Segunda, 17 De Dezembro De 2018

Anuncie Aqui!

D&Dezembro | Numenera РDefinitivamente não é apenas mais um RPG de fantasia.

Qualquer tecnologia avançada o suficiente será indistiguível de magia

A citação acima, do autor de ficção científica Arthur C. Clark, dá uma pista meio vaga(porém exata) do que Numenera é. Não é um mundo que mistura ficção científica e fantasia: é um mundo de ficção científica disfarçado de fantasia! Ou será o contrário?

O Criador

Monte Cook, o criador do jogo, √© um grande veterano da ind√ļstria de jogos. Boa parte de sua carreira se passou trabalhando para a TSR(e, posteriormente, Wizards of The Coast), tendo atuado bastante nos suplementos de Planescape e nos livros da terceira edi√ß√£o de Dungeons & Dragons. Inclusive, o pr√≥prio Gary GYgax cumprimentou o time de Cook a respeito do Guia do Mestre. Segundo ele, o conte√ļdo o ajudou a se tornar um mestre melhor.

Resultado de imagem para wayne's world not worthy gif
Dizem que foi assim que eles fizeram…

No entanto, até o ano de 2013(ano de lançamento de Numenera), ele nunca havia lançado algo próprio.

Bem vindos ao Nono Mundo

O mundo √© assim chamado n√£o porque seja o nono da gal√°xia, mas sim porque ele representa a era em que esta civiliza√ß√£o se encontra. Praticamente um novo mundo. Antes dele, civiliza√ß√Ķes se ergueram, alcan√ßaram seu auge e desapareceram, deixando apenas vest√≠gios do que j√° foram. E esses vest√≠gios permeiam at√© mesmo ar e podem ser usados por quem sabe como.

A civiliza√ß√£o aqui √© medieval, mas a tecnologia que escavam e usam √© vista como magia pela maioria. Sat√©lites ainda encontram-se no c√©u e nano-m√°quinas usadas por civiliza√ß√Ķes passadas perambulam pela atmosfera. V√°rios outros vest√≠gios encontram-se espalhados pelo mundo e cabem aos jogadores encontra-los, identifica-los e descobrir mais sobre o mundo que j√° foi um dia.

Esse conjunto de artefatos s√£o chamados de Numenera.

Um jogo sobre descobertas

Claro, achar esses artefatos e vestígios não é fácil. E muitos deles podem estar guardados por criaturas estranhas. Aí você vai ficando empolgando, achando que ta repleto de tabela de XP associada a essas criaturas.

Resultado de imagem para achou errado gif
Relê o subtítulo, amigo!

Embora haja ação, combate e evolução de personagens, o foco é a descoberta: o mestre recompensa os jogadores por cada uma que eles fazem. Naturalmente, esses pontos são usados para a evolução do personagem.

Mas não é só pra isso que os XP servem

Já cansou daquele mestre que faz de tudo pra você não ter sucesso e a história funcionar do jeito que ele quer, ou ele querer salvar aquele PDM favorito/necessário? Aqui o jogo oferece uma alternativa interessante: toda vez que o mestre intervir em algo(seja para manter o controle ou simplesmente incluir um desafio interessante), ele deve dar ao jogador afetado 2 XP. Este jogador, por sua vez, deve premiar outro com um desses XP por algum motivo especial.

No entanto, o jogador pode recusar a intrus√£o, pagando 1 XP de sua pr√≥pria ficha para recusar a intrus√£o. E se n√£o tiver? Aceita, que d√≥i menos…

Os XP também podem ser gastos para rejogar dados que não tenham dado resultados satisfatórios.

Criação de personagens

Cada personagem tem três atributos, com dois componentes associados e mais um à parte.

  • Might: representa a for√ßa e a durabilidade do personagem. √Č o foco principal de quem quer lutar.
  • Speed: representa velocidade, agilidade e coordena√ß√£o. Personagens interessados em combate √† dist√Ęncia e agilidade devem focar nisso.
  • Intellect: representa intelig√™ncia, conhecimento e carisma. S√°bios e usu√°rios de poderes mentais v√£o querer investir aqui.

Cada atributo tem dois componentes associados a ele: pool e edge. O primeiro é uma medida para o qual certos ataques o diminuem. Ele também representa os pontos que o personagem pode usar para realizar determinados feitos ou uso de poderes.

Edge é um componente que reduz os custos de determinadas atividades. Se um determinado poder tem um custo, este componente reduz o mesmo.

O componente à parte é o Effort. Ele é usado para reduzir a dificuldade de testes para os quais o jogador não deseja falhar. O Edge pode também reduzir este custo.

Beleza, conhe√ßo os atributos mas… e pra criar o personagem mesmo?

Descritor, tipo e foco

A criação do personagem se baseia em uma simples frase contendo um substantivo(tipo), um adjetivo(descritor) e um verbo(foco).

Eu sou um [substantivo][adjetivo] que [verbo]

O livro conta com uma tabela de várias destas três classes gramaticais e como elas afetam o personagem. Mas o foco principal é o tipo e o jogo oferece três deles. Pense neles como sua classe.

Glaive

Resultado de imagem para numenera glaive

A tropa de elite, os especialistas em combate. Sempre tomam √† frente das situa√ß√Ķes e se interessam mais em numenera com capacidade ofensiva. Glaives iniciam com (M)Might 11, (S)Speed 10 e (I)Intellect 7, podendo distribuir mais 6 pontos adicionais.

Nanos

Resultado de imagem para numenera nano

Seriam os magos do grupo, S√£o assim chamados porque s√£o capazes de influenciar as nano-m√°quinas do ar(que muitos acham ser esp√≠ritos) para realizar seus feitos. Eles tamb√©m tem bastante habilidade para lidar com as numenera e preferem qualquer coisa que os protejam ou que permita atacar √† dist√Ęncia. Iniciam com M 7, S 9 e I 12, com seis pontos para dividir entre eles.

Jack

Resultado de imagem para numenera jack

Exploradores e aventureiros, eles s√£o um meio termo entre as duas classes anteriores. Similares aos ladinos de D&D e Pathfinder, eles contam com sua flexibilidade e esperteza para atingir seus objetivos. Gostam de numeneras sutis, capazes de permitir comunica√ß√£o entre o grupo, botar advers√°rios para adormecer, atravessar paredes…S√£o t√£o equilibrados que iniciam com 10 em todos os seus atributos e contam ainda com os seis pontos para distribuir.

Descritor

O adjetivo dá um sabor a mais ao personagem e oferece alguns bonus também. O livro oferece uma lista de adjetivos e seus efeitos associados, assim como detalhes a respeito de equipamento, contatos com a aventura inicial e desvantagens.

Por exemplo, um Jack que tenha o adjetivo clever(esperto), recebe um bonus de 2 em¬† Intellect, √© considerado treinado em per√≠cias envolvendo trapa√ßa e mentiras, mas tem dificuldade em testes envolvendo conhecimento(n√£o gostava de estudar). O personagem inicia com dinheiro extra e, como gancho ele tem quatro op√ß√Ķes. Uma delas, ele se envolve por achar que render√° grana extra.

Foco

Ele √© a cereja do bolo do personagem, o que o torna √ļnico. Esta parte da frase estabelece as conex√Ķes do personagem, oferece mais equipamento, bonus para resultados cr√≠ticos em testes e outras habilidades ganhas √† medida que o personagem evolui.

Se pegarmos o Jack citado anteriormente, podemos pegar o foco “carrega uma aljava”(carries a quiver) como foco. Isso o define como um especialista em arcos ou bestas. O foco garante um amigo entre os personagens, que o presenteou com o arco(ou besta). Outro PJ(escolhido secretamente), ser√° o cara que sempre ser√° atingido quando voc√™ tiver falha(ele sempre fica no meio). Ele tamb√©m ganha efeitos diferentes em sucessos excepcionais(menor: atinge um tend√£o ou m√ļsculo do alvo; maior: prende ele com a flecha) e tamb√©m pode fazer suas pr√≥prias flechas, al√©m de aumentar o dano das mesmas aplicando Effort.

Assim temos:

Eu sou um Jack esperto que carrega uma aljava.

Personalização

Numenera permite uma grande gama de personaliza√ß√Ķes e estabelecimento de bases para cria√ß√£o de situa√ß√Ķes interessantes. Mas na cria√ß√£o dos personagens, ele d√° v√°rias id√©ias para deixar seu personagem √ļnico. Por exemplo, um Glaive n√£o precisa ser apenas um cara bem treinado: ele pode ter sido uma pessoa criada em laborat√≥rio(seja como um ciborgue ou por engenharia gen√©tica) na era antiga e despertando agora para este novo mundo. H√° v√°rias op√ß√Ķes para ajudar jogadores e mestres a para criar personagens √ļnicos.

Resultado de imagem para numenera character
Como essa Glaive aqui.

O Sistema

Duas coisas s√£o necess√°rias para saber sobre o sistema:

  1. O jogador faz TODOS os testes(mesmo quando est√° sendo atacado).
  2. N√£o existe dado para dano(ele j√° √© estabelecido como um n√ļmero)

Os testes s√£o realizados com o D20 com base em uma dificuldade estabelecida. O n√ļmero a ser testado √© o triplo da dificuldade. A tabela a seguir resume bem isso.

Resultado de imagem para numenera difficulty

Os testes s√£o feitos ap√≥s definidas as per√≠cias, habilidades e circunst√Ęncias que ir√£o afetar a dificuldade. O uso de Effort tamb√©m influencia aqui. Dependendo da combina√ß√£o, a dificuldade pode chegar a 0, onde nenhuma jogada precisa ser feita.

Em combate, a dificuldade dos testes é feita com base no Tier(os níveis daqui) do oponente. Um oponente de nível 2 terá dificuldade 6 para lidar.

Lembrando: o jogador faz os testes. Quando ataca, ele rola os dados para atacar. No turno do oponente, ele meramente lan√ßa os dados para se defender. O dano √© decidido com base na arma. Uma faca tem dano 1 e esse √© o que voc√™ deve registrar. O dano √© reduzido pela armadura. Em combate, circunst√Ęncias podem diminuir a dificuldade. Se estiver em uma posi√ß√£o mais alta, voc√™ pode diminuir a dificuldade em um passo.

E há os resultados críticos. Rolando um 19 natural, você gera um efeito menor(como os citados anteriormente) e um 20 natural, um maior. Um 17 ou 18 pode resultar apenas em dano adicional.

O jogo também adota o d10 para porcentagens, mas oferece uma alternativa usando o d20.

O livro

Numenera introduz passo a passo tudo o que voc√™ precisa saber, detalhando mais em cap√≠tulos mais avan√ßados, de forma a n√£o sobrecarregar jogadores e mestres. O livro tamb√©m tem em cada p√°gina, refer√™ncias a outros cap√≠tulos e se√ß√Ķes para ajudar o leitor a achar o que precisa para entender o que est√° ali. O mundo, a sociedade e suas diferentes organiza√ß√Ķes, tudo est√° l√°.

E, mais importante, as tabelas envolvendo medidas e dist√Ęncias tem medidas de polegadas e tamb√©m seguindo o sistema num√©rico.

Ele tamb√©m conta com uma se√ß√£o para o mestre, com informa√ß√Ķes para melhor conduzir uma aventura, inclusive trazendo quatro aventuras para o mestre come√ßar bem.

Ele encerra com um passo a passo resumido a criação de personagens, além de várias fontes de inspiração para Numenera.

Infelizmente, ele não conta com um bestiário, tendo que ser adquirido à parte.

E no Brasil?

A editora New Order, que também detém os direitos de Pathfinder e Starfinder, já publica o livro no Brasil. A editora vende os livros e suplementos tanto em pdf quanto no formato físico. Seguem os links para adquirir os livros:

 

 

Posts Relacionados
%d blogueiros gostam disto: