Não deixe de conferir nosso Podcast!

NOVEL | MO DAO ZU SHI – MDZS

Arte do Donghua de MDZS

Mó Dào Zǔ Shī (MDZS) é uma novel chinesa que se transformou num fenômeno, conquistando milhares de fãs em todo o mundo. Foi adaptada para diversos formatos (quadrinho, animação, audiodrama, audiobook, série live action…) e o drama fez tanto sucesso que abriu portas para outras adaptações.

Escrita por Mò Xiāng Tóng Xiù (mesma autora de outra novel, Tian Guan Ci Fu, que já falamos sobre aqui e explicamos o que é uma novel), Mo Dao Zu Shi (MDZS)  é uma novel chinesa cujo título poderia ser traduzido como “O Grão-Mestre do Cultivo Demoníaco”. Foi publicada em 2016 pelo site de webnovels Jinjiang Wenxuecheng (JJWXC) 31 de outubro de 2015 – 1º de março de 2016, sem contar os capítulos extras.

Recentemente, a NewPOP Editora anunciou a publicação de MDZS aqui no Brasil (veja aqui), que será o primeiro país nas Américas a publicar a obra.

 

Wei Wuxian, Jiang Cheng e Jiang YanLi
O trio de jovens de Yunmeng Jiang – Wei Wuxian, Jiang Cheng e Jiang YanLi

 

O CONTEXTO DE MDZS

 

Assim como em TGCF, MDZS é uma novel do gênero Xianxia (Heróis Imortais), que são um gênero de histórias envolvendo fantasia ligadas à mitologia chinesa. Esse gênero contém elementos tradicionais da cultura chinesa como religião, arte marciais, medicina, com a presença de demônios, divindades, fantasmas… Nessas histórias, os personagens costumam ser cultivadores, pessoas que buscam purificar a alma até atingir um estágio de iluminação que lhe proporciona características distintas em relação aos seres comuns.

Em MDZS os personagens transitam pelo Jianghu, que é o termo usado para designar a comunidade de artistas marciais e pugilistas nas histórias Xianxia (e também no gênero Wuxia, que significa algo como Heróis Marciais), diferentes dos praticantes de artes marciais comuns. Eles, em geral, são reunidos em seitas e clãs, e há vários tipos de técnicas e métodos para a práticas das artes marciais e de cultivo.

Além disso, MDZS é classificada como Danmei, isto é: um gênero literário que romantiza as relações entre homens, muito a partir de uma perspectiva feminina romântica. Seria o que os japoneses chamam de yaoi, ou o que o termo em inglês boys love representa.

 

 

A TRAMA

 

A história inicia apresentando o personagem Wei WuXian, que foi odiado por todos após provocar o caos no mundo em razão de suas práticas com o cultivo demoníaco (Mo Dao), tendo sido morto em um cerco que uniu as várias seitas contra ele. Treze (13) anos depois de sua morte, a alma de Wei WuXian desperta em um novo corpo, que ele descobre pertencer a Mo XuanYu, um jovem taxado de lunático que realizou um ritual de sacrifício em busca de vingança.

O mestre do cultivo demoníaco resolve cumprir com o objetivo do sacrifício e viver uma vida tranquila e despreocupada, sem o peso de seu nome. Contudo, logo se depara com a presença de demônios na propriedade da família de Mo XuanYu e a chegada de membros da seita GusuLan, que foram chamados pela família para ajudar. A chegada do segundo Jovem Mestre da família Lan, Lan WangJi, antigo conhecido de Wei WuXian, faz com que ele se preocupe e acaba alterando seus planos de fugir em paz junto com o jumento Maçãzinha. Com tudo o que ocorre, ele acaba se inserindo no meio de um mistério envolvendo um corpo despedaçado, que envolve muito mais sobre o passado e tramas das pessoas proeminentes de importantes seitas.

A narrativa de MDZS desenvolve a trama do presente de Wei WuXian, no corpo de Mo XuanYu – e tentando manter sua verdadeira identidade oculta – em busca da resolução do caso juntamente com Lan WangJi. Mas, também, é permeada de retorno ao passado do mesmo, contando sobre sua origem, seu relacionamento com seus irmãos da seita Yunmeng Jiang, como ele se aproximou de Lan WangJi, seu envolvimento com o cultivo demoníaco e toda a série de eventos que fez com que o jovem brilhante se tornasse um cultivador odiado e temido.

 

Wei WuXian e Maçãzinha
Wei WuXian junto com Maçãzinha – arte oficial

 

OS PERSONAGENS DE MDZS

 

Nesse ponto, desista de entender, a princípio. São MUITOS personagens, pertencentes a várias seitas. São tantos nomes que no início você vai ficar com confusão e não vai saber quem é quem. Pior que ler O Silmarillion e tentar entender a família do Feänor!!! Além de ter vários personagens, para complicar ainda mais, cada um deles tem por volta de três nomes! Um nome de nascimento, um nome de cortesia e um título. No meio da leitura você vai acabar tendo aprendido (ou não… mas pelo menos os dos principais sim).

 

Os protagonistas e personagens próximos

Wei WuXian, também chamado de Wei Ying (nome de nascimento) e Patriarca YiLing (título), é um dos protagonistas da novel. O WWX é um personagem do tipo que desperta paixões e ódios. Ele é inteligente, talentoso, autêntico, sincero, afrontoso, divertido, debochado… Muitas vezes eu o achava muito chato, principalmente quando o WangJi tava de boas e ele ia perturbar, mas gostava demais da versão do Lan Zhan que surgia com a presença do WuXian. Quando cortou laços com a seita Yunmeng Jiang, adotando o cultivo demoníaco, o WWX se tornou o Senhor de um lugar amaldiçoado chamado Colina Sepultura. Mesmo praticante das artes recriminadas por todos, acabou ganhando muito destaque na chamada Campanha Queda do Sol, em que ajudou as seitas a se libertarem de um poder tirânico.

O Lan WangJi, que eu chamei, há pouco, de Lan Zhan (é o nome de nascimento dele) também é chamado de HanGuang-Jun. É um jovem modelo para os demais, extremamente talentoso, correto e aplicado. Costuma ser plácido, sem expressar emoções (até mesmo sorrir), mas tem um coração extremamente bondoso. Também é famoso pela beleza, juntamente com seu irmão mais velho, Lan XiChen, que é ainda considerado melhor que ele em tudo. O líder da seita GusuLan é o tio de ambos, Lan QiRen. Os pais deles morreram quando ainda eram crianças. Na trama, destacam-se ainda os jovens discípulos Lan SiZhui e Lan JingYi.

Nas narrativas sobre o passado de WWX, descobrimos que ele foi adotado por Jiang FengMian, líder da seita Yunmeng Jiang e pai de Jiang Cheng e Jiang YanLi. O Jiang Cheng era muito próximo do WWX, apesar de sentir um pouco de ciúmes do tratamento que ele recebia do pai e de seu talento. Os sentimentos negativos e de competição eram incentivados pela mãe dele, Yu ZiYuan, além de também serem influência do comportamento errático do WWX e do peso da responsabilidade de ser, futuramente, líder da seita. Por conta do caos que WWX causa, que traz consequências gravosas para a seita e para a família do Jiang Cheng, o mesmo desenvolve um sentimento de ódio em relação ao mestre do cultivo demoníaco.

A Jiang YanLi era um personagem doce, gentil, que amava os dois irmãos. Ela foi prometida em casamento a Jin ZiXuan, filho de Jin GuangShan, líder da seita LanlingJing. Com o casamento arranjado, e pela personalidade um pouco fútil, o Jin ZiXuan tem desgosto com essa ideia de casamento, deixando a Jiang YanLi infeliz. Ambos se casam, contudo, e têm um filho, Jin Ling.

Ao retornar do mundo dos mortos, WWX encontra Jin Ling, que odeia a figura do Patriarca YiLing pelo que aconteceu à sua família. A sua criação se divide entre a Seita Yunmeng Jiang, com o tio líder da seita Jiang Cheng e a seita LanlingJing, com o tio Jin GuangYao (filho ilegítimo de Jin GuangShan e líder atual da seita). Ele tem um cão espiritual chamado Fada, de quem o WWX morre de medo (ele tem pavor de cães por causa de seu passado enquanto órfão).

 

Personagens de outras seitas

Jin GuangYao, o líder (no presente) da seita LanlingJing, tem um juramento de irmandade para com Lan XiChen (irmão do Lan WangJi) e com Nie MingJue, líder (no passado) da seita QingheNie. Este último tinha um temperamento explosivo e acaba morrendo por desvio QI (uso da energia espiritual de forma prejudicial). Seu irmão, Nie Huaisang, acaba se tornando o líder de seita, mas é considerado fraco. No passado, ele foi companheiro temporário de estudos de Wei WuXian e Lan WangJi.

Mo XuanYu, aquele que dá sua alma em sacrifício e oferece o corpo à alma de Wei WuXian, era filho ilegítimo de Jin GuangShan, sendo, portanto, irmão de Jin GuangYao e Jin ZiXuan. Embora tenha sido reconhecido pelo pai (que era infiel e tinha uma série de filhos ilegítimos), acabou sendo expulso da seita por comportamento impróprio, e foi viver com a família da mãe, sendo constantemente humilhado e maltratado. Um dos motivos seria por ele ser abertamente um “corta mangas”, um termo atribuído a homossexuais na China antiga, em razão da história do Imperador Ai da dinatia Han, que manteve um relacionamento com um homem chamado Dong Xian. Conta a história que, um dia, dormindo juntos, o imperador precisou levantar-se e cortou a manga de suas vestes não querendo despertar Dong Xian, que dormia por sobre a mesma, o que acabou por transforma-se num símbolo de amor entre homens.

Ainda há vários outros personagens importantes que aparecem na história, como Wen Ning, o general fantasma, Xiao XingChen, Song ZiChen, Xue Yang… leiam para conhecê-los!

 

Jin ZiXuan, Jiang Cheng, Wei WuXian, Lan WangJi e Lan XiChen
Os 5 melhores cultivadores da geração, em ordem: Jin ZiXuan, Jiang Cheng, Wei WuXian, Lan WangJi e Lan XiChen

 

RECOMENDO A LEITURA?

 

Sim!!! É mais uma trama da MXTX cheia de surpresas, reviravoltas, emoção! A leitura é muito agradável, mesmo com a constante mudança no tempo da narração… às vezes passado, às vezes presente. Contudo, as inserções sobre o passado ajudam a compreender tudo o que se passou entre os personagens, e vão sendo inseridas nos momentos certos.

*** UM POUCO DE SPOILER NO PARÁGRAFO SEGUINTE?

É muito interessante ver a trajetória do Wei WuXian. E é muito legal entender as motivações do Lan WangJi, entender mais sobre o ele do passado e o que ele sentia com o ele do presente, já que ele é tão fechado e monossilábico. A construção do relacionamento deles dois é feita de forma sensível e eu acho bem interessante como, mesmo depois de anos, o WWX entende os próprios sentimentos e aceita naturalmente… que aquela pessoa é importante. Tem cena de sexo explícito narrada mas, se isso for um incômodo, dá para pular fácil pois são poucas na trama. Porém há mais nos extras.

 

 

IMPRESSÕES SOBRE A LEITURA

 

***PARA QUEM NÃO LEU, RECOMENDO PULAR ESSA PARTE POIS CONTÉM ALGUNS SPOILERS

Eu, particularmente, não acho o Wei Ying nem o Lan Zhan personagens particularmente cativantes. Mas os dois juntos são muito engraçados e fofinhos. Então, sim, os melhores momentos são quando eles estão juntos. Casal que se completa. Porém, admiro o Lan Zhan muito. Sofreu, tentou proteger a pessoa que ama, enfrentou todo mundo sem medo de julgamento. Muito feliz que o amor dele pode ser vivido.

O WWX faz muitas coisas ruins, mesmo. Ele não é personagem correto, íntegro, bondoso… mas, pelo que a gente percebe na trama, tudo o que ele fez tem uma explicação que o torna perdoável. Desde a escolha pelo cultivo demoníaco (que ele não tinha mais escolha, na verdade…) ao massacre na Cidade Sem Noite, que se iniciou não por culpa direta dele. Além disso, ele estava sobre influência maléfica do cultivo demoníaco!

Os personagens secundários são muito legais, em MDZS. Muitas vezes mais que os protagonistas.

Eu gosto muito do Lan XiChen. Acho muito bonitinho o jeito que ele cuida do irmão e, também, como ele se preocupa com os amigos.

O Xiao XingChen, para mim, é também um personagem fantástico! Lamento demais a história trágica dele. Ele não merecia. E, apesar de dizerem que a MXTX não coloca outros casais LGBTQIA+ nas histórias além dos protagonistas, não consigo pensar que ele e o Song ZiChen não eram um casal. Poderiam até não terem tido um romance, mas tinham sentimentos.

Eu tenho sentimentos confusos em relação ao Jiang Cheng. Entendo muito toda a raiva dele e entendo também como ele não consegue odiar de verdade. Ele sentia amor pelo WWX sim, apesar de toda a rivalidade. Tanto que todo o mal que aconteceu a ele não conseguiu enterrar esse sentimento bom.

Eu acho o personagem do Wen Ning muito descartável. Sei que é polêmica, muita gente o adora… Perdão.

 

Donghua de MDZS
Arte Oficial de capa do donghua de MDZS

 

MANHUA

 

A adaptação para quadrinhos foi lançada em dezembro de 2017 pelo Kuaikanmanhua, e é desenhado por Mao Tuan Xiao Jian Jian e Luo Di Cheng Qiu. Ainda está em andamento.

 

 

DONGHUA

 

A animação foi lançada em julho de 2018, produzido pela Tencent Penguin Pictures e pela B.C May Pictures. A primeira temporada contou com 15 episódios e a segunda com 8 episódios. A terceira temporada foi anunciada para estrear em 07/08/2021 e contará com 12 episódios.

O trailer da terceira temporada no Weibo pode ser visto aqui.

 

Donghua de MDZS
Arte comemorativa do aniversário do Donghua de MDZS

 

Há, ainda, uma animação em versão chibi (personagens desenhados em uma versão estilizada, com cabeças maiores, corpos pequenos, com uma aparência fofa e um pouco infantil) com 30 episódios.

 

Arte da animação versão chibi
Arte da animação versão chibi

 

LIVE-ACTION

 

A versão live action de MDZS é um verdadeiro fenômeno. Os Indomáveis (The Untamed), título da série, foi exibida em 2019 pela Tencent Video, com 50 episódios, se tornando a mais assistida da China e recebendo vários prêmios. Nós, brasileiros, podemos assistir pela Netflix, onde é um dos dramas mais vistos na plataforma.

A série tem uma legião de fãs próprios, sendo um sucesso no mundo todo. É estrelada por Xiao Zhan, que interpreta Wei WuXian, e Wang Yibo, que interpreta Lan WangJi.

A adaptação tem uma série de diferenças em relação à novel… Algumas se dão em razão da censura imposta no país de origem, principalmente no que diz respeito ao relacionamento amoroso entre os protagonistas, que, na série live action, é mais sugerido de forma implícita.

 

Wang Yibo e Xiao Zhan
Wang Yibo e Xiao Zhan como Lan wangJi e Wei WuXian

 

 

JOGO PARA CELULAR

 

MDZS irá ganhar, ainda um jogo para celular, que está em fase de desenvolvimento.

Veja aqui o trailer para o jogo:

Malú Pôrto
Quer ser alguém importante na história do mundo, mas tem preguiça. Costuma ser do contra, gosta de coisas fofinhas, nasceu pras artes e foi trabalhar com coisas chatas pra não estragar os hobbies e nem passar fome.