Não deixe de conferir nosso Podcast!

Crítica | Na Direção do Amor e a profundidade de um relacionamento

Resenha crítica do KDrama “Na Direção do Amor” disponível na Netflix e sem spoiler.

Na Direção do Amor
Reprodução (Netflix)

Resenha crítica do KDrama “Na Direção do Amor” disponível na Netflix e sem spoiler.

Só consegui escrever sobre “Na Direção do Amor” apenas agora. Quase dois meses depois de tê-lo assistido, na verdade, eu havia esquecido completamente, mas aqui vai minha rápida análise desse KDrama divertido e apaixonante de assistir. Sendo bem sincero, assisti por causa da Shin Se-kyung que me deixou bastante impressionado interpretando a protagonista do KDrama Hae Ryung, A Historiadora (Leia a crítica) e o incrível Im Siwan que fez o protagonista numa obra prima coreana chamada “Misaeng” de 2014 e que está como “Vida Incompleta” disponível na Netflix.

“Na Direção do Amor” ou “Run On” conta o romance entre um atleta da seleção sul coreana de atletismo e modelo Ki Seon Gyeom (Im Siwan) e uma tradutora de filmes estrangeiros Oh Mi Joo (Shin Se Kyung), enquanto eles lentamente se conhecem e se apaixonam. 

Ki Seon Gyeom é uma estrela esportiva, é como se fosse um Neymar, tudo que veste e usa, é sucesso de vendas e as marcas o tratam mais como um mina de ouro do que um grande e esforçado atleta,  por causa de diversos acontecimentos pessoais e também herdeiro de uma distinta família política, ele acaba largando tudo pelos ares e cabe Oh Mi Joo juntar os caquinhos e fazer ele acordar para a vida. Apesar de Im Siwan parecer sempre os mesmo em todos os papéis que faz – um cara reservado e que não gosta muito de sorrir – em “Na Direção do Amor” ele está bem solto, mesmo que esteja super engessado e um pouco sem graça nos primeiros episódios.

Eu já trabalhei, gratuitamente e ilegalmente de tradutor e revisor de KDramas nos final dos anos 2000 e séries americanas no começo dos anos 2000, então essa vida é muito complicada e a gente passa mais perrengue que glamour. Oh Mi Joo é uma mulher muito positiva, trabalha muito e sua especialidade é traduzir filmes estrangeiros para Coreano. Então, ela realmente entende muito tanto do inglês como Coreano, ainda assim, precisa dividir um apartamento com sua chefe, a querida atriz Lee Bong-ryun que aqui é a dona da agência de tradução que Oh Mi Joo trabalha.

LEIA TAMBÉM:  Quem é o Cavaleiro da Lua? Conheça um pouco o herói com transtorno de personalidade

Por causa dos perrengues da vida, Oh Mi Joo acaba virando tradutora de Ki Seon Gyeom num trabalho que demoraria poucos dias. Mas o destino acaba juntando os dois diversas vezes em momentos diferentes e eles acabam se interessando um pelo outro.

Na Direção do Amor
Reprodução (Netflix)

Mas a graça de “Na Direção do Amor” está no segundo casal principal da história. Formados pela sempre divertida de assistir, Choi Soo-young fazendo a CEO da empresa de publicidade que cuida da imagem de Ki Seon Gyeom, Seo Dan Ah e a nova estrela mundial sul-coreana masculina, Kang Tae-oh. Aqui ele faz o aluno de artes lúdico, Lee Yeong-hwa, que acaba se apaixonando pela Seo Dan Ah e ela pelos quadros que ele faz. Enquanto Seo Dan Ah tem uma personalidade forte, Lee Yeong-hwa é lúdico e divertido.

Com um pouco de esforço e boa vontade, você consegue chegar ao final de “Na Direção do Amor” rápido e com gostinho de quero mais. O KDrama é uma fatia de romance da vida com uma sensação muito agradável. O começo é realmente lento, mas também serviu para a gente conhecer melhor os protagonistas. Eu sou daquelas pessoas que quando uma história precisa ser contada, ela precisa levar o tempo que necessita e “Na Direção do Amor” faz isso muito bem, principalmente com os problemas pessoais que os protagonistas precisam aceitar, resolver e entender.

Nosso casal principal, Ki Seon Gyeom e Oh Mi Joo, teve uma jornada interessante. São duas pessoas diferentes, e uma grande parte da história é vê-los se conhecendo. Como eles são tão diferentes, eles precisam de muito tempo para aprender como o outro pensa e realmente entender um ao outro mais profundamente. O romance deles é aquele adulto, lento, mas que se torna forte e apaixonante com o passar do tempo.

LEIA TAMBÉM:  Crítica | A segunda temporada de ‘ The Umbrella Academy’ da Netflix é incrível e divertida

Já a entrada do casal Dan Ah e Young Hwa, mesmo que também tenham demorado a se assumirem, melhora muito a dinâmica dos personagens e a história principal do KDrama. Também são duas pessoas de mundos completamente diferentes que se entendem do jeito divertido deles. São como frio e quente, fogo e água, o final deles é surpreendente, mas não vou revelar. 

O roteiro flui muito, mesmo com algumas barrigas  em relação a família de Ki Seon Gyeom, a produção é de primeira e atuação dos atores vale cada segundo em tela. Além disso, existem diversas referências ao cinema mundial no decorrer dos episódios: John Wick, La La Land, Psicose, Carol, E.T, 2001: Uma Odisseia no Espaço, Casa Blanca, Jerry Maguire, espero que alguém também tenha notado isso!  Eu gosto muito desses quatros artistas, eles estão hoje na crista da onda das novelas coreanas. Merecem tudo de bom e graças a eles “Na Direção do Amor” funciona muito bem e é um grande KDrama que precisam assistir. Este não é um drama que parece grandioso, mas aprofunda seus personagens, oferece boas jornadas de relacionamento e explora uma variedade de temas. Recomendo!

“Na Direção do Amor” está disponível na Netflix.

Editor de Contéudo deste site. Eu não sei muita coisa, mas gosto de tentar aprender para fazer o melhor.