Não deixe de conferir nosso Podcast!

Um argumento recorrente que pesa contra os quadrinhos de super-herói são as implicações cronológicas nas tramas de seus mais famosos personagens. Após décadas de publicação, mesmo as descontinuidades e atualizações que eventualmente afetam Superman ou Homem-Aranha, por exemplo, é difícil para qualquer curioso que deseje aventurar-se no mundo dos gibis entender as citações ou referências que inevitabilidade aparecem nas histórias. ...

O editor, professor, quadrinhista e livreiro Bernardo Aurélio é costumeiramente associado ao clássico contemporâneo “Foices e Facões“, que, apoiado em farta pesquisa histórica, reconta a luta pela independência no Piauí, perpassando a batalha do Jenipapo. Produzido em parceira com seu irmão Caio Oliveira, o quadrinho não é, entretanto, sua única produção na área. Afinal, Bernardo é também criador do inefável ...

Em mais uma iniciativa para “atualizar” sua linha de títulos bonellianos, a Mythos Editora encerrou o formatinho em papel jornal da criminóloga Julia Kendall na edição 154, o substituindo pelo formato italiano original, em papel offset, reiniciando a publicação. E a efeméride não foi casual: essa jogada combinou com a edição de número 200 da série italiana, que saíra em ...

Marcus, o homem voador, e Alfred Bannister, que atende pela alcunha de Thunderman, conseguem escapar da prisão na Baía Chippewa após anos de encarceramento, e rumam para Darkwood, onde pretendem subjugar as tribos e construir um Império de medo e violência. Agora, apenas Zagor, velho algoz da dupla de patifes, pode detê-los, precisando para tanto usar de toda força e ...

Resenha crítica da primeira temporada de um dos animes de maior sucesso da temporada My Dress-Up Darling, sem spoiler! ...

Montevidéu, 1868. O francês Pierre Duprat aporta no país sul-americano após longa viagem com uma missão: registrar índias guaranis que vivam isoladas nas florestas da região, da forma mais natural possível. Duprat é fotógrafo e alimenta com suas imagens uma demanda na Europa por “fotografias antropológicas”; apresentando nativas de lugares exóticos ou distantes em trajes mínimos. Ele só não imaginava ...

Nas duas histórias reunidas em “Mágico Vento: Graphic Novel Deluxe Volume 7” (Editora Mythos, 204 páginas, R$ 79,90), Gianfranco Manfredi mergulha nas lendas e crenças indígenas, envolvendo suas referências com os elementos típicos da série. Assim, em “O demônio dos enganos“, somos apresentados a Iktomi, uma das diversas versões do Enganador, figura tradicional no imaginário dos índios americanos, ganhando nome ...

“Para que tudo fique na mesma, é preciso que tudo mude“. Essa citação do clássico “Il Gattopardo“, de Lampedusa, reverberou em minha cabeça após a leitura do espetacular álbum gráfico “Escória” (Editora Comix Zone, 56 páginas, R$ 64,90), fruto da genialidade de dois argentinos, Carlos Trillo e Juan Giménez. Aqui, conhecemos uma realidade pós-apocalíptica, imunda e decrépita, onde homens rastejam ...

Tangência, ponto de contato entre duas linhas, ou no caso, de duas histórias, duas vidas, antes que se afastem outra vez. O espanhol Miguelanxo Prado apresenta em “Tangências” (Editora Conrad, 64 páginas, R$ 54,90) oito contos onde a ruptura do amor ou do desejo encontra seu termo, pondo os casais a refletirem sobre suas escolhas. Como certos fins são inevitáveis, ...

O sexto volume de “Mágico Vento: Graphic Novel Deluxe” (Editora Mythos, 204 páginas, R$ 79,90) traz as duas histórias que originalmente fecharam o primeiro ano de publicação do xamã branco pela Sergio Bonelli Editore. A primeira, “O pesadelo na moldura“, inspira-se em narrativas como “O retrato de Dorian Gray” ao apresentar uma trama na qual Mágico Vento precisa debelar a ...

Eddie Vedder mantém uma carreira solo errante. Tendo apresentado seu primeiro álbum em 2007, na forma da trilha sonora do filme “Na Natureza Selvagem”, só agora, 15 anos depois, chega ao seu terceiro trabalho fora do Pearl Jam, banda que o projetou como uma das maiores vozes de sua geração. “Earthling” se apresenta como um disco sólido, carregado de referências ...

Quando a loucura encontra a ganância, geralmente os homens ficam à mercê de uma salvação que vem de fora, livre da corrente insana que os arrasta para o caos. Em “Cara de Pedra“, arco em duas partes aqui apresentado, Gianfranco Manfrendi elabora um conto onde a moralidade é tingida pelas visões de Mágico Vento, que o convocam de forma premente ...

Este terceiro volume traz o arco em duas partes “Faca Comprida“, onde somos apresentados ao macabro Louis Beaumont, um homem branco que, ao matar Cavalo Manco, mestre Sioux de Mágico Vento, profana seu corpo e acaba arrastando nosso protagonista numa vendeta que envolverá duas magias poderosas. Afinal, Beaumont é praticante de vodu, tendo aprofundado seus conhecimentos e poderes de tal ...

Pode um momento definir nossa vida para sempre? Pode um único instante, casual, impensado, marcar nossa existência e definir quem podemos ser a partir de então, brutalizados com a banalidade do destino? São essas reflexões que “Ei, espera…“, de Jason desperta no leitor. Aqui somos apresentados a Jon e Bjorn, dois garotos que ocupam suas tardes vazias com brincadeiras, apostas ...

Neste volume, temos uma estrutura parecida com o anterior, já resenhado. Na primeira história, “Lady Caridade“, Gianfranco Manfredi dá continuidade aos eventos de “Forte Ghost“. Após um tempo com a tribo sioux de Ned, Poe parte de volta a Chicago. E lá chegando, busca um meio de levar adiante suas denúncias contra os negócios sujos do empresário Howard Hogan, mesmo ...

Um pungente romance gráfico, “O Golpe da Barata“, da argentina Cecília “Gato” Fernández, aborda um trauma vivido durante sua infância: o abuso sexual que sofreu por parte de seu próprio pai. Aqui, conhecemos Lucía, alter ego da autora, que vive com seu irmão, sua mãe, a avó e Alberto. Seu pai é mencionado assim, de forma impessoal grande parte da ...

A saga de Ned Ellis, um soldado americano socorrido à beira da morte por um xamã Sioux, que o escolhe como seu aprendiz sob a alcunha de Mágico Vento, é sem dúvidas o trabalho mais conhecido e celebrado de Gianfranco Manfredi nos quadrinhos. Publicado originalmente na Itália pela Sergio Bonelli Editore a partir de 1997, chegou ao Brasil via Mythos ...

Não se iluda pelo início aparentemente banal de “A Espera” (Editora Pipoca e Nanquim, 252 páginas, R$ 69,90). Ambientado na Coréia do Sul, vemos o cotidiano de mãe e filha e um pouco da relação entre as duas. Morando no mesmo bairro, elas se encontram diariamente, revelando um vínculo forte realçado pela solteirice de nossa protagonista, uma escritora de sucesso, ...

Três garotas descoladas, audaciosas e com raro senso de humor. O mercado negro da arte. Paris. Glamour. Tiro, porrada e bomba. Os franceses Bastien Vivès, Florent Ruppert e Jérôme Mulot uniram forças para criar nesses dois álbuns de banda desenhada um delicioso thriller de assalto tirar o fôlego, como se montassem o storyboard do melhor filme de ação que você ...

Breve romance de formação, retrato das aguras do que uma paixão provoca, quanto mais num coração jovem, puro, inquieto e sonhador como o de Vladímir Petróvitch. “Primeiro amor” (Companhia das Letras, 112 páginas, R$ 34,90) do russo Ivan Turguêniev é, em síntese, aquilo que o título revela: uma narrativa envolvente sobre a força de um sentimento vivido pela primeira vez; ...