Não deixe de conferir nosso Podcast!

Marcus, o homem voador, e Alfred Bannister, que atende pela alcunha de Thunderman, conseguem escapar da prisão na Baía Chippewa após anos de encarceramento, e rumam para Darkwood, onde pretendem subjugar as tribos e construir um Império de medo e violência. Agora, apenas Zagor, velho algoz da dupla de patifes, pode detê-los, precisando para tanto usar de toda força e ...

Não tem como resumir de outra forma Redenção, lançado no Brasil pela editora Skript, o quadrinho é uma história de Sarah Connor em um faroeste, em um mundo pós-apocalíptico estilo Mad Max. Isso que é Redenção, lançamento da @skript_editora que está chegando agora aos apoiadores do @catarse. Um faroeste estilo Mad Max em uma terra arrasada, em que os sobreviventes agem como ...

Em Nós, os mortos, a dupla Darko Macan e Igor Kordey cria uma das histórias mais imersivas envolvendo colonização, cultura europeia e da América pré-colonial, em um quadrinho que poderia cair no lugar comum quando envolve apocalipse zumbi. Porém, a obra se debruça em temas muito mais interessantes do que uma praga que mudou os rumos do mundo. Leitura imersiva. ...

Rocketeer: Carga Mortal é uma história rápida, cheia de ação e homenagens aos heróis e cinema dos anos 1930, e é um quadrinho que faz jus ao herói criado por Dave Stevens. Quando o quadrinho chegou em minhas mãos, eu estava lendo outra hq, Liga Extraordinária – A Tempestade, que tem bem mais páginas e um texto mais complexo, afinal, ...

Nas duas histórias reunidas em “Mágico Vento: Graphic Novel Deluxe Volume 7” (Editora Mythos, 204 páginas, R$ 79,90), Gianfranco Manfredi mergulha nas lendas e crenças indígenas, envolvendo suas referências com os elementos típicos da série. Assim, em “O demônio dos enganos“, somos apresentados a Iktomi, uma das diversas versões do Enganador, figura tradicional no imaginário dos índios americanos, ganhando nome ...

O sexto volume de “Mágico Vento: Graphic Novel Deluxe” (Editora Mythos, 204 páginas, R$ 79,90) traz as duas histórias que originalmente fecharam o primeiro ano de publicação do xamã branco pela Sergio Bonelli Editore. A primeira, “O pesadelo na moldura“, inspira-se em narrativas como “O retrato de Dorian Gray” ao apresentar uma trama na qual Mágico Vento precisa debelar a ...

O texto simples e direto de Gene Luen Yang nos traz uma adaptação em quadrinhos de uma história famosa do programa de rádio do Superman dos anos 1940. E, mais do que nunca, Superman esmaga a klan se mostra uma história que deve ser apresentada a um público mais novo. Que é uma necessidade que os quadrinhos cheguem a um ...

Demon Slayer é um mangá bonzinho, com desenhos bem irregulares e só. Um shonen (gênero de mangá para jovens) bacana pra passar o tempo. O anime é um espetáculo visual, diga-se, e isso não é questionável. Porém, o mangá é bom e só, nada além, com alguns pontos positivos imensos e erros grosseiros. Um dos erros que farão o leitor ...

Li Heróis Renascem de Jason Aaron porque ainda tinha fé que o escritor pudesse me surpreender quando o assunto é Vingadores. Temos que admitir que o autor está cansado na Marvel e sua passagem nos maiores heróis da Terra está sem ritmo desde o começo, apesar das boas ideias. As ideias que Jason Aaron tem jogando desde que assumiu Vingadores ...

O fato de Superman –  o último filho da Terra ser uma história esquecida do maior herói da DC Comics é uma injustiça. Quando li as duas edições que compreendem a história em 2003 (no período entre a Abril ter deixado de publicar DC e a Panini ter assumido as publicações até hoje, tendo sido lançado pela @mythoseditora) fui bastante ...

Os leitores de quadrinhos envelheceram, ganhando novos gostos e sendo mais exigentes; e os preços dos quadrinhos estão nas alturas, limitando o acesso de um novo público às HQs. Porém, nas bancas, comics shops e nas lojas on-line, percebemos o retorno do formatinho, modelo muito conhecido por fãs antigos, só que a empreitada é voltada para o público jovem, mostrando ...

A biografia de Ernesto Rafael Guevara de la Serna, o Che, lançada pela editora Comix Zone em 2021, me fez perceber o quanto as feridas da América Latina ainda estão abertas e a convulsão popular nos países tropicais ainda nos mostra como a história da região é dinâmica. Vamos começar esse texto sobre CHE, da editora Comix Zone, de forma ...

Ambientado na Inglaterra do século XIX, “Luz Que Fenece“, de Barbara Baldi (Editora Pipoca & Nanquim, 124 páginas, R$ 69,90) é, por essência, um deleite aos olhos. A autora, designer gráfica dos estúdios Walt Disney, fez uso de recurso digital para emular a textura de pinturas em acrílico. Assim, o leitor se demora a cada quadro, apreciando a composição das ...

Quando a loucura encontra a ganância, geralmente os homens ficam à mercê de uma salvação que vem de fora, livre da corrente insana que os arrasta para o caos. Em “Cara de Pedra“, arco em duas partes aqui apresentado, Gianfranco Manfrendi elabora um conto onde a moralidade é tingida pelas visões de Mágico Vento, que o convocam de forma premente ...

2020 e 2021 foram anos bem confusos, com uma pandemia fazendo pressão sobre nossas cabeças, negacionismo por parte da população brasileira, desemprego para muitos ou  excesso de trabalho para alguns e várias crises envolvendo a economia brasileira, que reflete no mercado de quadrinhos, em especial, nos preços crescentes. Mesmo com tudo isso, algumas coisas boas aconteceram em 2021, na minha ...

O que acontece quando combinamos um clássico da literatura infantil com a cultura nordestina? A resposta para esta pergunta está nas páginas de “O pequeno príncipe em cordel”, escrito por Josué Limeira e com ilustrações de Vladimir Barros. Nesse lançamento da Editora Yellowfante ocorre uma transposição do clássico de Antoine de Saint-Exupéry para o ambiente nordestino, com fidelidade ao enredo ...

Neste quarto volume, Gianfranco Manfrendi executa com maestria sua proposta de um faroeste com elementos sobrenaturais ao resgatar da mitologia indígena americana dois seres fantásticos, que antagonizam as tramas aqui reunidas. A primeira, “Whopi“, é ambientada anteriormente ao volume anterior. Cavalo Manco segue repassando seus ensinamentos para Mágico Vento, inclusive orientando a aceitar e compreender suas visões cada vez mais ...

Este terceiro volume traz o arco em duas partes “Faca Comprida“, onde somos apresentados ao macabro Louis Beaumont, um homem branco que, ao matar Cavalo Manco, mestre Sioux de Mágico Vento, profana seu corpo e acaba arrastando nosso protagonista numa vendeta que envolverá duas magias poderosas. Afinal, Beaumont é praticante de vodu, tendo aprofundado seus conhecimentos e poderes de tal ...

Neste volume, temos uma estrutura parecida com o anterior, já resenhado. Na primeira história, “Lady Caridade“, Gianfranco Manfredi dá continuidade aos eventos de “Forte Ghost“. Após um tempo com a tribo sioux de Ned, Poe parte de volta a Chicago. E lá chegando, busca um meio de levar adiante suas denúncias contra os negócios sujos do empresário Howard Hogan, mesmo ...

A saga de Ned Ellis, um soldado americano socorrido à beira da morte por um xamã Sioux, que o escolhe como seu aprendiz sob a alcunha de Mágico Vento, é sem dúvidas o trabalho mais conhecido e celebrado de Gianfranco Manfredi nos quadrinhos. Publicado originalmente na Itália pela Sergio Bonelli Editore a partir de 1997, chegou ao Brasil via Mythos ...