Não deixe de conferir nosso Podcast!

Dica de Leitura | Something is Killing the Children

Acho um erro comparar a ótima hq ALGUMA COISA ESTÁ MATANDO AS CRIANÇAS (Something is killing the children) com a excepcional Stranger Things. Se é para fazer uma comparação, eu diria que o quadrinho da BOOM! é uma mistura de Kill Bill, de Quentin Tarantino, com A Fortaleza.

Arte de Something is killing the Children.
Em vias de ser adaptado para a Netflix, pelos criadores de Dark, Something is killing the children é uma história de terror de primeira.

Em uma cidadezinha, monstros tem matado várias crianças. Cabe à caçadora Erica Slaughter, da ordem de São Jorge, com a ajuda de uma criança sobrevivente, matar essas criaturas, enquanto a situação sai totalmente de controle no município, levando ao envolvimento de toda a população em crimes brutais.

Decisão acertada da @devirbrasil ao lançar 3 volumes americanos da obra de James Tyrion IV em um grande encadernado, pois a leitura é magnético. Como exemplo, eu li Something is killing the children em apenas uma noite.

Não pude tirar os olhos dessa história hipnótica e com um senso de urgência causado pela violência e a fragilidade das vítimas, crianças.

Arte de capa da edição 09 de Something is killing the children.
Quando encontramos Erica Slaughter pela primeira vez, ela está ao lado de uma criança sem as pernas, que aponta para a floresta. Sim, a obra de Tyrion IV é bastante brutal.

O leitor que chega ao final do volume I da Devir terá uma pausa merecida. E é bom deixar claro que, da primeira página à última, somos jogados em uma situação de tensão. Muita coisa fica no ar, e o fim entrega uma pausa satisfatória, sem falar em um gosto de querer mais.

Mas é preciso ter estômago pra encarar esta obra de terror com a arte de Werther Dell´Edera. É como afirmei no parágrafo que abre esse texto, a violência está bem próxima de Kill Bill, de Tarantino. Erica é a Noiva deste universo onde monstros e sociedades ocultas existem. E as vítimas são crianças, como no clássico da sessão da tarde dos anos 1990, A Fortaleza, história que se passa na Austrália e envolve um sequestro de uma professora e alunos por uma quadrilha de bandidos.

LEIA TAMBÉM:  Maior parte do mercado das HQs é movida pela paixão

Arte de Something is Killing the Children

Os desenhos de Wether Dell’edera ajudam na narrativa rápida e brutal. É um quadrinho que merece todos os elogios, tendo roteiro bom, ótimos personagens, um universo bem construído e várias nuances para interpretação.

Já estou na espera do volume 2 no Brasik, ou da série da Netflix, se vier bem feita. Something is killing the children te prende a atenção como um grande acidente de trânsito, que você passa e não consegue tirar os olhos.

Arte de capa do volume brasileiro de Something is killing the children.

Thiago de Carvalho Ribeiro. Apaixonado e colecionador de quadrinhos desde 1998. Do mangá, passando pelos comics, indo para o fumetti, se for histórias em quadrinhos boas, tem que serem lidas e debatidas.