Não deixe de conferir nosso Podcast!

Resenha | Sepultura – Quadra (2020)

Resenha simples sobre o maior e melhor álbum do Sepultura dos últimos 20 anos, Quadra!
Sepultura
(Reprodução/Divulgação)

Resenha simples sobre o maior e melhor álbum do Sepultura dos últimos 20 anos, Quadra!

Os mestres brasileiros e únicos do Groove / Thrash Metal já venderam mais de três milhões de álbuns nos EUA e mais outros vinte milhões mundo afora. Tudo isso sem rádio e sem uma massa insana de fãs que outras bandas de metal possui. Por quase 35 anos, o Sepultura levou a mistura chocante e domínio do Heavy Metal a níveis nunca visto antes sob a influência musical de seus próprios heróis – uma lista que inclui KISS, Slayer e Black Flag. Por outro lado, a influência do Sepultura no Heavy Metal inspirou muitos artistas atuais como Slipknot, Code Orange e Hatebreed.

Isso, o Sepultura, essa banda brasileira que a maioria de vocês torcem o nariz é um dos nomes mais respeitamos para a história do heavy metal.

Quadra é o décimo quinto álbum de estúdio do Sepultura. Foi lançado no dia 7 de fevereiro de 2020, pelo selo Nuclear Blast Records. O Sepultura é uma banda que resistiu ao teste do tempo. No fundo, eles são um grande bando de lobos quarentões ainda tocam numa potência energética que não deixa ninguém entendiado. Nos vocais desde 1998, Derrick Green é um tremendo vocalista, cujas suas notas poderosas tocam bem ao lado dos riffs astutos do guitarrista Andreas Kisser e o baixo do insano Paulo Jr. Por tás desse trio, está a força da natureza Eloy Casagrande na bateria.

Produzido por Jens Bogren (Arch Enemy, Devin Townsend), Quadra conta uma intrigante história, o título do álbum é uma versão conceitual sobre o simbolismo do mundo em que vivemos. O próprio Kisser explica:

“Quadra, entre outros significados, é a palavra em português para ‘quadra esportiva’, que por definição é uma ‘área limitada de terra, com demarcações regulatórias, onde, de acordo com um conjunto de regras, o jogo acontece. Todos nós viemos de diferentes Quadras. Os países, todas as nações com suas fronteiras e tradições; cultura, religiões, leis, educação e um conjunto de regras onde a vida acontece. Nossas personalidades, o que acreditamos, como vivemos, como construímos sociedades e relacionamentos, tudo depende desse conjunto de regras com as quais crescemos. Conceitos de criação, deuses, morte e ética. Além disso, existe o Dinheiro, ele faz da gente seu escravo. Quem é pobre e quem é rico, é assim que medimos pessoas e bens materiais. Independentemente da sua Quadra, você precisa de dinheiro para sobreviver, a regra principal para jogar esse jogo chamado vida.”

Sepultura
(Reprodução)

Embora sombria, rápida e sem parar para respirar. Quadra do Sepultura é um álbum divertido de ouvir, pois a história, apesar dos elementos densos e uma linguagem pesada combinada com ventos violentos de guitarra, vocais estridentes e ritmos esmagadores elevam a qualidade imaginativa do novo material dessa banda que é um orgulho nacional. Simplesmente incrível.

Ouça o álbum:

Leia também:

Resenha | Legacy of the Dark Lands – Blind Guardian Twilight Orchestra (2019)

PikachuSama
Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.