Não deixe de conferir nosso Podcast!

NOVEL | TIAN GUAN CI FU – TGCF

Imagem de Capa
Arte oficial de TGCF dessenhada por STARember

Tiān Guān Cì Fú – TGCF (também conhecida por Heaven Official’s Blessing – HOB, o nome da obra em inglês) é uma novel chinesa escrita por Mò Xiāng Tóng Xiù (vamos chamar de MXTX) publicada em 2017 no site JJWXC e conquistou enorme sucesso de público, atraindo o interesse de diversos leitores pelo mundo. É a terceira obra da MXTX e a mais longa das já escritas por ela.

Antes de falar sobre TGCF, precisamos entender algumas coisas…

O QUE É UMA NOVEL

 

Novels são histórias escritas em formato de folhetins, publicadas de forma seriada, em jornais, revistas ou sites especializados que fazem enorme sucesso em países asiáticos como China, Coreia do Sul e Japão. Comumente, despois são compiladas e publicadas em formato de livros. Esses romances podem abranger diversas temáticas e tem como uma de suas características a velocidade na narração, ausência de travessões nos diálogos, uso de imagens, entre outras.

Ultimamente, as novels vem se popularizando no Brasil, principalmente quando falamos das webnovels (publicadas em sites especializados) chinesas, bem como as light novels (histórias mais curtas) japonesas baseadas em mangás que também tem se popularizado bastante entre leitores que anseiam por mais do universo das histórias que apreciam. As novels têm ganhado traduções feitas de forma independente por pessoas apaixonadas pelas tramas. Muitas delas têm utilizado a plataforma Wattpad para suas publicações, a maioria traduzida para o português de obras que já foram traduzidas para o inglês. Vários sites se dedicam a traduções, como NOVELS BR, BL NOVELS, NOVEL MANIA, AREA NOVELS e MO DAO ZU SHI BRASIL (dedicado a outra obra da MXTX), por exemplo.

Com este texto, estamos iniciando uma era de resenhas de novels aqui na Quinta Capa.

 

O CONTEXTO EM QUE SE PASSA TGCF

 

TGCF é uma novel do gênero Xianxia (Heróis Imortais), que são histórias ligadas à mitologia chinesa, envolvendo elementos tradicionais da cultura chinesa como religião, arte marciais, medicina… Nessas histórias, os personagens costumam ser cultivadores, pessoas que buscam purificar a alma até atingir um estágio de iluminação que lhe proporciona características distintas em relação aos seres comuns.

Se você nunca leu nada sobre o assunto e nem leu qualquer outra novel do mesmo gênero, provavelmente irá achar bastante estranho o ambiente em que se passa a trama. Contudo, depois de superar essa barreira, a leitura fica bastante agradável. Eu, pessoalmente, enrolei muito no início da leitura por sentir estranhamento com essa temática e não compreender muito bem.

TGCF é, também, classificada como Danmei, isto é: um gênero literário que romantiza as relações entre homens, muito a partir de uma perspectiva feminina.

TGCF arte oficial

 

A TRAMA

 

Enfim, a trama! Nesta história conhecemos Xie Lian, Sua Alteza Real, o Princípe Herdeiro da Coroa de Xian Le. Apesar disso, Xie Lian se dedica à cultivação e, graças ao seu talento e dedicação, ascende aos céus por 3 vezes (isso significa que ele alcança a imortalidade, tornando-se um oficial celestial/deus). Descobrimos que aos 17 anos o Princípe que Agrada a Deus ascende pela primeira vez e, por querer salvar as pessoas, XL se mete nos assuntos mortais sem autorização do Imperador Celestial com graves consequências, de modo que acaba banido do Reino Celestial.

Acompanhamos sua trajetória após a terceira ascensão, 800 anos depois, percebendo que o outrora príncipe agora é um azarado coletor de lixo, alvo de chacota entre todos, e que vai se esforçar para causar menos estragos do que suas passagens anteriores pelo reino celestial provocaram.

Ao tentar reparar alguns danos causados por sua ascenção, Xie Lian acaba se envolvendo em uma investigação para auxiliar devotos, numa trama que acaba dando a ele alguns aliados e se deparando com o Rei Fantasma Hua Cheng, conhecido pelo título Chuva de Sangue Atingindo uma Flor (sim, ele é chamado por esse nome todo e a gente se acostuma com isso kkkkk).

 

***Até aqui foi sem spoilers, pule os parágrafos seguintes até o próximo tópico se não quiser obter informações!!

 

Embora o nome de Hua Cheng cause terror, ele, que é considerado uma das quatro grandes calamidades, estranhamente parece ser gentil com Xie Lian. As investigações desse último acabam por puxar um fio de confusões mal resolvidas causadas por outros oficiais celestiais, fazendo com que Xie Lian se aproxime de poderosos oficiais, conquiste inimizades e fortaleça uma improvável, mas nem tanto, amizade com o Rei Fantasma.

Enquanto desvenda enormes segredos, descobrimos mais sobre o passado de Xie Lian, o que aconteceu entre sua primeira queda e sua terceira ascenção, sua relação com os outros personagens e nos surpreendemos com uma trama cheia de reviravoltas e surpresas.

 

OS PERSONAGENS

 

Os personagens principais da obra são Xie Lian, que é ex Princípe Herdeiro da Coroa da nação de Xian Le, um cultivador que se torna Deus marcial banido e, depois, um coletor de lixo/sucata. É uma pessoa bobinha, alegre, gentil, inocente (se faz…), que cativa os leitores facilmente; e Hua Cheng, um fantasma nível Supremo que tem uma personalidade difícil, porém carismático; é o personagem com imagem de vilão-malvado-poderoso, associado à cor vermelha e a borboletas prateadas espirituais.

Além dos protagonistas, que são muito fáceis de se gostar, os personagens secundários também são excelentes e tem suas tramas também bem desenvolvidas durante a obra.

Temos, Feng Xin e Mu Qing, dois oficiais celestiais marciais que já foram Generais subordinados de Xie Lian antes sua ruína, tanto quando ele era da realeza quanto quando ascendeu.

Jun Wu, o Deus marcial com mais devotos, templos e poder é o imperador celestial; um personagem que trata o Xie Lian com benevolência, mesmo que esperem o contrário em razão dos seus banimentos.

Juntamente com Xie Lian, o Príncipe Herdeiro que Agradava a Deus (esses títulos são muito comuns entre os personagens), outros oficiais celestiais formam um grupo conhecido pelos Quatro Contos Famosos. São eles: Shi QingXuan, o Jovem Mestre que Serviu o Vinho, um Deus que controla o vento, gosta de se apresentar com um corpo feminino e é irmão de Shi Wudu, Deus da água; Pei Ming, o General que Quebrou a Espada, um poderoso Deus marcial mulherengo; e Yushi Huang, a Princesa que cortou sua própria garganta, uma personagem maravilhosa.

Ainda são importantes no enredo Ling Wen, uma deusa civil que é sempre prestativa com sua Alteza e amiga de Shi Wudu e Pei Ming, trio conhecido pelo título de Três Tumores.

As Quatro Grande Calamidades são formadas por Hua Cheng, o Chuva de Sangue Atingindo uma Flor,  que governa a terra; Qi Rong, o fantasma Lanterna Verde Guiando a Noite, um boca sujo brega que é o único deles que não é um fantasma de nível Devastação mas entrou no grupo pra poder fechar os quatro (é isso mesmo kkkkk); He Xuan, o Água Negra Afundando Navios, que tem seu reino nos mares e divide o controle dos reino fantasma com HC; e Bai WuXiang, a Calamidade Vestida de Branco, um demônio que espalha pestes (odiamos!!!). Todos eles têm participação na história, em algum momento.

Há outros personagens que também vão surgindo ao longo da história que são importantes e são interessantes, nada rasos e conseguem atrair as pessoas.

Arte oficial comemorativa de ano novo – protagonistas com Fu Yao e Nan Feng (“subordinados” de FengXin e Mu Qing)

 

RECOMENDO A LEITURA DE TGCF?

 

SIM!!! TGCF me fez viciar em novels… e ainda é minha favorita. A história é muito bonita, tem passagens de uma sutileza incrível, a construção do relacionamento entre os personagens é muito natural e a narrativa é muito surpreendente mesmo. As reviravoltas são realmente chocantes e a leitura é muito ágil.

A MXTX (é um pseudônimo da autora) tem um humor muito peculiar e consegue colocar graça no meio da narração de uma forma muito interessante. Ela também tem um jeito de narrar estranho, mas para quem está acostumado a ler mangá (ou ver anime), vai conseguir captar bem, já que ela conta as coisas de um jeito que parece descrever uma cena de umas dessas histórias em quadrinhos.

Eu alerto apenas que a trama traz muitas passagens de sofrimento. Os protagonistas passam por muitos episódios realmente tristes, que podem servir de gatilho para muita gente. Principalmente se falamos do quarto livro, que compreende os capítulos 181 a 198, em que a história se torna MUITO pesada e dolorosa. As pessoas que traduzem não oficialmente têm tido o cuidado de colocar avisos nas passagens mais difíceis.

Em TGFC não há narração de cenas de sexo. Há quem reclame, há quem goste…. existe uma discussão sobre as obras que retratam relações LGBTQIA+ não fazerem, de certa forma, uma censura. Por outro lado, algumas pessoas entendem que esse tipo de narração serve a uma fetichização dessas relações.

Arte oficial Bilibili – Chuva de Sangue Atingindo uma Flor guiando Xie Lian

 

IMPRESSÕES SOBRE A OBRA

 

Vou colocar aqui alguns comentários sobre algumas coisas que podem não ser interessantes nem fazer sentido para quem não leu ainda. Contém spoilers!!!

O Xie Lian é uma pessoa que sempre foi gentil e de bom coração, mas era mimadinho pois rico, então não tinha tanta noção das coisas. Com tudo o que ele passou de sofrimento e humilhação, ele teve uma destruição completa de tudo sobre a pessoa dele, tornando-se alguém verdadeiramente humilde, desapegado e sem senso de autopreservação. É de uma tristeza enorme perceber isso nele. Ele é um personagem muito bonito. Dá muita satisfação ver “a chama da vida” pulsar nele.

No início, quando as relações entre Xie Lian, Feng Xi e Mu Qing é colocada sem detalhes, nós criamos uma antipatia natural pelos dois últimos, pois parecem ingratos. Com os detalhes, essa impressão pode até não desaparecer, mas se a gente pensar um pouco dá para entender os motivos pelos quais os dois agiram como agiram e perceber que eles gostam muito da Sua Alteza Real. Eu ainda guardo um pouco de mágoa do Mu Qing (te entendo HuaHua), contudo, por causa de uma situação envolvendo outros cultivadores maltrando o Xie Lian.

Eu entendo 100% o Feng Xi e o Mu Qing tentando afastar o Xie Lian do Hua Cheng no monte TongLu, depois de descobrir quem é o Rei Fantasma e tudo que ele fez. Numa análise fria, é realmente assustador.  Se fosse na vida real, seria apavorante pensar em alguém com o nível de obsessão que o HC tem em relação ao XL. Mas passamos pano pois é bonitinho o jeito que ele trata o XL, como ele tenta tomar cuidado com o outro, não força a barra (nem sempre mas apaixonado, né) e de como o XL, considerando o que ele se tornou, precisa de alguém para fazer ele lembrar de não fazer coisas idiotas por se considerar tão pouco. E porque o Xie Lian é perfeitinho e merece uma pessoa o adorando desse tanto!

***Muitos fãs apontam esse comportamento problemático do HC, inclusive há comentários negativos sobre um dos extras.

A princípio, parece que o Hua Cheng odeia todo mundo e só trata bem o XL. Mas, parando para pensar, ele é, na verdade, gentil demais e só trata mal as pessoas motivado por rancor sobre algo que alguém fez à razão da sua existência (o XL).

Hua Cheng foi salvo por Xie Lian, viveu por ele, morreu por ele, virou fantasma por ele, ficou forte por ele, desistiu de ascender por ele, virou um fantasma supremo por amor a ele… precisa de panos? Eu arranjo para passar pro HC pois tal qual as mães que amam todos que amam seus filhos, HC é querido por amar XL.

Por fim, a única coisa que estraga TGCF para mim é a passagem no monte TongLu em que eles animam a estátua e usam para lutar etc. Li aquilo triste pensando “não acredito que isso vai terminar com lutinha de robô”. Achei muito anticlímax e sem graça.

 

MANHUA

 

trecho do quadrinho publicado pela Bilibili e desenhado por STARember

 

Devido ao enorme sucesso do romance, a história ganhou uma versão em quadrinhos, que foi lançada em outubro de 2019, com quatro volumes publicados até agora. O quinto está com capítulos sendo lançados semanalmente, no momento.

A versão oficial em inglês está sendo disponibilizada no site da Bilibili.

Vale muito a pena ler, pois a arte da STARember (pseudônimo da artista) é linda demais!! Aqui o Weibo (rede social chinesa) dela.

Arte de HuaLian por STARember

DONGHUA

 

TGCF ganhou animação lançada em outubro de 2020 pela Bilibili (serviço de streaming). A primeira temporada, com 13 episódios, está disponível na Netflix e é muito lindinha, vejam!!

Arte oficial da animação pela Bilibili

 

LIVE-ACTION

 

O live action de TGCF está em fase de produção. Em 25/06/2021 foram confirmados no elenco da série os atores Zhai XiaoWen como Xie Lian e Zhang LingHe como Hua Cheng. Confirmados também: Luo Zheng como Feng Xin; Yao Chi como Mu Qing; Xu Xin Chi como Pei Ming; Liu Jinyan como Ling Wen; Bian Tianyang como Qi Rong; WangYueyi como Shi QingXuan versão feminina e Chang Huasen na versão masculina; Huang Ri Ying como BanYue; Liu Lingzi como Xuan Ji; Ding Jiawen como Lang Qianqiu; Tian Xuning como Ming Yi; Wang Jia Yu como Yin Yu; Xu Kai Cheng como Jun Wu; Liu Zirui como Qian Yizhen.

Estão sendo realizadas leituras do roteiro e as gravações começam em breve. Expectativas? Nervosa!

Zhai Xiaowen irá interpretar Xie Lian
Zhang Linghe interpretará Hua Cheng

 

Já leu? Comenta aqui!!

Malú Pôrto
Quer ser alguém importante na história do mundo, mas tem preguiça. Costuma ser do contra, gosta de coisas fofinhas, nasceu pras artes e foi trabalhar com coisas chatas pra não estragar os hobbies e nem passar fome.