Não deixe de conferir nosso Podcast!

Primeiras impressões de A Roda do Tempo da Amazon

O que achamos dos primeiros episódios de A Roda do Tempo, a nova série de fantasia da Amazon sem spoiler.
A Roda do Tempo
Amazon Prime Video

O que achamos dos primeiros episódios de A Roda do Tempo, a nova série de fantasia da Amazon sem spoiler.

Finalmente chegou o dia que mais esperei de 2021. Escrever a resenha sobre a série da Amazon Prime “A Roda do Tempo”. Por tratar essa obra com tanto carinho e fonte de inspiração, tentarei ser o mais imparcial possível.

Apesar de toda a sua construção de mundo intrincada, longa e lotada de personagens ” A Roda do Tempo” tende a girar sua trama bem devagar se você não prestar bastante atenção. Veja o logotipo da série, por exemplo. É um dragão circular, uma referência do símbolo ouroboros – uma serpente ou dragão comendo sua própria cauda. 

Claro que o logotipo é uma escolha adequada, dada a interpretação típica do emblema de vida e morte como um ciclo interminável de renascimento, e a crença da série em um tipo de reencarnação, onde homens e mulheres são apenas fios sendo tecidos no Padrão das Eras, que é girado para sempre pela Roda do Tempo.

Exceto que o logotipo de “A Roda do Tempo” não é um dragão comendo sua própria cauda. É um dragão se enrolando com a boca aberta e não mordendo a calda. Alguém prestou atenção nisso? Então o que o que esse símbolo significa? Certamente ele foi projetado para evocar ouroboros, embora o início e o fim definitivos da serpente contradigam a intenção do símbolo? Prestem atenção, essa mesma contradição fala do poder que o dragão exerce na série, que gira em torno de uma busca pelo “Dragão Renascido”, que pode salvar ou destruir a humanidade? Ou tudo não faz sentido? O logotipo é apenas dourado, cintilante e legal. Será que ele foi criado para lembrar de outra série que também tem Dragão? Fica aí a reflexão.

A Roda do Tempo
Amazon Prime Video

Eu não estou aqui para as pessoas ficarem fazendo essas indagações ou ficarem pausando cada cena e correr para o livro para saber se está correto. Estou aqui para que vocês que não conhecem a obra simplesmente assistam e se divirtam com ela. 

Produzido pela Sony Pictures Television e Amazon Studios para uma audiência mundial de assinantes do Amazon Prime Video, a primeira temporada de oito episódios de “A Roda do Tempo” apresenta muitos nomes e criaturas estranhas, junto com muitos problemas envolvendo magia e um CGI duvidoso, mas também é feito para ser universalmente acessível. A trama é simples de entender e os quatro primeiros episódios sempre tem alguém explicando o que é a roda e o tenebroso (Dark One), além disso, os personagens se encaixam em arquétipos familiares que todo mundo gosta. 

O Showrunner da série, Rafe Judkins (“Hemlock Grove,” “Agents of S.H.I.E.L.D.”) não está tentando reinventar a roda; ele está apenas tentando mantê-la girando. Se você é um fã do gênero e só quer assistir mais uma série de um mundo imaginário cheio de criaturas e feiticeiras que parecem Jedi,  provavelmente você se divertirá. (E se você é um fã dos livros de Robert Jordan, esperando que esses romances amados se transformem na próxima grande série de fantasia da TV … bem, diminua suas expectativas.).

“A Roda do Tempo” da Amazon é liderada por Moiraine (Rosamund Pike), uma figura parecida com Gandalf que pode ver problemas à frente e reúne as forças necessárias para ajudar a evitá-los. Moiraine pertence à Aes Sedai, uma organização formada exclusivamente por mulheres que podem canalizar o Poder Único para curar pessoas e lutar contra as forças das trevas. Mas a principal tarefa de Moiraine é identificar e encontrar o Dragão Renascido. Claro, o Dragão Renascido não é realmente um dragão – é um homem ou uma mulher que pode ser tentado pela Luz ou pelas Trevas para salvar ou destruir a humanidade (respectivamente).

Sua busca, auxiliada por Lan Mondragoran (Daniel Henney) seu Guardião, leva a uma pequena cidade chamada Dois Rios e cinco de seus habitantes têm potencial para que um deles seja o Dragão Renascido. Os cinco são: Egwene al’Vere (Madeleine Madden), uma jovem que  tem uma habilidade especial para canalizar o vento; Rand al’Thor (Josha Stradowski), um jovem apaixonado por Egwene que não quer nada mais do que uma vida clássica na fazenda com esposa e filhos; Perrin Aybara (Marcus Rutherford), que pensa quase igual à Rand; Mat Cauthon (Barney Harris), viciado em jogos de azar e desesperado para dar uma vida melhor para suas irmãos mais jovens; e Nynaeve al’Meara (Zoë Robins), filha de um pescador e Sabedoria (curandeira e líder local), que ajuda Egwene (e outras mulheres) a encontrar seu caminho para a Luz.

Sem saber qual desses cinco jovens é o Dragão Renascido, Moiraine os guia por uma perigosa jornada para salvar o mundo, sendo a “A Roda do Tempo” uma série de fantasia voltada para adultos, que significa muitas cenas de perseguição, lutas de espadas e feitiçaria. As locações, escolha de elenco, figurino são fantásticos. O autor dos livros era muito detalhista nos figurinos, então a produção teve uma atenção especial sobre isso. O CGI não ficou tão bom, mas não atrapalha o andamento do telespectador.

Não é totalmente sombrio como pensei que fosse, os episódios duram menos de uma hora, então não dá para falar que é maçante, como muitas séries de streaming. Algumas reviravoltas são incríveis, tem personagens cativantes (Nynaeve roubou todas as cenas que apareceu). Mesmo dormindo dois episódios por causa de um ferimento letal, Rosamund Pike é impressionante, mesmo que a abordagem medida da atriz também ajuda a evitar que a série não dê espaço suficiente para os outros personagens e atores.

Além de descobrir quem entre os cinco jovens escolhidos é o Dragão Renascido, há pouca motivação para se envolver em “A Roda do Tempo” por enquanto. “A Roda do Tempo” ainda está apenas no começo, são 14 livros com mais de 700 páginas cada, muita coisa ainda vai acontecer na primeira temporada e a segunda que já vai entrar em produção. “A Roda do Tempo” da Amazon está incrível e muita gente vai gostar de assistir essa nova série de fantasia enquanto não chega “O Senhor dos Anéis”.

A Roda do Tempo está disponível para os assinantes do Prime Vídeo.

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.