no futuro, na Guerra Fria.

Arte de Pedro Mauro para Mugiko
Em relação à edição, esta está caprichada. Contando com uma jaqueta com a arte de Pedro Mauro, sendo a capa original de Aldo di Gennaro, o volume tem um editorial de Manfredi e outro de Gianmaria Contro, contextualizando bastante o período da Guerra Fria e discorrendo acerca dos espiões na cultura pop. A Trem Fantasma entrou no mercado já demonstrando que tem capacidade para nos entregar excelentes quadrinhos, pois o volume ainda conta com esboços, a biografia de seus autores e está realmente caprichado.

Eu acho que já perdi a conta de quantas vezes comentei isso no site da Quinta Capa: se o leitor quer algo caprichado no quesito edições, roteiro e arte, procure algum material Bonelli lançado pelas ditas pequenas editoras que estão chegando no mercado. O padrão já é bom, e essa edição da Trem Fantasma só elevou a qualidade.

Mugiko vai conquistar tanto os leitores casuais, que querem uma trama de ação bem desenhada, quantos os fãs de filmes de James Bond. A torcida é grande por futuros lançamentos com o personagem, mostrando seu passado e as engrenagens da URSS, o que realmente faltou nesse volume.

Capa e jaqueta de Mugiko, pela editora Trem Fantasma.

Ficha técnica:

  • Capa dura, com 128 páginas;
  • Editora: Trem Fantasma;
  • Lançamento: janeiro de 2021;
  • Dimensões do produto: 19 x 26 cm;
  • Preço de capa: R$ 69,90.
  • 8/10
    Roteiro - 8/10
  • 9/10
    Arte - 9/10
  • 10/10
    Narrativa - 10/10
  • 10/10
    Edição Nacional - 10/10
9.3/10

Summary

Encarcerado na Sibéria, o prisioneiro Ivan Ivanovič foi o soldado mais frio, determinado e preciso da União Soviética. Seu problema? A falta de respeito pelos superiores e pelo partido.

Mas quando a Pátria Vermelha precisar novamente de seus serviços, você poderá chamá-lo pelo codinome MUGIKO, o agente secreto mais mortífero, sedutor e… cínico que o mundo já viu.

Thiago Ribeiro
Thiago de Carvalho Ribeiro. Apaixonado e colecionador de quadrinhos desde 1998. Do mangá, passando pelos comics, indo para o fumetti, se for histórias em quadrinhos boas, tem que serem lidas e debatidas.